Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

Mais uma questão de pele...

A síndrome não me tem deixado em paz estes dias... estes dias que já vão longos, já faz um mês, sensivelmente! Já estive pior, é verdade! Mas há questões que me estão a atormentar. São duas: Os olhos, ou melhor um olho (continuo em busca do "oftalmologista perfeito"... que romântico! Não é nada, estou apenas à procura do oftalmologista competente e que perceba desta síndrome); e a Pele!

Hoje debruço-me sobre a pele. Com o recomeço dos dias mais frescos e chuvosos, recomeça também a desidratação da minha pele. Tomar banho é uma tortura sem precedentes, para mim. Agulhas, picos, espetadelas na minha pele que só acalmam uma a duas horas após o banho. Já faço o que é recomendado: Banho rápido (imersão, nem pensar, meujamigos), água morna (o que eu gosto de água quentinha, senhores!), produtos de banho com óleo, etc...

Pelo que tenho lido por esse mundo virtual, a pele é uma das queixas da maioria das pessoas que tem esta síndrome. Os dermatologistas não estão muito "por dentro" das especificidades desta síndrome, que é muito complexa, e vai daí é chapa 5. Já vos contei como foi a minha última ida à dermatologista, só não vos contei, mas conto agora para ilustrar o que estou a dizer, é que comprei o protector solar facial que ela me recomendou (custou cerca de 28 euros, catano!)... ahhh!!! Deve ser buéda bom! E tal e coiso... deve ser espectacular, nem ponho isso em causa, no entanto eu não o consigo usar. Os meus olhos não o aguentam e fico de tal forma que nem os consigo abrir. Assim, tenho ali um produto de marca, de farmácia, recomendado pela dótora (caro comó raio) a apodrecer...

Portanto, ainda continuo em busca de algo para a minha pele. Desde hidratante facial, protector solar facial (sim, tenho de usar que a síndrome também causa alergia solar, intolerância e tudo isto pode despoletar uma crise), um espectacular creme de corpo e um gel de banho em óleo que seja mesmo incrível. Tudo isto sem ter de vender um rim, ou dois... Eu sei que se comprasse tudo isto apenas uma vez e fosse tudo incrível eu não precisava de vender um órgão que tanta falta me faz, o problema é que, tal como o protector solar facial, muitas vezes estes produtinhos ficam no armário à espera que passem de validade para irem para o lixo. Estão a ver?

As marcas não se mostram nada interessadas em ajudar com amostras. Ou compras ou temos pena, usa azeite que também é bom!

Aliado a isto eu tenho uma certa consciência ecológica e como tal não compro produtos que testem em animais, que tenham na sua composição coisas estranhas que ninguém sabe o que é. Prefiro produtos com ingredientes naturais (e mesmo assim já abri excepções, tais como o protector solar, ó caraças!). Isto não é fácil, mas não é impossível. Digo eu! 

Para o corpo já descobri um óleo sem o qual não passo, é do Instituto Español e descobri-o no ano passado em Espanha. É barato, não tem parabenos e silicones e o catano, não testa em animais e resulta muito bem na minha pele. Para que percebam, o meu ritual de banho é o seguinte:

- Rápido!
- Após o banho, ainda com a pele molhada, coloco o óleo;
- Seco-me;
- Coço-me, como se tivesse sarna e desespero um bocadinho;
- Coloco creme para peles atópicas da mesma marca (é o melhor que encontrei até hoje, mas não é mega incrível);
- Fico pegajosa;
- Coço-me como se tivesse caído nas urtigas e em cima de um formigueiro;
- Visto-me;
- Estou cerca de uma hora a coçar-me, a dizer mal da vida e, por vezes, choro (verdade!).

Ao longo do dia, por vezes, tenho de pôr creme e à noite tenho sempre de pôr creme. Ontem ainda ouvi da minha filha: As tuas mãos estão tão secas... Eu tenho pele mista a oleosa, mas pele mega desidratada. E há tão pouca gente a entender isto! Nas farmácias, para-farmácias, lojas de cosméticos especializadas, todos tendem a achar que pele desidratada e seca são única e a mesma coisa. Não são! Valha-nos o Triptofano que entende isso muito bem e explicou num post maravilhoso a diferença. Obrigada! Ainda há esperança na Humanidade!

Os médicos limitam-se a dizer-me: Compre um bom creme! Olhe pode ser este! E eu compro... e desespero...

Marcas desta vida, vocês só têm a ganhar se disponibilizarem amostras às pessoas... depois elas gostam e vão comprar e recomendar e essas cenas todas, bale?

31 comentários

Comentar post