Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

Desafio das 52 semanas: Semana 37

20817683_bPD0p.jpeg

 

Presente!!!! Ora cá estamos, então... e eu que até ando a chegar a horas, catano!

O que, de melhor, o mundo virtual me trouxe/traz?

Ora bem... escrever! Escrever sem ser para apenas para mim e para o boneco (esse querido que ama de paixão tudo o que eu escrevo e faço! ). 

O mundo virtual tem-me dado coisas para lá de boas. Conheço blogs fantásticos, aprendo coisas novas, conheço espaços e produtos, aproxima-me de quem está longe. Também tem coisas más, como tudo na vida... esta dicotomia da vida que não consegue limitar-se à parte boa, tem sempre de haver um reverso... Mas pensando apenas nas partes boas: O mundo virtual já me trouxe de volta amigos que julgava perdidos pelo tempo e para sempre, vejamos:

- Ex-colegas e amigos de escola que julgava que nunca mais iria ver e que, não só revi, como me ajudou a organizar um jantar com muitos deles. Evento a repetir bi-anualmente, e que foi pra lá de fantástico!

- Reencontrei, há bem pouco tempo, amigos meus de infância, da minha vila em Lisboa que já pouco existe e que me habita o coração para sempre e de forma presente. 

Traz-me a possibilidade de conhecer as pessoas, o ser humano, mais uma vez, com tudo o que isso tem de bom e de mau. Eu sou fascinada pelo ser humano e pelos seus comportamentos sociais e sociológicos.

Ajuda-me a exorcizar o que me atormenta, a enfrentar o futuro com mais alegria, e colocar humor na minha doença crónica, a relativizar o que não interessa, a gostar mais de mim.

E depois trouxe-me VOCÊS! Vocês sois os maiores! Ter pessoas aí desse lado, que nunca me viram mais gorda (e se eu já estive mais gorda, senhores... também já estive mais magra... mas isso agora não interessa nada!) e que me lêem, que me dão um ombro amigo, que têm a palavra certa para me dar em momentos menos bons, que se preocupam comigo, que se riem comigo e de mim... isso é o melhor do mundo virtual. Saber que há quem goste de ler A Marquesa de Marvila, saber que há quem pergunte por mim quando estou uma semana (shame on me) sem escrever, saber que há quem me destaque/recomende, como a Bruxa Mimi, a Joana, a Fátima ou até mesmo os destaques do Sapo (já foram alguns e eu nunca fiz referência a isso...). E quando o Triptofano me convidou a participar no seu blog. Ai senhores, que isto já perece o discurso do vencedor dos Óscares... Não é! Acalmem-se que não vai aparecer por aqui o Brad Pitt (com alguma pena minha) ou Leonardo Di Caprio (com muita pena da aspirante mai'velha e... minha também, vá!) nem a Angelina Jolie (bah!!! Também não interessa nada...).

E pronto! É isto! O que eu retiro de bom no mundo virtual é 100 vezes mais do que o que retiro de menos bom!


Neste TAG participam para além de mim, a 3ª face, a Ana, a Ana Paula, a Catarina, o Carlos, a Carlota, a Charneca em Flor, a Daniela, a Desarrumada, o David, a Fátima, a Gorduchita, a Happy, a Hipster Chic, a Isabel, a Mãe A, a Mariana, a Maria Mocha, a Mimi, a Paula, o P.P, a Sweetener, a Sofia, a Tatiana, a Tita e o Triptofano

12 comentários

Comentar post