Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

Um post sem dizer absolutamente NADA!

Ai senhores que eu ao longe ouço as vossas súplicas, as vossas lágrimas de desespero... nem à praia conseguem ir... arrastam-se por aí, amorfos, sem vida... em total desespero... errrrrrr... não?!?... nada disso!?... têm até estado muito bem, e felizes e tudo... cantam alegremente pelo mundo, saltitam pelas areias douradas da praia em puro deleite?!?!... traidores, masé!...

Bem, vamos ao que interessa que já vi que não sentiram a minha falta... vou chorar! Já volto!....
.
.
.
.
Pronto! Voltei!...
Mas eu tive saudades vossas! Verdade, verdadeira! Saudades daquelas que me fazem querer, cada vez mais, ter um portátil, para vir aqui mais amiúde! Já não vinha aqui há quase 1 mês!!! Chiça penico! Talvez já nem se lembrem de mim... que isto da vida virtual acontece a uma velocidade diferente da vida real... 1 mês em tempo virtual equivale a práí 10 anos, maisómenos!!!... vocês já nem sabem quem sou eu, é o que é! Por isso é que não tiveram saudades!...

Quem me segue no Instagram sabe bem que estive a banhos... é verdade! Já não ia à praia há tanto tempo que no primeiro dia até gostei de lá estar! True story!!!.... eu sei que é incrível, houve até quem me perguntasse no Instagram se aquilo que ali se via era areia, não foi Anita?!.... pois que era! Areia daquelas que se enfia em todos os buracos existentes e inexistentes do nosso corpo, daquela que cola, que queima, que é desconfortável... bléeeaaachhhh... não sei como o povo gosta daquilo, catano!!! 

Pois que tive saudades vossas... eu sou daquelas que nunca será uma influencer... raisparta!... eu respeito muito as férias e sou-lhes totalmente fiel! Se é para estar de férias não é para estar a publicar cenas e coiso... e depois sinto-me sempre completamente ridícula em estar de telemóvel em punho a fotografar cenas várias e diversas... sou um caso perdido! 

*este é um post sobre como escrever um texto, cheio de linhas e palavras, pontuação e espaçamentos, sem dizer absolutamente NADA!, caneco!*

Ela hoje faria anos... e eu tenho saudades dela!

Hoje faria anos a primeira pessoa mais importante da minha vida!
Não há dia que passe que eu não pense nela!
Uma das minhas maiores tristezas é que não tenha conhecido as minhas filhas, que não lhes tenha pegado ao colo, que não lhes tenha acariciado os cabelos e as sobrancelhas, como me fazia quando me ia acordar ou ver dormir, que não lhes tenha dito "não me arrelies" ou "estás-me a atazanar"... não conheço mais ninguém que use estas duas palavras tão frequentemente como ela usava. Ela não se chateava, arreliava-se, ela não se maçava, atazanava-se...
Sinto-lhe o cheiro sempre que a quero perto de mim e através dele sinto que está sempre presente... que está aqui à distância do amor que a ela me une para sempre! E toda a gente sabe que o amor nunca morre! E quando as nossas pessoas são feitas de amor também não, porque o amor não morre nunca!
Tenho saudades dela! Saudades tão grandes e boas! Boas porque todos os momentos que com ela passei foram de amor, mesmo quando me dizia que me ia pôr na Mitra sempre que eu a atazanava em demasia... depois, deixava-me adormecer e, baixinho ao meu ouvido de forma a que acreditava que eu não ouviria, dizia: Desculpa! És a pessoa mais importante do mundo! Amo-te muito! Nunca te vou pôr na Mitra!... e chorava arrependida! Eu fingia que não tinha ouvido! Nunca lhe disse que sabia que ela me pedia sempre, mas sempre, desculpas à noite, ao ouvido enquanto eu dormia.
Ela tinha uma força como não existe no mundo! Ela suportou tudo aquilo que não é humano suportar! Ela sofreu muito mas mesmo assim conseguiu ser feliz. Acreditou sempre e sempre me disse: - Filha, ninguém morre de amor! - e eu sempre acreditei nisso! Se ela não morreu, ninguém morre!
Com ela aprendi a ser Sportinguista! Aprendi também a ser do Oriental (Clube Oriental de Lisboa)!
Ela ensinou-me a honestidade, a dignidade, a retidão, as regras e a sinceridade! Nunca conheci mulher mais íntegra do que ela!... 
Ela ensinou-me que ser mulher é sinal de poder, é sinal de fazer acontecer. Não há nada que uma mulher não possa fazer, desde que nos padrões da honestidade e integridade! Mas para estes não há sexo, há pessoas!
Ela ensinou-me que ser mãe é muito mais do que engravidar e parir. Ela não esteve grávida de mim, não me pariu mas foi a pessoa que mais me amou. Foi a pessoa que me pegou ao colo e me protegeu de tudo e de todos. Foi a pessoa que morreria por mim e nunca permitiu que me magoassem. Foi a pessoa que me deu colo e toda a gente sabe que não há nada melhor no mundo do que ter um colo. Um colo que nos aninha, que nos protege, que nos garante que há sempre um lugar seguro para voltar!
Tenho saudades dela! Muitas saudades! Gostava que tivesse sido eterna!... não foi! E é uma pena que não tenha sido! O mundo só teve a perder com a sua partida!... morreu cedo! Cedo mas com um peso da vida que eu não quero imaginar, que eu não suportaria!
Ela hoje faria anos! E não há um dia em que eu não pense nela! 
Esta semana será também o aniversário da sua morte! Fará 26 anos que partiu... tinha 70 anos! Ela era a minha avó! E até hoje eu não conheço palavra mais bonita. É a palavra que há 26 anos deixei de pronunciar como minha... avó! Avó era ela, não há mais nenhuma! Naquele dia morreu o meu colo, o meu porto seguro, a minha segurança, a pessoa que me garantiu que eu era amada, que me deu amor... quando choro penso nela, quando tenho dúvidas penso nela, quando estou triste preciso do colo dela, quando estou feliz quero partilhar com ela... e partilho! Eu falo com ela todos os dias... não sei se me ouve, mas eu falo e sinto-a!
Hoje faria anos a mulher da minha vida e eu tenho saudades dela! Ela nunca deixará de me fazer falta!
Parabéns Avó!

A vida é boua comó raio!!!

Ainda estou viva e de saúde, 'soas do meu coração! A bem da verdade até tenho andado bastante bem da saúdinha!... yeaaaahhhhh!!!!! Tenho é andado numa azáfama que não me dá tempo para muita coisa. Não que não tenha tempo para vir aqui, até tenho! Não tenho é tido disponibilidade para escrever coisas com pés e cabeça!!!! Ahahahahahahhahahahahhahahahahah!!!!!!!! Mas isso tu nunca fazes, oh Marquesa! - dizem vocês!... ainda agora cheguei e já me estão a enervar, catano!!! Raisparta!

Bem, dizia eu, antes-de-vocês-minervarem!..., tenho andado sem dores, sem cansaço extremo, excepto aquele normal de quem se levanta cedo para ir trabalhar (quem-é-que-inventou-esta-merda-caraças?)! Yeaaaahhhhh!!!!

- Então, mudaste a medicação?
- Não pessoas lindas! Não mudei! Até estou a tomar menos medicação e vou começar umas cenas novas!
- Atão pá, o que te aconteceu?
- Pessoas, não se trata uma Marquesa por pá, bale?... aláver se não nos zangamos!... Resolvi seguir as indicações da minha dótora psicóloga!... aquela pessoa que muita gente acha que não faz nada, que não é preciso, que só vai ao psicólogo quem é fraquinho e blá-blá-blá.... tretas, masé! Os fraquinhos é que pensam assim, que isto de ir à psicóloga não é para tenrinhos! Dá trabalho, mexe connosco, tira-nos da nossa zona de conforto e faz-nos fazer à vida!

Sempre vos disse, e vocês estão aí e não me deixam mentir (ler isto a engolir o ar e sem respirar, tipo Dona Isaltina da mercearia), que não me quero entregar à doença... mas era isso que eu andava a fazer... pelo menos nalgumas áreas da minha vida. Nomeadamente a procrastinação (ai, o que eu adora esta palavra!!! Tão cutchi!), ora porque estava com dores (e estava mesmo), ora porque estava demasiado cansada (e estava mesmo) e a vida ia passando por aí, o mundo continuava a girar e eu ali, ora estendida ora deitada!

A dotóra psicóloga (benzádeus) disse: - Marquesa mai linda do mundo, e quiçá de Marvila, vais levantar o rabo da cama e também do sofá e vais fazer-te à vidinha!... ai dói? Azarinho, vais com dores, mesmo!... ai o cansaço é demasiado? Azarucho, vais meia a rastejar, meia a dormir, a cabecear se for preciso (só não te babes, bale? Aquele fiozinho de baba a correr pelo canto da boca enquanto cabeceias e passas pelas brasas não!, bale? Não é próprio de uma Marquesa!).... e eu, que sim! Claro que sim! E pensei, deve ser deve!...

Mas fiz o que ela mandou, que eu sou pessoa obediente! Se eu fosse um cão era a melhor da escola canina e seria medalhada, com toda a certeza!... errrrrr... talvez não! Talvez apenas o fizesse pelos biscoitos e não pela característica inata chamada obediência!... lambona!!!

Bem, o que interessa é que fiz o que ela mandou! Custacomóraioqueaparta, caneco! Mas lá fui! A modos que há 2 ou 3 semanas que não tenho dores!!!! Yeaaaahhhhhhhhhhh!!!! Vivá eu e todas as células do meu corpo e a dótora psi!!!!... quero dizer, dói-me sempre qualquer coisinha, que eu não sei passar sem uma dorzinha, mas nada que me faça tomar analgésicos e anti-inflamatórios! E tenho feito buédacoisas!!! Por isso não tenho vindo aqui botar discurso!

Claro que eu sei que as dores hão-de voltar  o cansaço também, mas será muito mais esporádico do que era. E nessa altura estarei preparada e cairei à cama mais uma vez, sem culpas, sabendo que é temporário e saindo da mesma sempre que me obrigar a isso!

E tanta conversa para quê?!?... porque a importância da nossa saúde emocional e mental é mais do que um caminho andado para a nossa saúde física! Porque de nada adianta andarmos a lamuriarmo-nos e a chorarmos pelos cantos mal-dizendo a nossa sorte... é o que é, é o que temos! Agora há que saber lidar da melhor forma possível com ela (Quem?!?! Quem?!?!?!, perguntam vocês em ânsias... a "sorte", caneco!)! Estar em terapia há 3 anos tem sido fundamental para mim. Não releguem a vossa saúde mental, não achem que são "fortes", que ir ao psicólogo é cena de malta dada aos chiliques... se o fizerem correm o risco de terem mesmo um chilique e depois quero ver como se desenmerdam desenrascam...

A vida é demasiado rápida (e boa, catano! É boua comó raio!!) para a passarmos em sofrimento!!!

Marviiilaaa éeee liiiindaaaaa!!!!!

Oláaaaaaaaaaaaaaaa!!!!! Ainda não me finei!!!!! Ainda por aqui ando para vos moer o juízo!!!!! Estavam com saudades minhas?!?...  Eu sei que sim! Não mintam!

Ora então e que tal esse Santo António?... eu sei que quase já passou à história e o caneco, que já estamos quase no S. João e que se não me avio a publicar este texto ainda se dá o S. Pedro... estes santos são muito rápidos, é o que é!

Eu sou pessoa que aprecia bastante o Santo António, que adora o mês de Junho em Lisboa (podia era estar um pouco mais de calorzinho, oh catano!... nas pronto!)... Lisboa é liiinnndaaaaa!!!!! Não sou grande apreciadora de datas festivas mas os Santos Populares são os maiores e eu adoro, adoro e tudi-tudo!!! Adoro o Santo António desde que era miúda (é clicarem no link aqui atrás para saberem como adoro o Santo António desde miúda!). Adoro os Santos Populares desde que me lembro de mim!!! Adoro as festas de Lisboa! Adoro o cheiro a sardinhas, apesar de não as comer, o cheiro a caracóis, apesar de também não os comer.... os manjericos, os pregões, os bailaricos, as marchas.... ai, senhores!!! As marchas!!! Era disso que eu vos vinha falar!... Mais um ano, mais uma volta, mais uma chapa!... assim não dá!!!

Alguém tem de pôr ordem nisto, caneco!!! Esse alguém sou eu!... ora então, mas que raio foi aquele pódio?!?! Hummm?!?!??!.... O Alto do Pina mereceu lá estar, sim senhora! Estavam catitas e tinham a melhor música! Para além do mais (quem me segue no Instagram já sabe disto e quem não segue é um ovo podre... temos pena!), eu vi-os antes de irem para a avenida... foram abençoados por Sua Marquesa, é o que é, e por isso ganharam!... não fui lá vê-los de propósito (não vá alguém da marcha de Marvila achar que eu sou uma traidora!), estava de passagem para o Arraial de Arroios (alguém me há-de explicar muito bem explicadinho porque é que este ano Marvila não teve arraial... não entendo, oh caneco!) quando a Marcha do Alto do Pina saiu à rua!... souberam que a Marquesa de Marvila ía a passar e zuca... rua com eles para serem avistados por tamanha nobreza!... Dei-lhes sorte, é o que é!

A Penha de França também mereceu lá estar no pódio... até porque fica mesmo, mesmo coladinha à freguesia do bairro onde nasci e estudei (Arroios!... sim! A Maluquinha de Arroios sou eu!!!... prazer!) e que não tem marcha, por isso a Penha de França fica sempre bem no pódio... para além do mais é a marcha de senhor meu marido, mais conhecido por Marquês!

Agora... Alfama?!?!?... a sério?!?!... Alfama tem o quê?... contrato com os senhores da avenida, é?... nem que façam um cocó (como este ano) têm sempre direito ao pódio?!?... pelamordasantinha... aquela marcha este ano nem em último tinha lugar quanto mais no pódio!... ah e tal, é Alfama!... raisparta masé!!!... um cocó!!!

E agora a indignação do século... Marvila em 7º?!?!?!??!?!?!?!?.... a sério?!?!?!.... vocês viram o mesmo que eu?!?!... a Marcha de Marvila devia ter estado no pódio!... foi das melhores marchas, sem qualquer dúvida! os figurinos espectaculares, os adereços, os arcos (sim, levaram arcos, e não uma pseudócoisa como Alfama), a coreografia, até o autocarro levaram, caneco!... não há direito! Foi muito injusto!

Depois temos o Beato!... cutchi-cutchi!... o Beato é a par de Marvila, assim no mesmo pé de igualdade, a minha marcha! O Beáaaato é liindoooooooo!!!!!! Já disse e hei-de repetir até que me ouçam, o Beato e Marvila deviam-se unir numa só freguesia e num só bairro!... o Beato e Marvila têm tanto que os une: O Clube Oriental de Lisboa, uma fronteira que ninguém sabe onde começa um e acaba o outro, gente espectacular e linda, e os melhores do mundo e tudi-tudo!...vamos fazer um abaixo assinado?... o Beato nem sempre concorre! Mas este ano concorreu! E ficou em penúltimo... fiquei triste mas percebo o resultado! Agora... Marvila?!?!... a sério?!?!... em 7º?!?!?... ide-vos catar, senhores do júri!

E Alfama no pódio?!?!... a sério?!?!... nem sequer uma marquesa têm?!... ide-vos catar, senhores do júri!...

Marviiiiilaaa éeee Liiiindaaaaa!!!!!!!!!!!! Marvila é que é!!!!!

Raisparta!

Os meus vizinhos são melhores do que os vossos #7

Ora bem... a fasquia elevou de tal maneira que nem que se torçam todos, nem que façam uma petição intergaláctica, nem que consigam que o mundo gire ao contrário jamais vão conseguir ter uns vizinhos comósmeus, caneco! Até eu, sim, leram bem, até eu fiquei impressionada... de tal maneira que nem consegui fotografar... fiquei em choque e estou até hoje sem saber o que pensar...

Sexta-feira, chegam à sua garagem (comum ao prédio, sem boxes nem nada do género) os senhores Marqueses de Marvila, nós mesmos!, a família aristocrática mais importante do mundo, quiçá de toda a Marvila!... chegamos, estacionamos, eu saio do carro, começo a inspeccionar todo o arsenal que existe no lugar de garagem dos meus vizinhos... arsenal talvez nem seja bem o termo... aquilo é mais um ecossistema? Uma javardice?... aquilo acumula cómodas, brinquedos, uns 3 sacos de comida para coelhos (ou lá o que é aquilo!), objectos vários de difícil identificação, mesa sem tampo, caixas com cenas que nem quero imaginar, livros, restos de brinquedos, muitas vezes comida (como já tive oportunidade de relatar), já lá vi pão, tangerinas e feijão verde (oh que raio era aquilo), azeitonas, vinho e cerveja (quem me segue no Instagram já sabe disto, quem não me segue é um ovo podre!)... bem, começo a inspeccionar a cena que aquela malta acumula na garagem... e ouço um barulho!...

- Qué isto, caneco?
- Fui eu! - diz o Marquês!...
- Hummmm..... - Marquesa de rabo para o ar, de cócoras (olha que palavra fofinha... cutchi!), e... outro barulho...
- Ai, caneco! Esta malta tem 2 (sim, 2) caixas com patos na garagem! 
- Oh pá, não tem nada! Fui eu que fiz o barulho!... - insiste o Marquês!...
- Fónix! Estou-te a dizer! Anda cá ver, masé... então eu não estou a ver os patos! E estão vivos e fazem barulho!

Pronto! É isto! Passadas umas horas os patos já não estavam na garagem... isto está a elevar-se de tal maneira que não sei o que encontrarei da próxima vez... um burro? Uma vaca? Um leão? Um ornitorrinco? A avó embalsamada?... estou com receio!...  Medo, talvez seja a palavra mais correta! Medo!!! Muito medo!!

Guardem o vosso chispe fedorento para vossemecês, bale?

E aquelas pessoas que, chiques que só elas, descalçam a sapatonga (estas pessoas não usam sapatos e muito menos sapatinhos... mesmo que calcem o 35 e andem com os mais chiques Louboutin... se é que me entendem...) e espetam o belo do chispe na cadeira da frente?!...

Estas pessoas podem vestir um fato Chanel ou um fato de serapilheira das Confecções Rotónu, calçar um Gucci ou o chinelo da avó, usar uma Louis Vouitton ou um saco do Continente a fazer de pochete, tanto faz... podem ter até ter unhas com verniz de gel, catota de chulé, pés imaculados ou tão imundos que será preciso uma rebarbadora para desincrustar... vistam elas o que vestirem, o cocó é o mesmo... e o chulé também!... pessoas que acham que os outros têm mesmo que levar com o seu chispe!... caneco! Que falta de nível, pessoas! Que brejeirice!!! Não há Chanel que vos safe, pessoas. Nada! Nem nível têm para os Louboutin, nem para os chinelos de plástico a tresandar a petróleo (capazes de derreterem em dias mais quentes e ficarem para todo o sempre colados ao vosso pé... e aí nem a rebarbadora vos safa, chiça!)... sois pessoas sem nível! Sem classe!... e extremamente mal-educadas e arrogantes... coitadas! Só a arrogância considera que é fixe enfiar o chispe mal-cheiroso (não pessoas, o vosso chispe não cheira bem... temos pena!) e cheio de catota entre os dedos na cadeira da frente (esteja ou não gente lá sentada... não está agora, mas há-de estar, bale? E a malta não tem de se sentar em cima dos resquícios de chulé que vocês largaram para lá!).

Sim, eu vi uma madame toda empiriquitada (apesar de não estar de amarelo!...) descalçar os seus stilettos, numa reunião num hotel chique em plena zona nobre de Lisboa, com uma série de pessoas (eu incluída), e botar os seus chispes em cima da cadeira da frente! Bléeeeaaachhhhhh!!!! Canojo!!!! 

Não façam isso, pessoas! Não façam! Tenham algum nível de educação, basta que seja um milímetro acima da de um babuíno, ok?... é suficiente!

Grata!

 

E se eu me metesse na droga?!...

Hoje venho aqui desabafar uma questão mesmo muito delicada!... por isso, pessoas fofas, não minervem, bale?...

Como vocês muito bem sabem eu sou ovo-lacto-vegetariana (mais ovo do que lacto, para ser honesta)... dispenso a conversa do "então e a proteína?" e o caneco porque já somos todos crescidos e, como devem calcular, eu sei bem a quantidade de proteína que boto para dentro do meu bucho (eu-também-não-vos-melgo-com-a-quantidade-de-colesterol-que-ingerem, pois não?... nem vos digo que cada cigarro que fumam é mais uma manchinha no vosso pulmãozinho - sim, era para vos enervar com os diminutivos-, pois não?... então não me aborreçam, está bem?!... óptimo!).

Agora que já esclarecemos um ponto fracturante sobre a minha opção (atentem na conjugação destas duas belas palavras!... foquem-se bem! Cada vez que quiserem opinar sobre as opções de um vegetariano lembrem-se delas, bale?!) de não comer carne e peixe, vamos ao que interessa.

Eu estou quase a falecer, pessoas!!!! Quase!!!! - Eh, pá!... não se brinca com isso, Marquesa! - Pronto, talvez esta expressão não tenha sido a mais adequada, mas é comomessinto, caneco!!

Cada vez que vou ao senhor doutor, essa pessoa do demo, tenho que cortar merdas cenas que gosto de comer!... eu não como carne e peixe mas não é para ser saudávelzinha, ok?... eu não sou do team comidadubém, ou lá o que é!... nada disso! Eu adoro cenas várias, tais como chocolate, gelados, queijos (esse demónio que não me deixa ser 100% vegetariana... sim, eu sei que disse que como mais ovos do que lácteos... mas sem os ovos eu passo bem. Não me macem, caneco!!!), vinho, cerveja, etc... (leiam o etc como toda a bodeguice que se possa ingerir sem nos matar - logo, pelo menos! - e que não faz nojo - tipo cocó, xixi ou vomitado...).

Ora, eu adoro petiscos! Gosto por amor de petiscos, esplanadas, vinho branco e/ou cerveja!... A minha opção de petiscos, já de si reduzida por não comer peixe (Essencialmente! Os meus petiscos favoritos vêm do mar), ficou a modos que nula após esta última ida ao dótore (raisparta!). Acho que vou entrar em depressão!...

Esta merda toda aliada ao facto de que tenho de perder peso, resta-me beber água!... água com gelo, a fingir que é gelado (e eu detesto água fresca!), água com limão (a fingir que são ameijoas à bulhão pato , oh caraças! - Eu sei que não como ameijoas por opção!...), água com água (a fingir que é água!)... Ah! A boa notícia (há sempre uma, não é?) é que para além de água também posso respirar!!! Yeaaahhhh!!! Vou viver a água e ar!!!

Acho que só me resta meter-me na droga!  O dótore não me disse que eu não me podia meter na droga! 

Alguém em ajude, oh catano!!!

Lúcifer é um santinho!!!

Então fofinhinhos, estão bonzinhos? Como têm passadozinho os meus queridinhos leitorezinhos?...

Sabem aquelas pessoas que falam sempre com diminutivos, sabem?!... que são assim mega-fofinhinhas?... cheiinhas de melzinho e vozinha baixinha e docinha, sabem?! S-A-B-E-M ou não, catano?!... sim?! Boa!!!... são pessoas capazes de me pôr à beira da apoplexia (tive uma professora de inglês no secundário que dizia que nós a púnhamos à beira da apoplexia e era por muito menos... nós nem falávamos com diminutivos, nem nada!... fraquinha é o que é!), a ter de sacar das gotas e emborcar um frasco inteiro, virar costas e fugir dali o mais rápido possível, sob pena de em vez das gotas sacar da arma... e depois era sanguezinho por todo o ladinho... uma chaticezinha!!! 

Quem, pessoas, quem é que disse a esta gente que é fofinho falar com diminutivozinhos?!?... 

Há uns anos, a veterinária dos nossos cães falava assim... Ahhhhhh!!!!! Era preciso toda uma mentalização para levar o cãozinho e a cadelinha à doutorazinha para levaram a vacinazinha... ela perguntava qual a raçãozinha que o cãozinho comia, media-lhes a temperaturazinha com o termómetrozinho no rabinho, aqui os cãezinhos ficavam nervosinhos e mostravam-lhe os dentinhos... e ela ainda lhes punha uma pipetazinha, para as pulguinhas e carracinhas, no lombinho.... e eu tinha de ser reanimada entretanto, a espumar pela boquinha e a espernear que nem uma enlouquecidazinha...

Não se deixem enganar, meus caros, isto são demónios disfarçados de pessoas fofinhas para vos levarem à loucura, à insanidade em menos de nada! São profissionais ao nível da demonização... gente capaz de fazer Lúcifer parecer um menino do coro. Diz, eu não sou má língua, mas diz que Lúcifer se reformou da sua actividade de Diabo quando encarou uma pessoa destas! Básicamente desistiu, atirou a toalha ao chão, entregou as credenciais e a carteira profissional... por isso pessoas, quando pensarem em fazer diabruras, lembrem-se que no inferno, à vossa espera não está o Diabo mas estas criaturas demoníacas... Portem-se bem, mazé!!

Bem-vindos ao meu palácio novo!

Bem-vindos ao meu novo palácio!!!!!!! Está tão lindo!!! 

Captura de ecrã 2019-05-30, às 15.11.31.png

A Gaffe, a mais talentosa da Internet (não estou nada a exagerar... ou acham que só os famosos são talentosos?!...) fez-me uma casa nova! Yeaaahhhh!!!!! A Gaffe, não é só talentosa ao nível do design, nada disso! Ela escreve maravilhosamente, tem uma forma de abordar os temas mais fracturantes (e os outros também) deliciosa e muito característica. Ide até lá se não querem ficar conhecidos em toda a Internet como Nhécos... Os Nhécos são aqueles para os quais não há uma adjectivo digno de os descrever, ficam ali entre um ovo podre e um xoninhas, estão a ver?... e vocês não querem isso para a vossa imaculada reputação, pois não?... bem me parecia!!... então corram, catano! Ide lá ler a Gaffe de uma ponta à outra, cliquem em seguir (não dói, garanto-vos, que eu já o fiz.) e deliciem-se... preparem-se para rir muito também!

O meu palácio novo está lindo, não está?!

Agora, cada vez que entrarem vão ver-me em modo Camafeu... mas que isto fique só entre nós e por aqui, bale?!... vocês não me quererão ver/ouvir/ler irada porque vosmecês se atreveram a chamar-me Camafeu, certo?!... àláver!...

Agora é que este espaço está um verdadeiro palácio real, o palácio mai'lindo de Marvila e arredores! Até tenho um brasão e tudo!! Ai que emoção! O Brasão da Marquesa de Marvila!... ai caneco, agora que esta casa já tem Brasão de Armas, Título Real e um verdadeiro Palácio ninguém me agarra!!!!! Hoje até já levantei o rabo do sofá, e logo vou iniciar o exercício que o dótore mandou com uma caminhada apressada (se me virem não se apoquentem que não estou a fugir de ninguém, bale? Estou só a andar um pouco mais rápido do que uma tartaruga, sim?!)! Viva eu!!!! Agora é que ninguém me agarra!

Bem-vindos ao meu palácio novo!!!... já vos tinha dito isto?!...

Os médicos são ruins!

Fónix pá, que hoje a manhã foi dura, caneco! Foi quase como levar com um pano encharcado nas trombas para ver se acordo mas com um ferro lá embrulhado, estão a ver?...

Fui ao dótore! Já não ia lá desde Dezembro... sim, pessoas giras, eu sei que já lá devia ter ido antes... que já devia ter feito as análises... ups!... sim, ainda não as fiz, catano!... mas pronto! Lá fui, contente e a rir... mentira! Acordei de madrugada e tive de estar no médico a estas obscenas horas: 8:45h... sendo que para lá chegar de carro são 45 minutos e ainda foi preciso largar as duas aspirantes na escola... ninguém merece!... quer dizer, eu, pelos vistos, mereço!... adiante...

Fui ao dótore!... - ah e tal, as análises, caneco?!?... - e eu... ups.... não fiz! Ah e tal, tem de fazer e blá, blá, blá, e coiso e tal, e borboletas, e fadas, e purpurinas, e análises... Ok! Já sei!!! Da próxima faço e trago as análises, catano!

Bem, não tinha as análises mas fiz lá um exame para ver o estado geral do meu organismo... claro que daqui nunca vêm boas notícias, num é?!?... já devia saber e estar preparada para isso, mas eu sou ingénua e acho sempre que vai ser espectacular e coiso, sóquenão!!!!! Então, Marquesa, estás pior é?!..., nem pior nem melhor, mas ainda mais grave... atentem, vocês atentem e digam lá o que hei-de fazer à minha vidinha:

- Não posso comer queijo!!!!!  Nem beber vinho!!!!.... 

Oh caraças, o que será de mim, senhores?!?!...

Mas é só isso, Marquesa?!... Não, catano!!!! Não é!!!! Já estou a ficar nervosa dos nervos... tenho de fazer exercício físico todos os dias!... - Ahhhhh!!!! Mas isso tu já sabias! O dótore já te tinha dito!... - Raisvosparta, masé! E um pouco de empatia para comigo, não?!... não tarda, não tarda, sem vinho, sem queijo e a começar a fazer desporto transformo esta chafarica num blogue fitness... depois não se queixem, bale?! 

Também vou ter algumas alterações de medicação, para além da alimentação e aquela-cena-de-mexer-o-esqueleto, exercício físico, ou o que raio é isso... fónix, pá!!! Estão a ver porquê que eu não gosto de ir ao médico, estão?!?... a malta vai lá, paga e ainda é assim tratada, chiça!

Quando saí do dótore onde fui eu?!... adivinhem!... não digo! Têm de adivinhar!... não sejam preguiçosos!... eu sei que o dia já vai longo e metade dos neurónios já entraram em falência depois de um dia de trabalho, que já só pensam no jantar e na Netflix que vos aguardar... errrrr... ah! espera, essa sou eu!... bem, já que insistem e eu não quero que vos falte nada (sou uma joia de moça, já vos tinha dito! Um doce, é o que eu sou!), eu digo-vos onde fui: à minha dótora psicóloga... vocês estão fartos de saber que eu, para além de uma auto-imune tenho uma falhinha (ou ao contrário, não sei bem!) e tenho de ir à psicóloga. Se eu não fosse à psicóloga vocês sabem lá o que teriam de aturar.... nem eu! Nem queiram saber, é o que é!

A dótora psicóloga é outra que uma pessoa paga e ela em vez de dizer: - Vá lá para casa encher-se de chocolates, alapar o rabo no sofá a ver Netflix até não sobrarem mais séries para ver, dormir como se disso dependesse a paz no mundo! -  Não! Nada disso! Outra, a quem uma pessoa paga para ela dizer: - Dores?!... Sono?!... Cansaço extremo?!... contrariar! Dói, mas faz com dores mesmo... tem sono mas vai com sono mesmo... Ah! E não se esqueça de mexer o rabo e começar o tal exercício físico que o dótore recomendou e que está há pra lá de uma vida para começar!... - É assim que se trata uma Marquesa, catano?... só por causa disso para a semana estou lá batida outra vez, pumbas!!! Só para chatear!... é mentira! Quer dizer, eu vou lá todas as semanas e para a próxima não será excepção, mas a dótora tem toda a razão... caneco! Isto é que chateia um indivíduo! Oh menos ela não tivesse razão!... mas tem! Ela acha que eu estou a ficar com uma cena, cujo nome referiu mas eu não fixei (too much for me... eu bloqueio quando me falam em levantar o rabo do sofá ou da cama!) e como tal tenho de contrariar...

Portantus, amanhã vou levantar-me cedinho, como todos os dias, mas não vou voltar para a caminha mais tarde nem alapar o rabo no sofá... vou para a rua trabalhar!...  Estou nervosa! Extremamente nervosa! Estou bastante sensível e... irascível, talvez!... não minervem!!!!!

Mas os dótores têm razão (raios!!!!) e se eu começar a fazer isto não só não me estou a entregar à doença (coisa que eu nunca quis fazer) como estou a criar condições para melhorar, como estou a pôr a minha vida a andar! Yeahhhhhhh!!!!!!  Mas aviso já que vou fazer isto tudo, tudo, mas extremamente contrariada! Para que fique registado!