Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

Cuidado lá para os lados do Lumiar!

Ontem aguardava pelo autocarro, que by the way demorou 22 minutos a chegar (ahhhh!!! Que bom é andar de transporte público em Lisboa!!! Só que não!), quando uma senhora mais idosa se senta ao meu lado. Era uma senhora que gostava de conversar, mesmo vendo que eu estava a ler o meu livro, ia-me contanto histórias do filho e das suas aventuras na tropa, eu limitava-me a sorrir e a dizer: sim ou não!... não que estivesse a ser antipática, mas não tinha nada para lhe dizer, ela só queria era ter quem a ouvisse, e eu ouvi!

A dada altura, atentem nisto, a senhora levanta-se para ver quanto tempo faltava para o seu autocarro e volta e meia começa a ralhar por este nunca mais chegar (toda a gente na paragem ficou a saber qual o número do autocarro que ela queria apanhar)... Às tantas diz, alto e bom som:

- Ai que o 111 (número inventado, toda a gente sabe que os autocarros em Lisboa começam por 7... quem não sabe ficou a saber) nunca mais chega!...

Eu: - sorriso;

Ela: - Cá para mim raptaram o motorista!!...

Eu: Riso;

Ela: - Olhe que não me admira nada!... - e diz baixinho, quase ao meu ouvido: - Não devia dizer estas coisas em voz alta... se alguém me ouve ainda raptam o motorista e depois é que nunca mais chega o autocarro!...

Eu: Riso;

Ela: - Olhe que "eles" (adoro o "eles", aquela personagem que ninguém sabe quem é...) raptam mesmo! Lá para os lados do Lumiar é constantemente! Até os matam!...

Entretanto chegou o autocarro dela, com o motorista vivinho da silva e sem sinais de ter sido maltratado!

Malta, vocês cuidem-se! Principalmente se forem motoristas da Carris e conduzirem lá para os lados do Lumiar! Não digam que não foram avisados! 

12 comentários

Comentar post