Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

Sobre poesia...

Desafio Caixa de Lápis de Cor #11 - Castanho escuro e rico

Ora cá estamos, não é verdade?, para mais um dia de desafio da Caixa de Lápis de Cor...

Sou 'ssoa para ficar aqui a debitar assunto sério sobre tão nobre e importante cor, mas há uma coisa que me apoquenta... e ando há uma semana encanitada dos nervos por causa disso... a Fátima, que é uma querida, não se limita a desafiar-nos para a cor castanha... não! Isso é para meninos! Ela dixit "Castanho escuro e rico"... sabem lá vocês as coisas que já me passaram pela cabeça com esta cor de pormenor tão, tão... sei lá como vos dizer isto, tão escuro e ao mesmo tempo tão rico!...

Caneco, se eu gostasse de poesia fazia uma só sobre esta cor... Castanho Escuro e Rico!... que belo poema sairia daqui!... mas esqueçam, eu não gosto de poesia e muito menos de a escrever... até porque não tenho estudos suficientes para isso!... sou uma besta, eu sei! Insensível que só eu... quase a roçar o inculto... Pronto!!! Já basta!... já me chicoteei para um ano... a partir de agora vou dizer a verdade: Sou linda e maravilhosa, culta que só eu, de uma sensibilidade sem par... apenas não gosto de poesia... azarinho!... só em músicas! 

Apesar disto tudo, posso-vos dizer que, mesmo nunca tendo gostado de poesia, de não ser católica, nem de qualquer outra religião, fui a escolhida entre todas as crianças que andavam na catequese, dos mais crescidos aos mais pequenos, para ler um poema em plena missa!... coisa mai'linda!!! Foi ver a família toda em excursão para a igreja naquele dia, de lenços em punho, preparados para chorar... mentira! Eu não contei a ninguém!... só lá estavam os do costume mesmo!... mas era sempre igreja cheia aos Domingos de manhã. E pronto, assim passei ao lado de uma carreira digna e imponente na televisão, a fazer frente ao Vítor de Sousa. Acho que ele me devia agradecer pelo seu sucesso.

Posto isto, tenho que ir fazer o almoço... vocês estão a ler até aqui em ânsias que eu vos escreva sobre cocó, mas temos pena!... não há cocó para ninguém!... já falei sobre cocó escuro e rico lá nos comentários da semana passada do post da Fátima... é irem lá ler, se quiserem, se não ficam na ignorância... vocês é que perdem!

 

Neste desafio participo eu, Vossa Marquesa favorita, a Fátima, a Concha, A 3ª Face, a Maria Araújo, a Peixe Frito, a Imsilva, a Luísa De Sousa, a Maria, a Ana D., a Célia, a Charneca Em Flor, a Miss Lollipop, a Ana Mestre a Ana de Deus, a Cristina Aveiro, a bii yue,  José da Xã e o João-Afonso Machado.

Todas as quartas feiras e durante 12 semanas publicaremos um texto novo inspirado nas cores dos lápis da caixa que dá nome ao desafio. Acompanha-nos nos blogues de cada um, ou através da tag "Desafio Caixa de lápis de Cor". Ou então, junta-te a nós ;) - roubei este bocadinho à Fátima!!! Espero que não se importe! 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    amarquesademarvila 07.04.2021 15:29

    Não sou bem ateia... apenas não acredito em religiões, é tudo muito ficcionado e manipulado pelo ser humano para conseguir controlar melhor os outros seres humanos... também não sei se acredito num Deus exterior a nós... não creio que haja uma entidade superior, acredito que há uma entidade na qual todos fazemos parte, estamos interligados, como uma teia. Mas acredito em parte da história de Jesus, acredito na reencarnação, na vida para além da morte (fora religião, sem saber bem como funciona)... não me guio por isso, não obedeço a ordens "superiores", não acredito em moralismos, pecados e o catano, mas acredito no bem e no mal.
    Já São Sinfrónio não faço ideia quem seja...
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.