Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

O Universo a reinar connosco...

Hoje comi uma fatia de salame, raisparta eu!

Eu não posso, ou não devo, comer açúcares. Para além de fazerem mal engordam, só coisas más, como podem ver... Então para quê que comes?... Porque sabe tãaaaaooooo bemmmm.... Mas depois faz tãaaaaooooo mallllll... E pronto, aqui se podia resumir a minha vida. Uma dicotomia entre o que sabe bem e o que faz mal.

Quando se diz, "ah e tal... o Universo é perfeito, e coiso...". Não, não é meus amigos. Se fosse perfeito, perfeito mesmo, não havia coisas que sabem bem mas fazem mal, o que é aliás quase tudo, raisparta. Quase tudo o que sabe bem faz mal à saúde, porra! O que há de perfeição nisto?... Nada! Nada! Niente! Nicles!... É uma merda, é o que é!

E agora que comi o salame e que já me soube bem desejava não o ter comido. Agora se me aparecesse uma fatia de salame à frente do nariz, ou melhor, da boca eu não a comia... Porquê?... Porque já a comi e como tal estou enfartada satisfeita. É isto! Agora estou capaz de jurar que nunca mais na vida como uma fatia de salame... Mas não o faço! E porquê? Porque eu não gosto de mentir. Mentir é feio, pessoas.

Agora dói-me o estômago... "Agora não me adianta nada queixares-te... Já emborcaste o salame, agora aguenta-te Marquesa. Bem feita para não seres lambona." - Isto é o meu grilo falante a dar-me najorelhas.

Voltando ao princípio, o Universo é o maior humorista da história da humanidade (eh pá, tanto "h" junto, caraças). Até o estou a ver lá no terra dele, a rir e a pensar alto: "Ai gostas? Ai sabe-te bem o chocolatinho, sabe? Então toma lá mais 5 quilogramas nas ancas e diabeteszinhos para afinares", ou então "Vai um cigarrinho vai? Vá lá, sabe-te tão bem, alivia-te o stress, entretém-te, tão bom não é? Pois... olha, olha o teu coraçãozinho a falhar". Não é justo, catano! Não é! Sabe bem, é bom, não deveria fazer mal, porra! Vamos fazer um abaixo assinado para acabar com esta merda!

Já disse muitas asneira num só post, as injustiças dão cabo de mim, caraças!


2 comentários

Comentar post