Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

Bilhetes para os U2.... Os verdadeiros fãs!

Então queridos amigos, conseguiram comprar um dos 2 únicos bilhetes disponíveis para venda no dia de ontem?... Não?!? Ahhhh... que surpresa!!

Não foram 2 mas sim 2 mil e qualquer coisa... Sendo que haveria cerca de 50 mil pessoas que gostariam de ir ver os U2, está-se mesmo a ver que deve ter havido mortos e feridos. Os mortos deixam lugar vago e os feridos podem vender os seus bilhetes para pagar os tratamentos. Menos mal! Não se perde tudo!

Bem, parece que há por aí uns milhares de pessoas indignadas, atrevo-me a dizer até que há mais outros tantos milhares que estão indignados mas nem sabem bem porquê. É que isto cá pelo burgo quando se indigna um português indignam-se logo dois ou três (já dizia a canção... como não era bem assim? Não era porque altura não havia redes sociais.). As indignações, sim no plural, são diversas ora vejam:

- Ah, só cá é que os U2 vão cantar em pavilhão... lá no estrangeiro actuaram em estádio... esta organização devia ter vergonha.... - Bem amigos indignados, e os outros que não estão indignados mas gostariam de perceber a indignação, esta tournée é toda ela em pavilhões, seja em Portugal ou seja no Botswana (aposto que lá seria mais fácil comprar bilhete... pelo menos os que vão dormir para a porta dos locais de venda não rapavam tanto frio). A organização tuga não tem responsabilidade nenhuma nesta questão. Os senhores que constituem a banda rock U2, que vocês tanto amam e pela qual estão dispostos a vender a própria mãe para ir ver, é que optaram por fazer a tour em pavilhões. Espera lá... mas se são assim tão fãs não deviam saber isso?... Ou talvez façam parte daquele grupo de malta que não sendo fã, fã, até cantarola o Sunday, bloody sunday, e acha que viver sem ter ido a um concerto de U2 não é viver. Vou-vos dar uma novidade, é! Vocês continuam vivos mesmo não indo ver U2.

- Ah, e tal, mas isto é uma injustiça... Os verdadeiros fãs não podem ir ver a sua banda favorita para darem lugar a quem é assinante do site da banda... - Amigos, vá têm de ser fortes, ãh... Vá lá: Só os verdadeiros fãs (e os que têm dinheiro para isso também, vá. Mas mesmo assim têm de ser fãs) é que são assinantes do site, pagando 50 dólares, sem sequer saberem que terão benefícios na compra dos bilhetes em Portugal, isto porque nem sequer sabiam que eles cá vinham, só se soube há 1 mês (ou menos) e para se ter este benefício tinha de se ser assinante até antes de Novembro.

- E porquê que quem fez a compra antecipada do álbum também tem prioridade na compra?... Não é justo! E os verdadeiros fãs?!... - Pois... a mim não me ocorre ir a comprar antecipadamente um cd do Toni Carreira. Nada contra, mas não sou fã. Também não comprei o de U2, é certo (apesar de ele estar cá em casa, mas não foi uma compra antecipada), mas não acredito que quem comprou não seja. Não faz sentido...

- Ai os verdadeiros fãs, aqueles que são mesmo, mesmo fãs, nem um, nem umzinho vai ver o concerto... Não é justo. - Ai que cansativos que vocês são... Acho que devíamos arranjar um U2ómetro para verificar sem qualquer sombra de dúvidas quem são os verdadeiros fãs e quem são esses impostores que andam a roubar lugares nos concertos. Isso sim é que era de valor e assim acabavam-se estas dúvidas existenciais e as maiores injustiças desta vida ao nível de quem pode ou não ir ver U2. Agora fico-me por aqui.... Tenho de ir a correr... Não, não é para comprar bilhetes para a segunda data já anunciada, by the way, será dia 17 de Setembro no sítio do costume, e os bilhetes serão postos à venda dia 2 de Fevereiro (não corram que a esta hora a fila de malta a acampar que, aposto, nem sequer são os verdadeiros fãs, já dá a volta à lua), é para ir registar a patente desta mega invenção para ver quem é mesmo fã ou não dos U2. Acabamos já com os impostores. É desta que vou ver U2 mais uma vez!

Desafio das 52 semanas - semana 4

As minhas citações preferidas são:

- To be or not to be that is the question... (Shakespeare)
- Batem leve levemente como quem chama por mim... será chuva será gente... (Augusto Gil)
- É o bicho, é o bicho vou-te devorar, crocodilo eu sou... (Iran Costa)
- Ohhh Mila, mil e uma noites de amor com você, na terra, no barco, no farol apagado... (Netinho)

É mentira!... Ou melhor as duas primeiras são mentira as duas últimas são verdade!

Eu sou uma pessoa extremamente desinteressante... Um dia vocês teriam de saber e seriam confrontados com esta realidade...

Sou pessoa nada pouco dada a poesia, a citações e frases feitas. Desculpem! Mas esta é a verdadeira Marquesa de Marvila. Pessoa que não gosta de frases feitas nem de citações, excepção feita aos 2 últimos poetas citados acima. Portanto, lamento decepcioná-los, caros leitores e fãs da minha vida, mas é mesmo assim. Esta é a realidade, a dura realidade. 

Aliás, estava a pensar começar um movimento: Abaixo as citações e frases feitas! - Só temos de arranjar um slogan e umas frases fortes para vender a ideia, o que acham? É ou não uma ideia vencedora? Vá toca aí a atirar (mas devagar para não aleijar) umas frases bombásticas para este nosso movimento.

Tag 25 Perguntas Aleatórias

Eu gosto de desafios. Vero! E vai dai o Triptofano desafiou-me para responder a 25 perguntas... Na verdade são 24 mas alguém resolveu reinar connosco e chamar desafio das 25 perguntas...

Assim sendo, cá vai:

1. Sais de casa sem?
Os móveis! É, eu tenho este péssimo hábito de deixar os móveis em casa... Já tentei levá-los, mas já não vou para nova (agora que penso nisto, quem me lê deve achar que eu tenho prá lá de 175 anos e eu só tenho 120...) e as minhas costas não aguentam. Ainda bem que esta pergunta é na positiva, se me perguntassem "Não sais de casa sem...", ui!! Tínhamos conversa para... deixa cá ver... 1 linha!... Com sorte, 1 linha!

2. Alguma marca de maquilhagem preferida?
Todas as que não testam em animais. Não compro cosméticos que tenham produtos de origem animal ou que testem nos mesmos. Felizmente já há muitas e cada vez há mais. Cada vez mais as pessoas estão conscientes de que não é necessário magoar e matar outros seres para sermos MAIS bonitos. Por falar nisso malta, é ir aqui ao site da Body Shop assinar esta petição para acabar com os testes em animais em todo o mundo. Vá os animais agradecem.

3. Flor/Planta preferidas?
Ora bem... Todas! Todas desde que não sejam arrancadas da terra e do sítio onde elas estão bem. Não me ofereçam flores, senhores. Isso não! São lindas, que são, mas eu odeio receber flores e detesto ter jarras com flores em casa. As desgraçadas são arrancadas da terra para estarem numa jarra onde se limitam a sobreviver alguns dias. Para quê?... Para nada! Se me querem dar um presente, chocolates vão muito bem... Ou um Porsche, também! Flores é que não, bale?

4. Loja de roupa favorita?
Não tenho!
Ohhhhhhh.... desilusão! E nós a pensarmos que nos ias contar o teu segredo fashionista mais bem guardado... Pois... Sorry, people! Gosto de muitas e não gosto de nenhuma! Depende do que têm na sua colecção...

5. Saltos ou baixos?
Ténis e chinelos... que é para poder andar aos saltos. Andar aos baixos não sei o que é.

6. Cor favorita?
Arrrrrrr... Isto vai-se tornar repetitivo, mas cá vai... vocês são fortes e aguentam... Não tenho! É!... Esta é talvez a pergunta que eu sempre detestei. Lembro-me de ser miúda e de, invariavelmente, me fazerem esta pergunta e eu ficava sempre encavacada a achar que devia ter um problema qualquer pois toda a gente tinha uma cor preferida menos eu... Passados 44 anos continuo a não ter uma cor favorita...

7. Bebida preferida?
Água, cola zero (tenho de me deixar desta merda que só faz é mal, ó caraças), imperial fresquinha, vinho branco, batidos e sumos de fruta...Ah... Era só uma?... é para compensar as anteriores em que não enumerei nenhuma...

8. Hidratante favorito?
Não sei! E adorava saber!!!! Sabem lá vocês a minha vida... A saga "Marquesa-procura-um-creme-hidratante" teria vários episódios e inúmeras temporadas. Uma desgraça é o que é!! Para o corpo encontrei este Verão em Espanha (que eu sou chique!... É mentira, foi em Ayamonte junto à Mercadona, o lugar de Espanha com mais portugueses por metro quadrado) um óleo para depois do banho. Aprovadíssimo, não quero outra coisa. Mas não chega... A minha pele é maravilhosa, que é, protege o meu organismo de uma data de coisas, quase não tenho rugas (abençoada eu!) mas... Há sempre um mas... A cena da minha síndrome (quem chegou agora pode ler aqui) faz com que a minha pele seque toda e fique hipersensível, aliada ao facto de ser mista. Não é falta de óleo, é falta de água, hidratação. Tudo isto misturado com o facto de o creme não poder ser testado em animais faz com que eu não consiga encontrar um bom creme hidratante... Passo o dia a pôr creme que a minha pele suga-o como se nunca o tivesse visto... Lambona!

9. Pretendes casar?
Não! Não! e Não! Já casei com o senhor marquês e está tudo muito bem assim. Se, mas um SE enorme, a coisa der para o torto que é como quem diz, cada um vai para seu lado, não caso de novo. Não que tenha algo contra os casamentos, não, de todo, antes pelo contrário. São festas fantásticas, o amor é lindo e tudo e tudo, mas uma vez chega, estamos entendidos? Óptimo!

10. Irritas-te facilmente?
SIMMMMMM!!!!... Mas só quem me conhece bem é que sabe. Por isso vamos manter isto assim sem que mais ninguém saiba, ok?

11. Róis as unhas?
Não! Detesto ver e ouvir pessoas a roer asjunhas... Mesmo!
Eu faço pior...  Eu arranco as cutículas... Não roo, arranco mesmo com as mãos... escarafuncho... É feio, eu sei! Por isso tenho que andar sempre a "arranjar" as unhas porque se elas estiverem bonitinhas e sem peles soltas eu refreio os meus ímpetos de assassina de cutículas.

12. Já desmaiaste?
Não! A minha vida é muito pouco interessante e sem emoção... Nunca desmaiei... Mas já achei que ia desmaiar vai pra lá de 3 biliões e meio de vezes, só hoje, multipliquem por todos os dias que eu já vivi e têm um belo número. A minha vida é desinteressante e sem emoção mas é uma vida enlouquecida. Pessoas, eu tenho uma "falhinha" eu avisei!

13. Onde estavas há 3 horas?
Estava no carro parada a medir as minhas pulsações e achar que ia desmaiar, ou falecer mesmo! Mas depois lembrei-me que tinha assumido este compromisso com o Triptofano e adiei o falecimento ou o desmaio... Daqui a pouco já vou achar de novo que vou desmaiar... É assim a minha vida!

14. Estás apaixonada?
Sempre! Agora baixou em mim a Miss Universo, atentem: O que será da vida sem paixão?... Não sei viver sem estar apaixonada! Se todos estivéssemos apaixonados não havia guerra no mundo e as guerras são más e matam pessoas que talvez até estivessem apaixonadas...
Xô, xô, vai de retro Miss Universo... sacode, sacode... Ufa! Foi-se!

15. Qual foi a última vez que foste a um Centro Comercial (desculpem lá mas não gosto de chamar shopping ao centro comercial... Shopping é lá nos States, bale?)?
Ora... Não me lembro... Não que tenha sido há muito tempo, que não foi que eu sou pessoa para ir amiúde ao centro comercial. Era para ter ido hoje, mas não fui, estava com receio de desmaiar por lá, então vim para casa... Deve ter sido na semana passada... Ah! Espera! Já sei! Foi Domingo! Fui levar a aspirante mai'velha para ela ir ao cinema com as amigas.

16. Assististe a um filme nos últimos 5 dias? Qual?
Pois 'tá claro que sim!!! Pois com certeza, atão!! Os 3 pessoas que me lêem sabem disso muito bem. As que não têm o privilégio de conhecer a minha fantástica escrita podem ler aqui o meu périplo pelo mundo da sétima arte. Tenho visto, todos os serões, um filme com a aspirante mai'velha. O último foi ontem, O Talentoso Mr. Ripley. Era o que eu me lembrava dele, chato!

17. Como estás vestida agora?
Sempre impecável! Linda e maravilhosa! E de ténis, claro está. Vocês não querem mesmo saber isto, pois não?... 

18. Qual foi o último alimento que comeste?
Um hamburguers de tempeh com batata doce. Hummm.... maravilha! E resisti à cola zero! Yesss!! Sou a maior!

19. Qual o teu animal favorito?
A minha cadela do demónio. A minha diaba!!

20. Como seriam as tuas férias de sonho?
Eh pá, seriam espectaculares. Tão espectaculares que teria de criar uma conta no Instagram da Marquesa para publicar fotos e sambar na cara das invejosas... Ora vejam, ia de chinelos no pé, com o Marquês e as aspirantes, só ia achar que ia desmaiar 10 vezes por dia (isso era incrivelmente espectacular mesmo), não ia escarafunchar as cutículas, ia de avião (que férias que são férias tem de ter avião pelo meio) e não ia ter miaúfa, e.... eh pá, seriam espectaculares.

21. Quais são os planos para hoje à noite?
Ir ver o treino da aspirante mai'nova... Não, não sou galinha, nem mãe de treinos... Mas como raramente vou, ela hoje pediu-me para ir... E eu vou!

22. O que estás a ouvir agora?
As teclas do computador, uma ambulância (alguém deve ter desmaiado... não fui eu!) e... mais nada... 

23. Coleccionas alguma coisa?
Agora não! Já coleccionei tudo e mais alguma coisa. Cansei-me! É chato fazer colecções... Aborreci-me!

24. Comes fastfood?
Sim! Desde que seja vegetariana como!

25. ........................................? (Pergunta retirada do Livro em Branco, e vocês têm de adivinhar a pergunta...)
Sou eu! É que não há dúvida nenhuma! Podem fazer estudos, levantamentos, cruzar dados estatísticos, podem até fazer o pino a conclusão é sempre a mesma: Sou eu! Je, moi, I, me... e por aí fora...

Bem, posto isto diz que tenho de nomear alguém para responder a este desafio... Eu tenho tanto de parva como de nova aqui por estas andanças, vai daí eu não faço ideia de quem já respondeu ao desafio... Não sei quem nomear.... buáaaaaaaaaaaaaaaaa.... Triste sina a minha.... Mas tem mesmo de ser, certo? E se eu nomeio uma pessoa que odeia de morte este tipo de desafios?... Olha, que se lixe, né?
Então cá vai... A Bruxa Mimi e Apenas um Detalhe, se já tiverem sido nomeados, olhem... Sorry, ok? 

Ainda não consigo...

Está a chover!! Pronto, era só isto...

Não era nada! Que uma "matraca" como eu tem sempre mais coisas a acrescentar. E não ao nível da meteorologia, apesar de ser um tema com bastante interesse... 

A aspirante mai'nova está a ficar com os nervos.... E eu também! É a primeira prova da época e ela tem elementos novos a executar que ainda, leram bem ainda, não estão bem afinados... isto segundo ela, e o treinador, vá, porque para mim está perfeito. Para mim estaria perfeito mesmo que ela se limitasse a estar parada a olhar para o infinito sem fazer nada... ela é tão linda!!! 

Estou a ser lamechas, eu sei! E, apesar de amar as minhas filhas com todo o meu ser, não sou nada mãe de achar que elas são perfeitas e que fazem tudo perfeito (são e fazem, mas pronto )... Agora a sério, sou bastante crítica em relação a elas mas apoio-as em tudo. Tudo mesmo! Elas sabem que estarei sempre do seu lado, mesmo que seja para lhes dizer que não estão certas e que devem ver as coisas de outra perspectiva.

Já desviei caminho... Uma "matraca" como eu tem sempre assunto e desvia caminho facilmente... Ora voltando, dizia eu que a mai' nova está com os nervos... Depois de amanhã é a sua primeira prova desta época. Todos os anos há um recomeço de época e todos os anos há elementos novos a acrescentar. Ela começou há 6 anos, metade da sua vida foi passada como atleta, há 5 anos que faz competição. Tem feito uma evolução fantástica mas o que mais me custa é a falta de fé que ela por vezes tem nela própria... Vai "encher" muitas vezes (castigo dado pelos treinadores que significa fazer não sei quantas flexões ou abdominais) por dizer: Não consigo!... Daí eu ter reiterado o ainda, Ainda não consigo, é a frase certa.

Mudou de clube ainda não fez 2 anos, passou de 3 treinos semanais de 2 horas cada para 6 treinos semanais de 3:30h/4horas cada, treina mais do dobro. Passou de uma divisão base para a primeira divisão. Passou de meia dúzia de coisas que conseguia fazer para mortais à frente, à retaguarda, flicks e mais uma série de coisas impróprias para uma mãe ver.... Aiiii!!! Aiiii que ela vai cair!... Sabem lá vocês a vontade que eu tenho em entrar por ali a dentro para a agarrar... Ela diz-me: Oh mãe... Tu não faças isso!! Tu vê lá!!... - Tão fofa a minha filha! Coitada... Pensando bem... Coitada... O pânico que seria ela ver a mãe a entrar por ali a dentro, em plena prova, e levá-la para casa... ahahahahahah!!!! Não eu não sou assim tão louca...  Mas...

Voltando, a primeira prova é no sábado e a minha pequenina está com os nervos... Ela acaba por se divertir. É sempre um momento de tensão, emoção, diversão, apoio, companheirismo, colaboração, resiliência, espírito de equipa. Há risos, há sorrisos, há lágrimas de alegria, de tristeza e de frustração. Mas há sobretudo a certeza de terem dado tudo o que podiam.

É bom de ver os valores que o desporto transmite. Um dos momentos mais emocionantes que presenciei foi na época passada, em pleno campeonato nacional, quando é a prestação dela, as colegas do antigo clube estarem a espreitar por detrás de um oleado de publicidade, desde os bastidores, e a gritarem por ela, a apoiarem-na e a felicitarem-na no final. Mesmo ela tendo mudado de clube, mesmo estando a competir umas contra as outras, os valores e a amizade falam mais alto. E ela mantém uma amizade muito próxima com as actuais colegas e as antigas colegas.

Sábado lá estaremos, no Porto, para apoiar na aspirante mai'nova!!!

E nunca se esqueçam, não é "não consigo" mas sim "Ainda não consigo!"... Devíamos todos ir encher cada vez que dizemos não consigo!


Porto... Here we go, again!!

Este fim-de-semana os Marqueses rumam a Norte. Vamos ao Porto, carago!

O que eu gosto de ir ao Porto...  Felizmente todos os anos tenho tido motivos para lá ir. Desta feita, a aspirante mai'nova tem campeonato na Invicta. E lá vamos nós, apoiar a atleta mais gira do Universo (não vamos discutir isto porque quanto a factos não há discussão possível, estamos todos de acordo quanto a isto, certo?... Óptimo!).

A parte chata desta incursão ao Porto é que vamos ter de sair sábado de madrugada... Sim, 8 da manhã a um sábado é madrugada. E vamos voltar no Domingo, aí sem horas... ai que bom... O melhor de tudo, é que diz que não vai chover... yeahhhhh!!!!! Podemos aproveitar o Domingo e dar uns passeios... A aspirante mai'velha já sonha com o chocolate quente da Leitaria Quinta do Paço... Ainda não vos disse mas está quase a tornar-se uma tradição. Esta nossa aspirante sempre que viaja tem de beber chocolate quente... E quando não viaja também, bem vistas as coisas... 

Bem, mas vamos ao que interessa.... Tcharammm...

Necessitamos muito muito da vossa preciosa ajuda... Já que o tempo que estaremos no Porto é curto, gostaria muito que me dissessem de vossa justiça um sítio espectacular e barato para jantar no sábado, com opções vegetarianas, claro está! Domingo estamos numa de brunch, e também aceitamos sugestões vossas, pessoas viajadas, pessoas do Porto e, essencialmente, pessoas com uma vontade enorme de nos ajudar! 

Queria também que juntassem os vossos corações aos nossos e juntos torcêssemos em uníssono pela nossa aspirante mai'nova, não só por um bom resultado na prova mas, principalmente, para que se divirta e não se lesione! Depois conto-vos tudo e tudo!

 

Serões de Cinema

A aspirante a Marquesa mais velha começou a demonstrar uma grande curiosidade pelo cinema.

Para além da música, não vive sem ouvir as guitarras do rock, a bateria, o baixo e todo o conjunto que compõe este estilo de música, começou a fazer perguntas sobre filmes, actores, realizadores...

Esta minha aspirante é um orgulho enorme para a minha pessoa. Para além do extremo bom gosto musical (graças a Deus e aos Santos, a Buda e a Maomé, não gosta de funck nem do chorrilho de música sofrível que se ouve por aí), a minha adolescente gosta de ler (desde pequenina, benzádeus), de ver séries e, agora, cinema.

Vai daí começámos na semana passada a ver alguns clássicos cinematográficos (vá, clássicozinhos pois não estou a falar de "E tudo o vento levou" nem de "Casablanca", mas de filmes que já tendo 20 anos já se podem considerar clássicos).

Já vimos o Bom Rebelde, com Robbin Williams, Matt Damon e Ben Affleck. Um filme espectacular que ela adorou; 

No dia seguinte foi O Clube dos Poetas Mortos, mais uma vez com Robbin Williams e mais uma data de gente espectacular. Um filme incrível que deixou a aspirante a chorar desalmadamente.

Ontem vimos O Homem da Máscara de Ferro, com um elenco de peso, Leonardo DiCaprio, John Malkovich, Jeremy Irons, Gabriel Byrne, Gérard Depardieu, entre outros. Um filme fabuloso que, mais uma vez, deixou a aspirante de lágrima no olho, não tanto como no Clube dos Poetas Mortos, mas ainda assim de lágrima no olho.

Já temos ali de lado mais uns quantos para vermos e aceitamos sugestões. Os nossos serões agora são passados assim, enquanto o Marquês anda a levar e a buscar a aspirante mais nova para e do treino nós estamos a devorar cinema. Gosto tanto!!

Faz-me lembrar que já não vou ao cinema há uns tempinhos e estou cheia de saudades... Tenho de tratar disso.

Como ando desactualizada, o que me aconselham que esteja ainda em cena?


Desafio das 52 semanas - semana 3

Eu gosto de viver no limite... prova disso é estar agora, a 15 minutos de ter de sair (buscar aspirante mais nova para levar à medicina desportiva, levar o almoço à aspirante mais velha, ir com a mais velha ao dentista, levar a mais nova ao treino... ir a uma peça de teatro logo à noite depois de ter deixado as aspirantes entregues ao avô... Ufa já estou cansada!). Mas não vou deixar de fazer este post! Jamais!! Compromisso é compromisso.

Pois que o desafio desta semana é: Coisas para se fazer no calor...

A mais óbvia de todas é: Nada!! Quem é que quer fazer alguma coisa quando está calor?... Há lá melhor do que jiboiar estendida a aproveitar o calor e pensar o quanto a vida é boa?!... Pessoas, a vida é muito melhor com calor.

Depois, como estar sem fazer nada pode-se tornar chato e até mesmo mortal, temos de beber, comer, urinar, defecar, respirar... enfim coisas sem as quais falecemos. Estava eu a dizer, depois temos os seguintes prazeres aliados ao calor:

- Beber uma imperial (ou fino se estiverem no norte) fresquinha a acompanhar de uns petiscos maravilhosos... Como poderão verificar no parágrafo acima se não comermos e bebermos falecemos, estamos de acordo certo?

- Andar de chinelos nos pés.... ahhhhhh que maravilha!!! Há lá coisa melhor do que enfiar os pés numas chanatas? Não há! Ao nível do prazer do pé, não há! Não me lixem.

- Vestir pouca roupa... Pouca mas arranjadinha que não vos quero ver por aí desnudos e a contribuir para colapsos cardíacos nos mais sensíveis, pode ser?... Muito bem! 

- Comer gelados!!! Gelados! Gelados!!... ah espera... com o frio também vão bem!!!... Talvez este não seja um bom exemplo.... Passemos a outro;

- Ir piscinar... adoro piscinas! Sou muito esquisita ao nível da praia... Gosto e odeio! Um dia de praia tem de ter particularidades especiais para ser bom para mim. Por um lado aquilo tem muita areia, o que é extremamente desconfortável; Por outro tem muita gente, e normalmente pessoas pouco dadas ao civismo e respeito pelo outro (a praia transforma as pessoas em patetas mal-educados sem um pingo de respeito e consideração pelos outros), depois a água é gelada, depois tem de se andar comó diabo para lá chegar (e para regressar também)... Tudo aliado às minhas limitações de saúde, a praia é normalmente uma seca e uma chatice! Vivá piscina!

- Estar numa esplanada, à tarde, à noite (de manhã não! de manhã nada é bom, a não ser dormir... Dormir é bom de manhã)... E melhor, estar numa esplanada sem sentir frio... ahhhhh!!! Que maravilha! 

- Aproveitar a noite! Com calor a noite é boa para tudo menos para dormir. Dormir com calor é chato por isso malta, toca a aproveitar a noite para outras cenas, como: Sair! Passear à noite no calor é maravilhoso; Estar na esplanada; Estar na varanda, terraço, quintal, o que quiserem apenas a ouvir o silêncio... 

- Ouvir as cigarras... adoro! Calor, silêncio, ouvir apenas o mar e as cigarras... Isto é maravilhoso num barco, perto de uma arriba, sem praia e sem ninguém.

- No calor é bom fazer tudo, menos acender a lareira... deve ser desconfortável...

Bem, deve ter faltado alguma coisa... mas eu tenho mesmo de ir a "voar" tratar das milhentas coisas que tenho para fazer hoje...

Até jáaaaa!!!!

6 da manhã... Estou a morrer de sono...

Estou a morrer de sono... eu mais não sei quantos milhões de pessoas por esse mundo fora... Cada vez que abro o facebook há dezenas de queixas iguais... "Ai que sono!...", "Só acordo depois das 9 da noite...", "Onde é que está o café?...", "Só podem falar comigo depois de um café..."

O que me faz pensar que andamos com o relógio biológico trocado. Tenho pensado bastante nisso. A sociedade evoluiu em muitos sentidos, os horários de trabalho são iguais aos de sempre, só que antigamente as pessoas saiam às 17/18 horas do trabalho, nem mais um segundo, e às 17:30/18:30h estavam em casa, jantavam, viam 30 minutos de telejornal (e não 1 hora e meia) e a novela. Às 10 da noite estava tudo na cama. Oh Yeah!!!

Hoje, os horários laborais e escolares mantêm-se, mas tudo o resto é diferente. Vejamos, saímos de casa às 7:30h para entrar às 9h no escritório, não chegamos lá sem enfrentar filas infernais nas 25 de Abril e ICs19 desta vida, trabalhamos sem hora certa para almoçar e nunca sabemos bem a que horas vamos sair efectivamente do escritório, apesar da hora de saída ser às 18h, isso pode acontecer lá pelas 19h, 20h... Chegados a casa temos o jantar, emails para responder, crianças para dar banho (depois de as termos ido buscar às actividades extra-curriculares que terminam tardíssimo), alimentar, colocar na cama, responder a mais emails, deixar tudo pronto para o dia seguinte... "Ah!! Que bom!!! Hoje consigo deitar-me à meia noite e meia.... Yeahhhh!!! É festa, é festa!!!..."

Depois fechamos os olhos para dormir e... plim... nada de dormir.... "Então e amanhã a reunião com o director?...", "Não me posso esquecer de levar o carro à oficina...", "Tenho de passar no banco à hora do almoço...", "Não faço ideia como o dinheiro vai chegar até ao fim do mês...", Entretanto são 1 da manhã... "O dinheiro para a visita de estudo da Rita... tenho de lho dar amanhã de manhã."... 2 da manhã... "Porra! Amanhã o despertador toca às 6h..."

E os comprimidos para dormir a venderem que nem bombons, pastilhas elásticas, rebuçados. A facilidade com que as pessoas tomam estas drogas assusta-me. Ainda há pouco tempo soube de uma amiga da aspirante mais velha, 14 anos, que toma comprimidos para dormir... 14 anos, senhores!!!

Onde vamos chegar com esta sociedade? Uma sociedade que acha normal dormir 4, 5, 6 horas por noite? Que acha normal uma miúda de 14 anos tomar um comprimido para dormir? Que acha absolutamente natural trabalhar 12 ou 14 horas seguidas?

Qual é o preço que vamos pagar por estes excessos?

6 da manhã... trimmmmm-trimmmmm.... Porra! Ainda agora adormeci e o despertador já está a tocar.... Estou a morrer de sono...

alarm-clock-590383_1920.jpg

 

 

Olhó bilhete para U2... Ou então não...

Pois parece que os U2, esses queridos, vêm mais uma vez ao nosso burgo. E eu estou chateada com isso!

Não estou chateada por eles virem, não, muito pelo contrário. Eles que venham e cantem e tudo e tudo. Eu estou chateada porque vai ser, mais uma vez uma saga para conseguir bilhetes. Raisparta!

Estes fofos já vieram a Portugal vai para uma catrefada de vezes, diz que cinco vezes e seis concertos, e eu fui a 2. No primeiro eu ainda era uma criança, foi em Vilar de Mouros em mil nove e oitenta e dois (quem gosta e se lembra das datas, no milénio passado - isso de século passado é para tenrinhos, a minha geração passou de milénio, camandro -, serem ditas desta forma pelas nossas avós?) e como tal estava mais interessada em ver o Tom Sawyer na tv do que ir a Vilar de Mouros ver os U2.

Depois vieram ao Estádio de Alvalade em 93, nessa altura eu bem os podia ter ido ver mas andava entretida com outras bandas (The Pogues, Pixies e uma cena mais punk rock), não fui!

Já em 1997 estava lá caída. Novamente em Alvalade, e comprar bilhete foi aquilo que se espera de uma compra de bilhetes... Vai-se ao local de venda e compra-se. Tão simples quanto isto. Easy, easy... É amigos que hoje vão dormir para o local de venda de bilhetes, em 1997 a malta ia comprar os bilhetes para ver U2 como quem vai comprar bilhetes para o cinema. E o estádio esgotava na mesma. 

No ano de 2005 não tive sorte... Isto da chegada do milénio deu cabo dos neurónios ao pessoal e a malta achou por bem que giro, giro é ir dormir para a porta dos locais de venda de bilhetes... Com tanta cena porreira para se fazer e esta gente vai passar a noite ao relento para comprar bilhetes. Esqueçam! Eu não fui talhada para isso. No way! Gosto muito de U2, que gosto. Uma das melhores bandas de todo o sempre e mais além, mas meus queridos passar a noite ao relento para comprar bilhetes não é para mim. A minha vida e as minhas horas de existência são demasiado preciosas para isso.

2010... U2 em Coimbra! Notícia de telejornal onde anunciam também os locais de venda alto e bom som. Está bom de ver que ainda nem o pivot do telejornal se calou e já a malta arrancou de casa de saco de cama debaixo do braço para as Fnacs desta vida. Enquanto a malta partia em debandada quais salvadores do mundo, passou em rodapé, em letras mínimas, que os bilhetes também estariam à venda na Abep... Olha, disse eu ao Marquês, tu queres ver que só nós mais os 10 que não largaram a correr para dormir à porta da Fnac é que lemos isto?... O Marquês diz: Pelo sim, pelo não amanhã passo lá... E passou! Foi à Abep de Alvalade, enquanto a minha cunhada foi à dos Restauradores e ambos os dois (como diria o poeta) compraram bilhetes em menos de 30 minutos... Paz às horas falecidas da malta que se abalou para dormir à porta da Fnac... E lá fomos nós para Coimbra. Bilhetes que incluíam ida e volta de comboio e um concerto espectacular!!!

Aqui a Marquesa já leva 2 concertos dos U2 no lombo... O Marquês leva 3, ganhou!

Agora estes fofos anunciam que vêm a Portugal em Setembro, ao Altice (alguém já disse a estas almas que este nome é horrível e rima com chatice?) Arena... E o que significa isto, meus amigos? Que não temos disponíveis nem metade dos lugares, vulgo bilhetes... Então, caros caça bilhetes é partir já para acampar à porta dos locais de venda, apesar dos bilhetes só estarem disponíveis para venda a partir de dia 26. Vocês não se deixem dormir em serviço.

Eu bem podia ficar sossegada em casa a comer pipocas enquanto vos vejo a definhar ao frio e à chuva a suplicar por um bilhete, podia! e talvez seja mesmo o que vai acontecer. No entanto, a aspirante mais velha já está com os nervos... Ela quer muito ir ver U2, ela nunca viu e dificilmente terá outra oportunidade. Já eu... bem eu... Eu também quero muito ir e apesar de já os ter visto 2 vezes, dizem que não há 2 sem 3, ainda os veria mais 50 se fosse possível...  O Marquês é mega fã de U2 desde sempre e para sempre.

Portanto amigos, sabendo à priori que não irei dormir à porta de coisa nenhuma para comprar bilhetes, só me resta esperar que a malta esteja absorta com outros temas, tipo Super Nanny e ou as apresentadoras do Eurovisão, e me deixem ir comprar bilhetes sossegada, bale?... Também se pode dar o caso de haver por aí uma alma com contactos privilegiados junto do Bono, ou dos anjos e santos, também serve, e me arranje uns bilhetitos, pode ser?...

Vá quem acha que a Marquesa merece bilhetitos para ver U2 ponha o dedo no ar!!

tour_u2ei2018_1440X450.jpg

 




Pareço a pescada de rabo na boca...

O ano ainda agora começou, é um bebé recém-nascido e eu já estou a falhar um dos meus objectivos... Shame on me!!!

Um dos meus objectivos é escrever mais... pois! ´Tá bem abelha.... estás na mesma, é o que é... Não aprendes nada, ó caraças.... (esta sou eu a ralhar comigo!).

Vai-me valendo o desafio das 52 semanas (aqui e aqui), senão nem tinha escrito nada...

Não, não é falta de tempo, nem de assunto, nem de vontade... é estar habituada a não escrever... é parvo, não é?

Sabendo eu que se quero coisas diferentes tenho de agir de forma diferente...

Pareço a pescada de rabo na boca...


Pág. 1/2