Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

Desafio das 52 semanas - Semana 51

Ora isto agora é sempre a "aviar cartucho" que é como quem diz: "Não há fome que não dê em fartura, catano!"

Então cá vamos nós para mais um capítulo do Desafio das 52 semanas, não é verdade? Isto agora é até vocês começarem a deitar Marquesa pelojóvidos... ou melhor, pelojólhinhos... A vossa sorte, e a minha, é que só faltam 2!!!

Coisas que me marcaram este ano....

Aláber... este foi um dos piores anos de que tenho memória! Ah pois é!!! O bom disto é que agora só pode ser a melhorar! Foi um ano duríssimo, com provas difíceis, um sufoco permanente, uma falta de ar constante... um ano com muito pouco trabalho e, inerentemente, com pouco dinheiro... um ano que pôs à prova a minha família (eu, Marquês e Aspirantes), que lhe mediu a resistência, que a pôs à beira do precipício, que viveu com o pavio de pólvora constantemente aceso... sobrevivemos! Iniciámos o ano a trabalhar! Só pode ser um bom augúrio! Para 2019 já temos tantos trabalhos adjudicados como tivemos em todo o ano de 2018... não chega! É muito pouco, mas o ano ainda agora começou... 

2018 foi, por si, um ano muito marcante! Maioritariamente mau, não totalmente afinal estamos vivos e estando vivos há sempre volta a dar!... foi um ano que me mostrou que há pessoas genuinamente boas e pessoas ruins! Isto fez com que eu quisesse estar cada vez mais rodeada de quem é genuinamente bom e ser, eu própria, uma pessoa mais próxima de ser boa do que ruim. É tão bom saber que há pessoas que, mal nos conhecendo, não nos negam os seus serviços profissionais (porque precisamos muito) mesmo quando nós dizemos: "Não temos como pagar!", e a resposta é: "Pagam quando puderem". Isto é tão gigante, tão altruísta que me fez equacionar uma data de coisas.

Depois há as pessoas mesquinhas, egoístas e egocêntricas que, não sendo más (eu tenho alguma dificuldade em acreditar na maldade pura e dura) só pensam em si e no seu umbigo... nada mais importa! Não interessa se quem está do outro lado é uma pessoa, não interessa quem é, o que faz, o que se passa, só interessa quem eu sou, o que quero e que quero já e desatam a disparar indiscriminadamente apenas e só porque, apesar de terem lido e aceite os termos de um contrato, acham que deviam, mesmo assim, ter um tratamento diferenciado, porque são especiais (pelo menos assim lhes disseram sempre os seus paizinhos)... não são! Não são especiais! Ou melhor, são tão especiais como todos os nossos clientes, como todas as pessoas! Felizmente as pessoas boas são em muito maior número do que as mesquinhas!... de ressalvar que nós, sempre, mas sempre contornamos o contrato e abrimos excepções quando os clientes nos pedem, mas nunca quando no-lo exigem, arrogantes e indolentes... não quero pessoas destas na minha vida! Pessoas que, com um email, conseguem destruir a outra em menos de nada... numa arrogância, prepotência e egocentrismo atroz! Lição: Eu não quero ser assim!

Há quem ache que devemos sempre olhar para as coisas boas e agradecer... em relação a 2018 eu não concordo nada! Não posso deixar de olhar para as coisas más que me aconteceram sob pena de me esquecer delas e permitir que voltem a acontecer... no entanto, agradeço que tenham acontecido, aprendi, cresci e estarei alerta para não permitir que voltem a acontecer!

Não tenho qualquer dúvida de que 2018 foi um dos anos mais marcantes da minha vida! Sobrevivi-lhe e a minha família também! Isso só pode querer dizer que somos fortes, que aprendemos lições e que dificilmente seremos derrubados!

Obrigada 2018 por teres existido, agora bye bye... bem-vindo 2019!

Neste TAG participam para além de mim, a 3ª face, a Ana, a Ana Paula, a Catarina, o Carlos, a Carlota, a Charneca em Flor, a Daniela, a Desarrumada, o David, a Fátima, a Gorduchita, a Happy, a Hipster Chic, a Isabel, a Mãe A, a Mariana, a Maria Mocha, a Mimi, a Paula, o P.P, a Sweetener, a Sofia, a Tatiana, a Tita e o Triptofano

10 comentários

Comentar post