Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

Nós amamos a cadela! Literalmente!

Todos os dia te afago!


Todos dias te dou comida, te faço festas, te irrito, te ralho, te digo que te amo e que és a "mai linda" do mundo!
Todos os dias me olhas, me foges, me trazes o teu brinquedo, me pedes comida, me suplicas por uma migalha (mesmo tendo acabado de comer) como se não comesses há 3 dias, me lambes, me fintas, me fazes perder a paciência (ou quase), me derretes o coração quando te deitas tão junto a mim que quase posso jurar (sem garantias, lá está) que estás ao meu colo!

 

Todos os dias penso no bem que fizemos, naquele 29 de Novembro de 2015, em trazer-te para casa quando estavas desesperada a pedir a todos os que passavam na rua que te olhassem e te levassem... Bem, todos os dias penso nisto mas intervalado com momentos curtos, curtíssimos, de 2 segundos, de arrependimento. Aqueles momentos, cada vez mais raros graças ao teu treinador, nosso anjo, que nos ajudou a ajudar-te, em que te passas e corres pela casa como louca, que resolves ler um livro ou ouvir um cd (sim, porque é isso que queres fazer quando os destróis completamente!... Ai! O teu mais que amigo e tutor cá de casa teve tanta vez vontade de te rifar - ninguém compraria as rifas, eu sei - quando chegava a casa e se deparava com os seus cd's e dvd's de colecção irrecuperavelmente estragados).

 

És a maior! Tudo somado e subtraído é sempre mais o que nos dás do que o que nos tiras. E afinal de contas já não há mais cd's, nem dvd's de colecção, e os livros não te estão acessíveis, para estragares.

 

Amamos-te! Sim, a ti que és um cão! Ou cadela, neste caso!

 

Feliz dia do animal para ti e para todos os animais do mundo, em especial os que sofrem e os que fazem sofrer (sim, eu sei que só os humanos fazem sofrer os outros, é desses animais que estou a falar!).

Blog_Ana.jpg