Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

Mostra lá a tua cara, masé!

Já houve quem me perguntasse o porquê de eu não me identificar... porquê que eu não mostro a minha bela face ao mundo? Porquê que eu não quero que o mundo saiba quem eu sou?...

Em primeiro lugar e para esclarecer já aqui isto tudo e não vos deixar na expectativa, eu não sou famosa! Nem na minha rua, caneco! Só mesmo dentro do meu palácio é que gozo de alguma fama, mas mesmo assim pouca e discutível... não sou figura pública, portanto! Sou um marquesa anónima, dentro do que uma marquesa consegue ser anónima, claro está!

Atão mazatão, porquê que não queres que te conheçam?... Porque depois não teria a mesma liberdade para escrever... vero! Eu trabalho com pessoas, tenho clientes e, para eles, eu sou uma pessoa séria... o que seria se os meus clientes lessem as parvoíces que para aqui escrevo?...

Também perderia a liberdade de escrita se a minha maltinha (família, principalmente!) soubesse o que escrevo...

Por isso, para já, é assim! Quando eu for, finalmente, famosa e ganhar milhões graças a este blog, já não importa nada e posso mostrar a minha bela face ao mundo! Mentira! Não é nada disso! Para já é assim, de futuro logo se vê, bale?

Atão mazatão, e quem é que sabe que tu tens um blogue?!... Atão, sabe o Marquês, as Aspirantes e uma amiga de uma das Aspirantes, que é uma-desbocada-e-não-soube-ficar-calada e contou à amiga!... por causa disso ficou a pão e água durante uma semana!

Nem os meus pais sabem, caneco! O meu pai, mesmo que eu lhe contasse não faria diferença, já que, para ele, eu saber escrever seria uma grande novidade!... é, o meu paizinho tem-me em muito boa conta! Acha que eu sou um génio espectacular, sóquenão!... a minha mãe, como sempre, anda ocupadíssima nos seus afazeres eu não a quero maçar com mais uma tarefa hercúlea de ter de ler um blogue!... blogue que ela iria adorar que eu tivesse e escrevesse, e iria partilhar e mostrar ao mundo, já que, para ela, tudo é fantástico e incrível (excepto as partes em que posso falar dela)... e depois todos ficariam a saber quem eu sou... mas, mais importante do que tudo, se os meus pais soubessem que eu tenho este blogue, este parágrafo não poderia ter sido escrito com a mesma liberdade!... ou melhor, não poderia ter sido escrito sob pena de termos de reunir a família, com a máxima urgência, que estaria sob a ameaça de bomba nuclear... não queremos isso! Não queremos bocados de família de Marqueses de Marvila espalhados pelo mundo... bléach!...

A modos que é isto! Quando eu achar que faz sentido, se um dia achar que faz sentido, eu mostro-vos a minha bela carinha laroca, bale? Para isso têm de me conseguir milhares de seguidores, parcerias, patrocinadores e o catano...  Ainda aí estão a fazer o quê?... corram, masé, a partilhar cumundo este belo blogue! 

Ou, pelo menos, mantenham-se aí... já fico contente! 

8 comentários

Comentar post