Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

6 da manhã... Estou a morrer de sono...

Estou a morrer de sono... eu mais não sei quantos milhões de pessoas por esse mundo fora... Cada vez que abro o facebook há dezenas de queixas iguais... "Ai que sono!...", "Só acordo depois das 9 da noite...", "Onde é que está o café?...", "Só podem falar comigo depois de um café..."

O que me faz pensar que andamos com o relógio biológico trocado. Tenho pensado bastante nisso. A sociedade evoluiu em muitos sentidos, os horários de trabalho são iguais aos de sempre, só que antigamente as pessoas saiam às 17/18 horas do trabalho, nem mais um segundo, e às 17:30/18:30h estavam em casa, jantavam, viam 30 minutos de telejornal (e não 1 hora e meia) e a novela. Às 10 da noite estava tudo na cama. Oh Yeah!!!

Hoje, os horários laborais e escolares mantêm-se, mas tudo o resto é diferente. Vejamos, saímos de casa às 7:30h para entrar às 9h no escritório, não chegamos lá sem enfrentar filas infernais nas 25 de Abril e ICs19 desta vida, trabalhamos sem hora certa para almoçar e nunca sabemos bem a que horas vamos sair efectivamente do escritório, apesar da hora de saída ser às 18h, isso pode acontecer lá pelas 19h, 20h... Chegados a casa temos o jantar, emails para responder, crianças para dar banho (depois de as termos ido buscar às actividades extra-curriculares que terminam tardíssimo), alimentar, colocar na cama, responder a mais emails, deixar tudo pronto para o dia seguinte... "Ah!! Que bom!!! Hoje consigo deitar-me à meia noite e meia.... Yeahhhh!!! É festa, é festa!!!..."

Depois fechamos os olhos para dormir e... plim... nada de dormir.... "Então e amanhã a reunião com o director?...", "Não me posso esquecer de levar o carro à oficina...", "Tenho de passar no banco à hora do almoço...", "Não faço ideia como o dinheiro vai chegar até ao fim do mês...", Entretanto são 1 da manhã... "O dinheiro para a visita de estudo da Rita... tenho de lho dar amanhã de manhã."... 2 da manhã... "Porra! Amanhã o despertador toca às 6h..."

E os comprimidos para dormir a venderem que nem bombons, pastilhas elásticas, rebuçados. A facilidade com que as pessoas tomam estas drogas assusta-me. Ainda há pouco tempo soube de uma amiga da aspirante mais velha, 14 anos, que toma comprimidos para dormir... 14 anos, senhores!!!

Onde vamos chegar com esta sociedade? Uma sociedade que acha normal dormir 4, 5, 6 horas por noite? Que acha normal uma miúda de 14 anos tomar um comprimido para dormir? Que acha absolutamente natural trabalhar 12 ou 14 horas seguidas?

Qual é o preço que vamos pagar por estes excessos?

6 da manhã... trimmmmm-trimmmmm.... Porra! Ainda agora adormeci e o despertador já está a tocar.... Estou a morrer de sono...

alarm-clock-590383_1920.jpg

 

 

11 comentários

Comentar post