Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

Obrigada, pessoas maravilhosas!!!!!

A gripe está-me a dar dos neurónios.... a fazer picadinho de mioleira de Marquesa... este post foi escrito ontem e, achava eu, publicado ontem... afinal estava perdido por aqui à espera que alguém o publicasse... manhoso! Aqui vai então o que deveria ter seguido ontem:

Ai caneco que ontem foi em grande!!!! Uma pessoa vira costas, que é como quem diz anda todo o dia na rua a cirandar, entre trabalho e duas consultas médicas e o Sapo destaca um post aqui deste palácio e começa um rodopio sem igual... foi um entra e sai deste palácio que nem vos conto catano!! E eu aqui, entre estar estendida e deitada, sem poder ir ao computador, sem ter nada de jeito para vos escrever... eh pá... até estou sem palavras, caneco!!!

Queria tanto escrever um post em condições... um discurso tipo óscares, estão a ver?... é que vocês merecem!!! Houve para lá de um tonelada de gente a vir aqui a este humilde paláciozinho ler as parvoíces que eu escrevo e isso é tão bom!!!! Obrigada! Foi tanta a emoção que lá fiquei estendida (às vezes deitada) na cama (mas isso também já não é novidade, num é?!)!

Tive de pedir o portátil emprestado à aspirante mas eu não me amanho com isto... para escrever uma linha pareço o shôrdaguarda* da esquadra do Rato há uns anos, quando me roubaram o carro e eu tive de lá ir apresentar queixa... sabem lá vocês as horas que ele levou para "bater" o auto no computador... chegámos lá pelas 2 da manhã e quando saímos já o sol raiava... true story!

Pronto! É isto! Quero-vos agradecer muito! (Sois os maiores, catano!) Quero agradecer ao Sapo pelo destaque (Vivó Sapo!)! Agradeço também aos meus pais, sem eles eu não existia e o mundo era totalmente diferente! (Sim, o vosso também! Ontem não tinha havido aquele destaque e vocês não tinham lido um texto incrivelmente fantástico que eu escrevi!... Teriam, provavelmente, lido outro de alguém mais modesto do que eu!)... Obrigada ao mundo em geral!... e... (agora estou a chorar... e vocês não vêem... é a emoção!... muita emoção!).

E é isto! Espero amanhã já estar operacional para continuar a debitar assunto por aqui!

*eu sei que os polícias são pessoas decentes e instruídas e merecem todo o meu respeito. Mas aquele senhor já era antigo e aquela deve ter sido a segunda vez que ele escreveu um auto no computador.

13 coisas a fazer quando vêem alertas falsos nas redes sociais

Olá, olá!!! Boa tarde a todas e a todos!!! Já estou recuperada da minha síncope matinal, pois com certeza!!! Pelo menos por agora!... não sei se não terei outra no decorrer deste post... a ver vamos!...

Uma pessoa (eu!) acorda de manhã, ainda mal se levantou da cama, enquanto faz o arroz e o tofu para as aspirantes levarem para a escola, encosta-se à bancada da cozinha, com um olho aberto e outro fechado, e começa a fazer scroll no facebook (antigamente, antes da Netflix - sim, miúdos, há uma época antes da Netflix - fazíamos zapping na televisão...) e pumbas! Dá de caras com isto:

IMG_4319.PNG
Vai daí a pessoa (Eu!), começa a tremer as mãos, a suar do bigode, com um tique nervoso ao nível da sobrancelha esquerda em simultâneo com um tique, igualmente, nervoso ao nível do olho direito, sofre uma paralisia facial, 2 enfartes do miocárdio e 3 avc's... desmaia! A e-s-t-u-p-i-d-e-z que afecta o Facebook tem este efeito em mim, senhores!!!!

A sério?!?! A sério que esta merda tem mais de 20 mil partilhas... 20 mil partilhas!!! 20 mil.... 20 mil.... pumbas! Desmaiei de novo, catano! Eu nunca vi esta série na minha vida e não precisei de 1 segundo para perceber que:
1. O senhor da fotografia é actor de Walking Dead (e esta foto é uma cena da série)... e a menos que ele tenha vindo passear para Portugal, tenha dado uma vista de olhos no facebook nacional e como consequência tenha desmaiado e batido com a cabeça, é impossível que seja ele o senhor que está com amnésia no hospital...
2. O hospital... O hospital... sim, o hospital!!!... onde estão os meus sais, pessoas, onde? Tenho de os inalar rápido antes que desfaleça de novo... O hospital Beatriz Ângelo NÃO É EM GUIMARÃES!!! É em Loures, pessoas! Em Loures!!! Essa bela cidade que fica a 362 kms do berço da nação!... Fónix!! A sério?!?!....
3. Em caso de dúvida há duas coisas que se deve fazer no imediato, a saber: 1. Googlar! O Google sabe tudo! Sabe tudo e tudo e dir-vos-á no segundo imediato se algo é fake ou não!; 2. Abrir a publicação! Normalmente no primeiro comentário vem logo o desmascarar da falsidade da notícia...

Eh pá, façam qualquer coisa quando vêem apelos destes... Sugestões:

1. Beber um chá;
2. Dançar lambada;
3. Ouvir um discurso completo de Fidel Castro (garanto-vos que ao fim de 5 horas já não se lembram do apelo);
4. Correr à volta do quarteirão em marcha atrás;
5. Aspirar a casa, limpar o pó e escolher roupas para dar;
6. Por falar em dar, podem ir dar um estalo na cara de quem partilha este tipo de cenas;
7. Ouvir o álbum completo da Maria Leal (não tem um álbum completo?!... aguardem que ela edite um);
8. Vão ao pé-coxinho até à farmácia comprar gotas para os nervos (se não vos venderem, o que é o mais provável, bebam água! Também resulta!);
9. Coloquem uns fones nos ouvidos (claro! Havia de ser onde?) e ouçam uma corrida de fórmula 1 completa (sem imagem! Só som);
10. Vejam o jogo de ontem do Benfica mas em rewind... e vejam o clube encarnado perder 10 oportunidades de golo e a empatar! ;
11. Vejam em repeat um dos golos do Bruno Fernandes, esse grande jogador que veste verde e branco, e vejam o Sporting a ganhar por infinitos a zero! Toma! ;
12. Saiam do Facebook;
13. Se nada resultar: queimem o computador e o telemóvel...

Façam qualquer coisa mas não partilhem m-e-r-d-a, apelos falsos e notícias falsas... pensem! Procurem as fontes, pesquisem!...

Por isso é que o Facebook está em coma induzido! induzido por malta que se entretém a partilhar estes alertas F-A-L-S-O-S!
Eu imagino o gozo que o autor deste fake está a ter! Ahahhahahahahahahah!!!! Deve estar a rir-se tanto, mas tanto que é bem capaz de ter ele próprio uma paralisia facial permanente!

Um minuto de silêncio pelas mais de 20 mil almas que partilharam este post! 

 

A vítima é que paga!

Vivemos num país de m**++da! Com leis de m***++da!... mas isso toda a gente sabe!...

Fónix! Mas toda a gente sabe e ninguém faz nada?!?... Ah, espera! É aquele eterno orgulho do "País de brandos costumes!...". Aquele orgulho do "entre marido e mulher ninguém mete a colher...", e outras pérolas que tais!...

Vivemos num país que condena vítimas! E nem sequer estou a falar das vítimas que não são protegidas pelas autoridades e que, por isso, por culpa de todos nós, acabam mortas! Estou a falar de condenação das vítimas mesmo.

Há uns anos vivi de perto um caso de violência doméstica. Se fui apanhada de surpresa? Não de todo! Aquele merdas (é o que ele é mesmo!) sempre foi isso mesmo, um merdas! Um merdas que para se sentir gente necessita de bater nos outros, um merdas que tem o cérebro na pila e para que ela funcione em condições necessita de usar a força, de subjugar, de humilhar... mas só o faz com quem não se consegue defender porque um merdas é um cobarde!... um merdas é sempre um merdas e nunca há-de ser um cocó! Conheço este merdas (é esse mesmo o nome dele) desde miúdos e desde miúdos que ele sempre foi um merdas!... a minha amiga viu nele algo mais que isso, infelizmente!... com ele namorou uma vida... fónix, que desperdício de vida o dela!... com ele casou... fónix! Ainda me lembro daquele casamento que mais parecia um funeral!... eu era a sua única amiga presente! (o merdas tinha medo de mim, da minha influência sobre ela!... infelizmente não lhe pude valer quando ela mais precisou de mim e isso custa-me!) Os restantes convidados eram amigos dele, de infância, amigos que tiveram a coragem, mesmo no dia do casamento, de dizer à minha amiga: - Não cases! Ele é um merdas! - Eu apoiei-os! Ela estava apaixonada pelo merdas e casou!

Casou e tiveram dois filhos... ela levava tareia porque o merdas era um merdas e isso basta para se bater em alguém! Um dia vieram no jornal! O merdas entrou de pistola em punho a ameaçar toda a gente no trabalho dela, gritando que ela o traía... Bem faria ela se o fizesse... mas não fazia! Melhor faria se o tivesse deixado, ainda antes de casar! Disse-lho tantas vezes... mas mesmo ela não me tendo ouvido fiquei do lado dela sempre! Ela era, e é, uma das minhas melhores amigas!... o caso da pistola ficou por ali mesmo! 

Um dia a minha amiga não aguentou mais e como uma bandida teve de fugir! Chamou a polícia que lhe preparou um plano de fuga: - Amanhã tenha uma trouxa de roupa preparada, sua e dos seus filhos. Vimos buscá-la quando ele estiver a trabalhar! - e assim foi! Ela fugiu! A APAV deu-lhe apoio, colocou-a numa casa de acolhimento. Ela ligou-me! Contou-me tudo mas não me podia dizer onde estava... razões de segurança! Nem os pais, nem ninguém podiam saber onde ela estava! Ela, a vítima, era fugitiva e tratada como uma bandida! Teve de começar tudo de novo na sua vida! Teve um processo gigante e desgastante em tribunal... o tribunal, como se sabe, julga a violência doméstica num processo e o poder parental noutro processo, noutro tribunal... processo esse que obrigava os miúdos a estarem com o pai! Que chegou a obrigar a que a APAV permitisse o pai ir buscar os miúdos à casa de acolhimento onde estava a mãe, fugida, escondida dele! A APAV não aceitou, interferiu!

Este merdas é um bandido! Expulso e escoltado de um pais estrangeiro até Portugal... este merdas não é de classe baixa, não viveu num bairro social... este merdas estudou num colégio privado onde se usava farda!... mas um merdas é sempre um merdas seja em que bairro for, seja em que escola andar, seja quanto dinheiro tenha no banco... um merdas nunca deixa de ser um merdas!

Soube hoje... a minha amiga, a vítima, está-lhe a pagar o carro! Incrível, verdade? O merdas foi condenado por violência doméstica com pena suspensa (Claro! Estamos num país que protege os merdas e um país que protege os merdas só pode ser um país de merda!), tem outros processos em tribunal, e a vítima, aquela que sofreu à mãos de um merdas bandido, tem de lhe pagar o carro... ele não dá um tusto aos filhos, afinal ele é um merdas!, comprou um carro quando estavam casados, deixou de pagar... como declara o ordenado mínimo, coitado!, ela teve de começar a pagar ao banco o dito carro!... ela não tem carro! Não tem possibilidade para isso!... ela deixou de pagar o carro... hipotecaram-lhe o ordenado! Lindo! Eles estão divorciados, mas o carro foi comprado quando eram casados...

Um país de merda que protege merdas e castiga a vítima! É esta a nossa realidade! E a culpa é de todos nós!

Pesquisa médica...

Tenho andado por aqui numa pesquisa sobre a minha "querida" (sóquenão) síndrome... claro que a minha pesquisa se resume à net, eu não sou dada às ciências e muito menos ciências médicas pelo que não posso fazer pesquisa noutro lado. Cada vez que encontro um artigo novo, escrito por um médico diferente, parece que uma luz se abate sobre mim e soam músicas maravilhosas nos meujóvidos, estrelas douradas baixam dos céus em direcção à minha pessoa... tenho um momento de tal satisfação e alegria que nem vos conto... depois abro o artigo e...  "outra vez arroz?!"... mas então é outro artigo exactamente igual aos 500.000 que já li?!?!... pessoas giras, eu não estou a falar de artigos semelhantes, idênticos, parecidos (já perceberam a ideia)... são iguais! Iguais!

Alguém, um médico suponho eu, escreveu um artigo sobre a Síndrome de Sjogren, os outros leram e pensaram: "Olha! É mesmo isto! Este tipo escreve bem e tal..." e pumbas! Muda 2 vírgulas muda o nome de quem assina e... voilá!! Um artigo igual a todos os outros....

Isto, para mim, significa que ninguém sabe porra de nada sobre esta síndrome e que se estão a cagar (é assim que se escreve mesmo!) para quem tem de viver toda uma vida com esta "amiga".

Ora isto a mim chateia-me bastante! Ao nível mesmo de me arreliar e de se me começar a tremer a sobrancelha direita... Sinto-me parte de uma experiência... ou pior, parte de algo que ninguém sabe bem o que é mas assumem que sim senhora, sabem muito bem do que se trata e são doutores e os doutores sabem coisas e receitam medicamentos. Pois bem, medicamentos para esta síndrome não há! Há medicamentos, que servem para outras doenças, que alguém descobriu que atenuam os sintomas desta. Os sintomas, gente gira! Não tratam! Não melhoram e muito menos curam. Os efeitos secundários destes medicamentos são tão violentos que a sua toma tem de ser bastante controlada e, pode dar-se o caso de se ter de parar a medicação porque: Pode cegar; pode induzir a depressão e levar ao suicídio (assim ficava-se curado da síndrome, também é um facto!); pode cair todo o cabelinho; rins... fígado... enfim, um sem número de cenas ruins!...

Alguns artigos estrangeiros falam na importância da alimentação (curioso, o meu médico que tem um artigo escrito - acho que foi o primeiro deles todos a escrevê-lo... parece que o doutor é especialista nesta síndrome aqui em Portugal - em que também fala nisso mas quando lho perguntei ele respondeu-me: "Coma o que quiser... já se sabe, é melhor comer comidas saudáveis, não é?".... ahhhhhhhhh!!!!! A sério?!?!? Tu queres ver que as comidas saudáveis fazem melhor à saúde e é por isso que se chama assim?!?!...)... mas dizia eu, há artigos estrangeiros que falam na importância da alimentação, comer alimentos anti-inflamatórios, alimentos que ajudem a hidratar o organismo... mas aqui neste país ninguém sabe de nada... ninguém ouviu falar... ainda não encontrei um nutricionista que me consiga dar uma dieta com pés e cabeça e que tenha em conta a minha síndrome...

Eu vou continuar a pesquisar... pode ser que encontre alguma coisa! Mas neste momento estou tão desanimada que ainda não fiz as análises, não vou ao reumatologista há quase 1 ano e não confio nos médicos (No que toca à minha síndrome, atenção!)!

Os meus vizinhos são melhores do que os vossos #3

Ora mais uma volta, mais uma chapa, num é berdade?...

Mais uma pérola do meu ex-vizinho de cima...

Reunião de condomínio (esse evento sempre tão aguardado... sóquenão!...)... a rampa da garagem estava com problemas (ou melhor, problemas tenho eu, caraças! Ela estava era mesmo mal feita!), os carros raspavam por baixo quando entravam ou saiam da dita. Foi comunicado a todos os vizinhos que íamos pedir orçamentos, quem quisesse era livre de os apresentar também... escusado será dizer que o meu "querido" ex-vizinho de cima adorou este momento em que poderia ser protagonista.

Mas dizia eu, reunião de condomínio:

- Nós, administradores, levámos 3 orçamentos, como manda a lei! E o nosso ex-vizinho também levou um orçamento... e queria porque queria que o dele fosse aprovado! Porque era mais barato! Mas não foi!

- Xinapá!!! Gandas burros!!!! - pensam vocês - Então não aceitaram o orçamento mais baixo?...

- Não! Não aceitámos por unanimidade (excepto o próprio, claro!)... aquela alma queria aprovar um orçamento de um amigo dele, de confiança note-se, mas o amigo não passava factura!... ahahahahahahahahahahha!!!!! O mister A-mim-ninguém-me-engana queria que aprovássemos um orçamento feito num "papel de merceeiro", a caneta, e sem factura!!! O doutor que achava que nós andávamos a roubar o condomínio queria aprovar um orçamento escrito a caneta num papel!...para uma obra de garagem... não era para comprar uma lâmpada, senhores!

Bem, lá se aprovou um dos orçamentos e lá se iniciaram as obras!!! Foi pedido, e afixado como manda a lei, através de carta que todos os condóminos retirassem os carros da garagem a partir do dia x sob pena de não poderem sair de lá durante 2 semanas.... claro que o nosso mais querido vizinho não o fez! Lá deixou o carro! Encontrou-nos lá em baixo e desata aos gritos, claro! ele é pródigo em gritos, que aquela obra era ilegal, que o orçamento não tinha sido aprovado e blá-blá-blá... e nós com a acta assinada por todos (ele inclusive)!... Ai senhores, só me calham é doidos!!! Ignorámos, claro! Dissemos-lhe "Boa tarde! Passe bem!" e viemos embora!

Quando as obras começaram, estava a rampa cheiinha de cimento fresco, tão fresco e molhado que se lá pomos um pé ficamos lá, sabem?... quando o senhor Marquês recebe uma chamada do senhor das obras, vocês atentem:

- Estou senhor Marquês?
- Sim!
- Olhe, o seu vizinho, aquele que não tirou o carro da garagem (quem mais havia de ser, pessoas?) chegou agora aqui e disse o seguinte (oh! pá! Isto é uma pérola): - Quem é que vos mandou fazer isto?! (Aos gritos, claro está!) Isto é ilegal!... (e saltava, claro!... e os homens das obras a olharem para ele... incrédulos!) Eu vou passar com o carro por cima disto e parto isto tudo!

Senhor das obras: - Olhe que se fizer isso vai é partir o seu carro todo! O cimento nós voltamos a pôr já o seu carro poderá não ter solução!

Vizinho tresloucado: - Ai não?!?! Ai não?!?!... querem ver?!?! (e saltava - o Marquês ouvia isto e não sabia se havia de rir ou acalmar o senhor das obras)... querem?... Eu vou só a casa tomar um banho e já cá venho partir isto tudo!!

What?!?!?... O vizinho é dado à higiene! Ele vai partir aquilo tudo mas vai de banhinho tomado e cheirosinho! Não se parte rampas de garagem em estado badalhoco, onde é que já se viu?! Era prendê-los a todos! Todos os que partem rampas de garagem sem banhinho tomado!

Ai senhores.... Ligámos para a polícia que nos disse que caso ele tentasse alguma coisa para os chamarmos... claro que não tentou nada! Nunca mais foi visto durante os dias em que duraram as obras da garagem!... Ainda ficámos com medo que tivesse caído na banheira, mas não! Dava para o ouvir a vociferar impropérios pela casa fora a propósito da obra ilegal que estava a ser feita neste prédio!... 

É pele desidratada! Não é pele seca!

Tenho os pés gelados! E este é o meu estado de alma! Eu, com os pés gelados não funciono em condições!... 

A síndrome tem andado a dar o ar de sua graça, raisparta!, andou uns meses tão sossegadinha benzádeus!, e agora acordou para a vida!

Parece que estou com sarna, oh catano!, sempre a coçar-me tal é o estado de desidratação da minha pele... não há óleo, nem creme que a safem... by the way, continuo na saga da procura por um bom creme para peles efectivamente desidratadas. Pessoas do mundo da dermocosmética, pessoas que trabalham em farmácias, perfumarias e lojas de produtos para a pele, ouçam uma voz desesperada: Eu não tenho a pele seca, bale?... Eu tenho a pele desidratada! São duas coisinhas diferentes! Eu não quero um creme para ficar mais bonita! Eu quero um creme que faça com que eu não sinta que me estão a sugar toda e qualquer gota de água que exista na minha cara sempre que tomo banho e que se estende por toda uma eternidade até ao banho seguinte (ou seja, estou sempre assim), um creme que faça com que a pele da minha cara não esteja constantemente a ser puxada e repuxada por forças invisíveis, que faça com que eu deixe de ter comichões na cara e... a cereja no topo do bolo: Que não me faça brilhar que nem um semáforo porque a minha pele é mista!!!!! S-O-C-O-R-R-O!!!!!!!

A pele do corpo anda a ser alimentada com cremes e óleos a um ritmo alucinante... estou quase a besuntar-me com óleo de cozinha e manteiga já que não ganho para cremes XPTO de peles atópicas e o catano! E mesmo-assim-esta-porra-está-sempre-seca... parece uma folha-de-árvore-caída-no-outono!

Podia ainda falar-vos das minhas dores de cabeça, e de corpo e cansaço... mas não vos quero maçar!... Eu quero mesmo é um bom creme para peles desidratadas!!!!!! A-C-U-D-A-M--M-E!!!!