Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

Tag 50 perguntas #3

Ora cá estou eu de novo para continuar o desafio das 50 perguntas!
Fui nomeada pela Joana, quem ainda não conhece o blog da Joana (que ainda por cima está ainda mais giro) é um ovo podre!!! Eu, como sou uma macaca de imitação, resolvi fazer este desafio como ela, em tranches de 10 perguntas cada... hoje é a 3ª tranche!

Ora, cá vai disto...

Uma frase que a tua mãe diz sempre...

Pois, assim de repente... não sei!... hummmm.... eu fui criada pela minha avó, e ela dizia muitas vezes: "Estás-me a atazanar o juízo!"... atazanar era um verbo que a minha avó usava muito! E é um verbo que eu adoro!

A minha mãe... ah! Já sei: "Espera aí um bocadinho..." e e-n-e-r-v-a-m-e tanto, catano!!!! Estar com ela ao telefone é certo e sabido que a determinada altura ela dir-me-á: "Espera aí um bocadinho..."... A minha mãe passa metade da sua vida ao telefone, e não é telefonista!, só porque sim!, e enquanto fala ao telefone está sempre a fazer 3 biliões e meio de outras coisas, como fazer compras na mercearia, estar nos CTT, na farmácia à espera de ser atendida... e então há sempre algo para interromper o telefonema... "espera aí um bocadinho...". Já lhe disse "melher, quando tiveres vagar tu liga-me a falamos tudo de uma vez só, agora com - espera aí um bocadinho - é que não, bale?"... não resulta! A minha irmã queixa-se do mesmo!

Eu estou...

Aqui sentada a escrever para vós!

Eu sou...

Linda!!! E vocês perguntam: "E novidades, há?".... Pronto! Não sejam assim! Era só para vos lembrar!
Agora vou copiar a Joana e dizer: Sou do Sporting!!! 

Eu quero...

Dinheiro!
Saúdinha!
Ser feliz!
Ter comigo sempre os meus! Aqueles que são parte de mim!

Ser amigo é...

Estar sempre lá! Mesmo quando não se está fisicamente! Ser amigo é nunca deixar que a distância seja um problema... ser amigo é dar a mão, sem julgar!

Quando morreres...

Se vocês ainda não tiverem finado nessa altura para lá caminham... que a Marquesa que é Marquesa (eu!) só morre lá para os 90... ou mais!

Um livro...

Num bai dar... só um num dá!!! Eu preciso sempre de muitos livros! Quilos! Muitos quilos de livros! Sim, mesmo!, que se há coisa que pesa bastante são os livros... que o digam os senhores das mudanças, catano!

Um filme...

Também num bai dar... isso é muito redutor, caneco! Mas pronto, como vocês se portam bem, cá vão alguns:
- Clube de Combate;
- Conhece Joe Black;
- 7 Pecados Mortais (sim, o senhor Brad Pitt, para além de lindo, é muito talentoso e participa em filmes du caraças!)
- A Praia;
- Colecionador de Ossos;
- Assassinos Natos;
- Trainspotting;
- Pulp Fiction;
- e por aí fora....

Uma pessoa que queres/gostarias de conhecer pessoalmente...

Não sei!!! Pode ser o Brad Pitt... ou o Leonardo Di Caprio... só porque são giros porque o Brad é talentoso e o Leo Di é ecologista e preocupado com o planeta...

Queria ser uma formiga para...

Não queria!... elas trabalham muito e depois cansam-se e aquilo deve ser muito maçador... vivem debaixo da terra e eu dou-me mal com humidade... andam sempre num corrupio de um lado para o outro, comem muito açúcar e aposto que morrem com diabetes... isto quando não morrem com um simples dedo mindinho em cima...

Podem ver as duas primeiras partes deste desafio já, já aqui mesmo: Parte 1; Parte 2

Tag das 50 perguntas #2

Ora então cá estamos para continuar o Tag das 50 perguntas. Há uns dias a Joana desafiou-me e vai daí eu aceitei e aqui estou eu... Eu optei por fazer como a Joana e não responder às perguntas todas de uma vez, assim vamos em tranches de 10 perguntas de cada vez, bale?

Ora então cá vai...

Vivo perdendo...

Tudo e nada! Eu sou pessoa para ter dificuldade em saber onde enfiei as coisas, mas raramente perco alguma coisa... o que se passa é que eu arrumo tão bem arrumadinho (ou não) que depois não faço ideia onde andam as coisas... ainda hoje, andei à procura da écharpe que trago... lá a encontrei!

Uma frase...

"Não sabendo que era impossível ele foi lá e fez!". Não sei quem é o autor, a Internet não é unânime... se alguém souber, por favor, diga-me! Esta frase lembra-me as limitações que nos impõem e que nós impomos a nós próprios... se não soubéssemos que era impossível ou difícil, quantas coisas maravilhosas já teríamos realizado?

Último concerto a que foste...

Guns n'Roses, no Passeio Marítimo de Algés. Um concerto espectacular! Fui porque a aspirante mai'velha queria muito ir. Ela é mega-fã de Guns... mas como ainda não tem idade para ir sozinha, nós também fomos. Fui a medo... o Axel não vai para novo, é dado a vedetismos e eu estava com receio de um flop... Adorei! O Axel estava em grande forma (ao nível da voz, já da barriga ainda lhe faltam alguns abdominais e alguma contenção alimentar), cantou que se fartou (se fechasse os olhos podia imaginar-me nos anos 90 a ouvi-lo), o Slash e a restante banda estiveram mais do que à altura e foi um concerto fabuloso... o mesmo já não posso dizer da organização que foi o maior pesadelo que já assisti... a saída daquele local foi um filme de terror... não quero imaginar se houvesse uma emergência... sair do recinto foi coisa que durou 1 hora (para mais). E não estou a falar do passa por cima do viaduto e do que tivemos de andar a pé, nada disso, que para isso já ia preparada pois já tinha estado no NOS Alive. Falo da saída do recinto mesmo! Milhares de pessoas, uma única saída... um mar de gente comprimida a tentar manter a calma e a normalidade, a massa de gente era de tal maneira compacta que não dava para desistir, não dava para voltar para trás... se alguém ali caísse seria uma desgraça... Os comboios outro filme... parece que a organização não se articulou com a CP e os comboios eram os regulares; O metro estava encerrado à chegada ao Cais do Sodré, mais uma falha na organização... pessoas, resumindo, eu demorei 3:30h desde que acabou o concerto até chegar a casa... não sei se voltarei ao Passeio Marítimo de Algés para assistir a um concerto. O NOS Alive sim, apesar de termos de andar bastante para passar o viaduto, os transportes estão escalados para o evento e tudo flui com alguma normalidade, para além de não haver um afunilamento de gente para sair dali.

Música do momento...

Não tenho! As minhas músicas já são do século passado...  Mas rock e as minhas bandas de sempre!

Última mensagem do Whatsapp...

Ai catano! Nem me falem disso! Chiça que já tive de desactivar as notificações... estou a fazer uma formação (mais uma! Eu podia viver a estudar!) e vai daí criaram um grupo de Whatsapp... Oh senhores... uma desgraça! Há pessoal que não tem vida, não há?... é que passam o dia (Domingo começaram às 8h da manhã, caneco!) naquilo... mensagem para aqui, mensagem para ali... e nada! Nada que seja interessante ou que tenha a ver com o curso... só m****da... vídeos e graçolas... chiça! Eu tenho mau feitio, eu sei!

O que mais te stressa...

Bem, depois da pergunta anterior... eu diria que são os grupos de Whatsapp... ai, caraças! Só de pensar fico já com os nervos, catano! Que praga! Pronto! Agora já fiquei com o olho a tremer e um espasmo facial... raisparta os grupos de Whatsapp!

Tira uma selfie e mostra...

Eu, no dia em que me esqueci de levar os óculos para a formação...

IMG_3357.JPG


Uma música com a palavra amor...


Pode ser em estrangeiro, não pode? Afinal, amor é amor e é universal... Boa! Então aqui vai:


Isto é tão bom que vocês não podem passar à frente sem ouvirem, ok?... De nada!

O que é feio, mas tu achas bonito...

Se eu acho bonito é porque não é feio, certo? Se eu acho bonito como é que eu posso saber se é feio?... Sorry, não consigo!

Mostra a última foto do teu Instagram...

Não mostro! Preguiçosos! Querem ver a última foto do meu Instagram vão lá ver e seguir-me, oh caraças! Olha mestes.... Ide lá, masé!


 




tag das 50 perguntas #1

Ora então cá estamos para mais um desafio. A Joana desafiou-me e eu, que me pelo por um bom desafio, aceitei, pois com certeza! Parece que o desafio consta em responder a 50 perguntas, no entanto a Joana, e bem, a meu ver, optou por dividir isto em 5 posts de 10 perguntas cada... eu vou fazer como ela. Não vos quero maçar!... eu zelo pela vossa saúdinha mental, não vos quero maçados, depois saiam em debandada daqui para fora e eu tinha saudades vossas. Por isso, aqui vão as primeiras 10 perguntas:

 

O que mais odeias em ti...

Para comecinho de conversa, não aprecio nada a palavra odiar. Por isso, não odeio nada em mim!!... Há coisas que eu efectivamente não aprecio, tais como... aláber... hummmm.... assim de repente não estou a ver nada... eu vou jurar que já respondi a esta pergunta algures por aí... Eu tenho aprendido a gostar de mim, no entanto há coisas que me chateiam... a falta de confiança na minha pessoa! Achar que os outros têm mais capacidades do que eu... mas já ando a mudar isso, catano! 3 anos de terapia hão-de servir para alguma coisa, num é berdade?... gostava de ser aquela pessoa que come o que lhe apetece e está ali... fit.. sambando na cara dajinimigas... mas eu sou mais dada a engordar com o ar que respiro, mesmo!

Nome pelo qual te chamam...

Para além do meu próprio nome... que é assim o que mais gente me chama... também me chamam mãe. Chamam-me mãe e não são só as minhas filhas. Desde que engravidei o meu nome de baptismo passou a ser mãe! Alguém tem de acabar com este flagelo de chamar mãe e pai a todos os progenitores de mundo que não são os seus próprios progenitores... não faz sentido, estão a ver? Eu não sou mãe da enfermeira, da médica, dos professores, dos auxiliares... eu tenho duas filhas e uma cadela... a cadela gostaria muito de me chamar mãe, mas fica-se por um "Au-au", as minhas filhas são os únicos seres humanos com autoridade para me chamarem mãe, pode ser?

Depois existem vocês que, não me chamando mãe (ai de vocês, camandro!), chamam-me Marquesa! 

Os meus ex-colegas da escola chamam-me muitas vezes por um petit nom que eu não posso reproduzir aqui sob pena de ser identificada, mas posso-vos dizer que tem a ver com o meu nome de baptismo!

Se pudesses visitar qualquer lugar no mundo onde é que irias e porquê...

Ora, há tanto mundo para conhecer... e eu gosto tanto de viajar, catano! Se quiserem oferecer-me um presente de Natal, estão à vontade para me comprarem viagens...
Assim, de repente, qualquer capital Europeia, mesmo as que já conheço; Nova Iorque (já conheço mas quero voltar já!); África (já conheço alguns países, mas quero conhecer mais! Por exemplo, São Tomé e Príncipe); Maldivas, Caraíbas... quero praia e sol, senhores!...
Depois gostava muito de conhecer a Austrália, Nova Zelândia mas são tão longe.... eu não consigo convencer a minha estimada pessoa a estar mais de 20 horas enfiada num avião... uns minutos já são tortura para mim... eu tenho medo de andar de avião... vero! Se não acreditam é clicar na ligação anterior e verifiquem com os vossos próprios olhos!

O que te faz chorar...

Chorar, para a minha pessoa é um eufemismo, já que eu não tenho lágrimas, graças à minha síndrome... mas há muita coisa que me faz sofrer muito...

O sofrimento no geral! Angustia-me, a garganta fecha-se-me, quando me apercebo do sofrimento de algum ser vivo, seja por que motivo for... fico revoltada, sinto-me impotente com o sofrimento de seres que estão incapazes de se defenderem: Animais, Crianças, Idosos, vítimas da guerra, vítimas da fome...

O sofrimento das minhas filhas... às vezes gostava de as voltar a enfiar na minha barriga para as proteger de tudo e de todos... não é possível, eu sei!

Os feitos das minhas filhas... comove-me vê-las atingir os seus objectivos! Comove-me vê-las felizes! Comove-me vê-las a concretizar sonhos... comove-me vê-las crescer!

Escolherias voltar atrás no tempo ou ganhar mais tempo no presente...

Voltar atrás só se fosse para estar mais um pouco com quem já cá não está... de resto não faz sentido! Eu sou o que sou por tudo o que já passei! Ah! Também gostava de voltar atrás no tempo para ver alguns concertos que já não vou poder ver, a malta já faleceu e com isso recusam-se a dar concertos (manias de estrelas!), como por exemplo: Queen; The Doors... e mais alguns!...

Ganhar mais tempo no presente?!... se me disserem que vou morrer amanhã, então sim, meujamigos quero mais tempo, faxavore! Quero cá andar até aos 90, pelo menos, fresca e fofa. Que que gosto bastante de viver. Estar morto deve ser bastante desconfortável, e frio e eu não me dou bem com o frio, catano!

Eu não vou morrer sem...

Sem dizer todos os dias às minhas pessoas que as amo! Sim, eu digo todos os dias, mais do que uma vez por dia, às minhas filhas que as amo! E elas fazem o mesmo!

E sem começar a fazer desporto, caraças! Isto já parece mal!

Alguma vez inventaste uma desculpa para não saíres de casa quando tinhas alguma coisa combinada...

Não me recordo... mas mentiras não são muito a minha onda! Às vezes peco por isso... é para dizer, é para dizer... Se não quisesse ir acho que dizia: Não vou porque não quero, está frio, chuva, etc...

Último lugar em que estiveste...

Na casa de banho!  Estive a tomar banho... Ah esperem! Foi no quarto... a vestir-me... ou então na cozinha a beber água! Mas o lugar onde vou a seguir é à casa de banho e não é para tomar banho... vou fazer chichi, mesmo!... perguntaram, agora aguentem!

Comida favorita...

Sou vegetariana! Mas esta é fácil: Catanhas! Chocolates! Gelados!

Comida que não comes de forma alguma...

Carne! Não consigo! Nem o cheiro... passar à porta do talho é uma tortura. Bleach!!!

Olhem, por hoje já está!!!! Agora vem a parte difícil... nomear!!!! Ai, catano! Mas lá vai ter de ser, não é verdade?
Atão cá vai: Triptofano; Happy e a Fátima. Se já foram nomeados... olhem, sorry! Eu sou um bocado azelha nesta cena dos desafios!