Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

Cuidado com o homossexualismo, pessoas!

É sabido que o Facebook é apenas um espelho do que a malta é na realidade... a diferença é que na realidade os cidadãos não fazem ideia do que o outro pensa, nem como pode reagir, e vai daí tem mais decoro... no Facebook, as criaturas munem-se de toda a sua coragem, envergam as suas vestes de invencibilidade, apoderam-se da VERDADE (sim, há malta que é a verdadeira dona da verdade, não julguem que não!) e desatam a vociferar tudo o que lhes passa pela cabeça (oca) que têm!

Bem, isto tudo para eu botar discurso sobre os donos dos bons costumes, os guardiões da moral... verdadeiros polícias da moral social!... a sério, há malta que ultrapassa toda a minha capacidade de entendimento, e olhem que sou licenciada em sociologia, já vi muita malta e grupos com as mais bizarras crenças e ideias!

Ontem deparei-me com, mais uma, verborreia, perdão, crónica, sobre LGBTQI... não vou colocar aqui o link para a crónica por diversos motivos: 1. Há malta que não merece ser lida; 2. Há textos que de tão maus e com tanto preconceito só fazem mal e desinformam; 3. A ignorância não merece ser publicitada!

Cada um pode pensar o que que quiser, cada um pode gostar ou não gostar, cada um pode ser o que quiser (desde que não interfira com o outro)... o que eu não entendo e não aceito é a intolerância! Faz-me muita confusão que haja malta que assume como missão erradicar do mundo pessoas cuja sexualidade ou identificação de género diferem da "norma". Mas afinal de contas, alguém me diz de que forma a identidade sexual de cada um interfere na vida alheia?...

Aquele sujeito, o tal de vomitou um conjunto de palavras e de preconceitos, conseguiu pôr no mesmo saco zoofilia, pedofilia e homossexualidade... a sério? A ignorância é maior do que eu poderia imaginar!... alguém explique a este cidadão que, a zoofilia é uma patologia (interfere na vida de outro sujeito, neste caso um animal que não tem como se defender nem como dizer não. Aqui há uma parte - o animal - que não é livre para se expressar. Há uma relação entre o certo e o errado.), a pedofilia é uma patologia (pelas mesmas razões da zoofilia), já a homossexualidade, bissexualidade, transgénero, etc..., não são patologias! Quem disse? A ciência disse! E a ciência não nos pode servir apenas para o que nos dá jeito! Se a homossexualidade (apenas como exemplo) fosse uma patologia seria tratável, sendo tratável, arrisco a dizer pelos amigos com quem já falei, se não a totalidade, pelo menos a maioria iria procurar esse tratamento... é tão mais fácil ser heterossexual, meus amigos! Infelizmente!

Eu juro que já tentei, eu juro que até já fiz o pino (pronto! Esta parte é mentira) para tentar perceber a pespectiva desta gente... não consigo! Porquê que há malta preocupada com a sexualidade dos outros? Porquê?... se a sexualidade dos outros não for abusiva em relação a ninguém para quê preocuparmo-nos com isso? Eu quero lá saber se o meu vizinho, ou a amigo, ou colega, ou desconhecido, dorme com homens, mulheres, um, dois ou três, ou todos ao mesmo tempo... se gostam de lingerie sexy, de cuecas de algodão tipo saco do pão, de cabedal, chicotes, mamas, rabos ou tudo... desde que seja tudo consentido e entre pessoas adultas, por mim está tudo ok! Eu tenho as minhas opções os outros as deles (se é que é mesmo uma opção... eu acho que não - somos assim porque nascemos assim -, mas mesmo que fosse), em que medida é que isto pode incomodar alguém? Em que medida é que isto é um risco para os outros? Para a sociedade? Ou até mesmo para a família?... não entendo! Palavra que não!

A família!... ora bem, ainda bem que falámos nesta questão... lá pelo meu facebook (esse sarcófago bolorento) existe um elemento, do sexo e género feminino, licenciada, com a minha idade (isto para vocês verem que não estou a referir-me a uma bisavó, da terrinha, sem escolaridade e informação), que agita bandeiras em prol da família, da moral e dos bons costumes (não a posso bloquear pois diz que ainda é família e eu não quero uma crise familiar... isso e porque não há nada como conhecer a malta dos nossos relacionamentos) e que considera que todos os que não casaram com elementos do sexo oposto e que não tenham pelo menos 3 filhos, que não vão à "Santa Igreja Católica" pelo menos 1 vez por semana, que não tenham todos os sacramentos (menos a extrema unção... essa não dá jeito para depois debitar assuntos nas redes sociais), são um perigo para a sociedade! A sério?!?!?... caneco! Eu sou um perigo para a sociedade, pessoas! Vocês fujam!!!! Esta cidadã (hoje estou com os cidadãos, como podem ver!) tem medo do quê mesmo? Que um pipi desgovernado lhe entre pela cueca adentro e a transforme para sempre numa lésbica com tiques de macho e palitos nos dentes?... ou que o marido tropece e caia de rabo mesmo em cima de uma pilinha após o que, toda a gente sabe, a mão começa a agitar-se, começa a dançar pela rua fora enquanto canta a música da Heidi (visualize, faxavore), compre um froufrou cor-de-rosa e já não o deixem entrar na missa?... pior, senhores, pior! E se o homossexualismo (esta palavra é tão mas tão... coiso) se lhes pega aos filhos quando eles passarem perto da montra da Zippy?... já aconteceu, não se riam, conheço um caso de uma criança que passou à porta da Zippy, saiu de lá o homossexualismo a correr atrás do miúdo, sabem lá o que o puto correu, mas toda a gente sabe que o homossexualismo corre mais que o Obikwelo, e pimbas!, agarrou-o! Tadinho! Já foi a tudo o que é curandeiro, exorcista, seitas e tudo e tudo... e nunca mais foi o mesmo! Só veste rosa (esse cor do demo para os rapazes), brinca com Barbies (que perigo para a sociedade, senhores! E se ele se cura do homossexualismo e decidir ser pai, ainda se põe a trocar fraldas aos putos e dar-lhes o jantar... o que seria das famílias se os homens se dessem a estes trabalhos?)...

Pessoas, as famílias estão em perigo?... sim, estão! Mas a culpa é dos valores dos ordenados, do custo de vida, do desemprego, do valor das rendas... deixem-se de merdas, que os LGBTI não mordem, não comem crianças ao pequeno almoço (esses são os canibais ou os pedófilos - e há muitos com famílias perfeitas) nem tampouco querem saber de vocês para porra nenhuma!

13 coisas a fazer quando vêem alertas falsos nas redes sociais

Olá, olá!!! Boa tarde a todas e a todos!!! Já estou recuperada da minha síncope matinal, pois com certeza!!! Pelo menos por agora!... não sei se não terei outra no decorrer deste post... a ver vamos!...

Uma pessoa (eu!) acorda de manhã, ainda mal se levantou da cama, enquanto faz o arroz e o tofu para as aspirantes levarem para a escola, encosta-se à bancada da cozinha, com um olho aberto e outro fechado, e começa a fazer scroll no facebook (antigamente, antes da Netflix - sim, miúdos, há uma época antes da Netflix - fazíamos zapping na televisão...) e pumbas! Dá de caras com isto:

IMG_4319.PNG
Vai daí a pessoa (Eu!), começa a tremer as mãos, a suar do bigode, com um tique nervoso ao nível da sobrancelha esquerda em simultâneo com um tique, igualmente, nervoso ao nível do olho direito, sofre uma paralisia facial, 2 enfartes do miocárdio e 3 avc's... desmaia! A e-s-t-u-p-i-d-e-z que afecta o Facebook tem este efeito em mim, senhores!!!!

A sério?!?! A sério que esta merda tem mais de 20 mil partilhas... 20 mil partilhas!!! 20 mil.... 20 mil.... pumbas! Desmaiei de novo, catano! Eu nunca vi esta série na minha vida e não precisei de 1 segundo para perceber que:
1. O senhor da fotografia é actor de Walking Dead (e esta foto é uma cena da série)... e a menos que ele tenha vindo passear para Portugal, tenha dado uma vista de olhos no facebook nacional e como consequência tenha desmaiado e batido com a cabeça, é impossível que seja ele o senhor que está com amnésia no hospital...
2. O hospital... O hospital... sim, o hospital!!!... onde estão os meus sais, pessoas, onde? Tenho de os inalar rápido antes que desfaleça de novo... O hospital Beatriz Ângelo NÃO É EM GUIMARÃES!!! É em Loures, pessoas! Em Loures!!! Essa bela cidade que fica a 362 kms do berço da nação!... Fónix!! A sério?!?!....
3. Em caso de dúvida há duas coisas que se deve fazer no imediato, a saber: 1. Googlar! O Google sabe tudo! Sabe tudo e tudo e dir-vos-á no segundo imediato se algo é fake ou não!; 2. Abrir a publicação! Normalmente no primeiro comentário vem logo o desmascarar da falsidade da notícia...

Eh pá, façam qualquer coisa quando vêem apelos destes... Sugestões:

1. Beber um chá;
2. Dançar lambada;
3. Ouvir um discurso completo de Fidel Castro (garanto-vos que ao fim de 5 horas já não se lembram do apelo);
4. Correr à volta do quarteirão em marcha atrás;
5. Aspirar a casa, limpar o pó e escolher roupas para dar;
6. Por falar em dar, podem ir dar um estalo na cara de quem partilha este tipo de cenas;
7. Ouvir o álbum completo da Maria Leal (não tem um álbum completo?!... aguardem que ela edite um);
8. Vão ao pé-coxinho até à farmácia comprar gotas para os nervos (se não vos venderem, o que é o mais provável, bebam água! Também resulta!);
9. Coloquem uns fones nos ouvidos (claro! Havia de ser onde?) e ouçam uma corrida de fórmula 1 completa (sem imagem! Só som);
10. Vejam o jogo de ontem do Benfica mas em rewind... e vejam o clube encarnado perder 10 oportunidades de golo e a empatar! ;
11. Vejam em repeat um dos golos do Bruno Fernandes, esse grande jogador que veste verde e branco, e vejam o Sporting a ganhar por infinitos a zero! Toma! ;
12. Saiam do Facebook;
13. Se nada resultar: queimem o computador e o telemóvel...

Façam qualquer coisa mas não partilhem m-e-r-d-a, apelos falsos e notícias falsas... pensem! Procurem as fontes, pesquisem!...

Por isso é que o Facebook está em coma induzido! induzido por malta que se entretém a partilhar estes alertas F-A-L-S-O-S!
Eu imagino o gozo que o autor deste fake está a ter! Ahahhahahahahahahah!!!! Deve estar a rir-se tanto, mas tanto que é bem capaz de ter ele próprio uma paralisia facial permanente!

Um minuto de silêncio pelas mais de 20 mil almas que partilharam este post! 

 

Marquesa 0-10000000000000...... Zuckerberg

Ando aqui às voltas e mais voltas e puxar pela cabeça, já vejo tudo a andar à roda como se estivesse num carrossel desgovernado, catano!... E logo eu que não gosto de carrosséis, nem montanhas russas, nem o caneco!... Já tomei um drunfo para as dores de cabeça e tudo, chiça!...

Atão porquê, Marquesa mai'linda de nossas vidas? - Perguntam vocês. E perguntam muito bem, já que eu limitei-me a vociferar nem vos explicar nada... e se não me param arriscam-se a que eu chegue ao final deste post a refilar sem vos contar o porquê... PÁRA! STOP!... pronto! Parei! Vou-vos contar... até porque vocês são boas almas e só se não puderem é que não me ajudam, verdade?...

Ora dá-se o caso, como vossemecês bem sabem, se não sabem soubessem e é porque andam distraídos ao nível deste blog, eu trabalho por conta própria... ora, eu preciso das redes sociais como de ar para respirar... as redes sociais estão para a minha sobrevivência laboral como o sangue está para a minha sobrevivência real, estão a ver?...

Eu não vendo produtos. Vendo serviços. Não tenho espaço físico e preciso mesmo que a malta do mundo em geral e de Portugal em particular me conheça. Assim sendo, as redes sociais têm sido as minhas melhores amigas até há 2 anos... há 2 anos isto começou a descambar... e não há quem nos salve, catano! Mais uma vez isto está bom para as grandes empresas que, não só podem pagar publicidade a peso de ouro como têm possibilidade de ter agências de marketing a trabalhar para elas... eu (nós, a partir de agora, já que eu e o Marquês estamos nisto juntos) não tenho! Vai daí já fui fazer formações em marketing digital e o camandro... "ah! Que se calhar o teu site não é bom!...", "Ahhh... se calhar é o serviço que não é bom!...", "Ahhhh!!!! É o blog! Tem de ter uma boa escrita!...", "As fotos! São as fotos, catano! É isso!"... Pára tudo! Agora quem diz sou eu! Pára tudo já!... lá pelas minhas formações tudo isto foi descortinado, visto à lupinha, virado de trás prá frente... veredicto: Nada a apontar! Está tudo espectacular! Fotografias incríveis, textos maravilhosos, um serviço espectacular... e tuditudo! Os clientes dão-nos feedbacks fantásticos!... falta-nos aparecer! E tudo o que o senhores me iam ensinar nas formações caiu por terra... agora se queres que isso ande para a frente paga! Mas pagas bem!... ora, como bem sabem, eu estou tesa que nem um carapau... dinheiro num há!!! Se não há dinheiro não há trabalho e se não há trabalho não há dinheiro e isto é um raio de um carrossel (e eu já vos disse que não gosto de carrosséis... enjoam-me!)...

O Facebook está morto e enterrado, paz à sua alma... quem por lá anda não é o nosso mercado... quem por lá anda está mais interessado na Cristina Ferreira e na transferência do século ou na desgraça que se vai abater sobre suas vidas quando o facebook a partir de amanhã (credo, nunca vi um amanhã tão longo... dura há anos) se tiver de pagar e cenas do género... e não ligam porra nenhuma ao que realmente interessa!

O Instagram é uma merda! Assim, com todas as letras! Ou bem que és influencer-ó-catano ou ninguém liga nada ao que por lá postas (e não são de pescada!)... a malta que segue a nossa página, são mil e tal e andamos nisto há que tempos, e todos os dias malta nova lá nos vai seguir, são todos (vá não são todos, mas são muitos... muitos... para lá do desejável) do Brasil... não são brasileiros a viver cá, são mesmo do Brasil. Ora, malta que não vai ser nossa cliente! Depois temos outros que são os concorrentes... e que nos seguem! Potenciais clientes é que está quieto!

Os algoritmos, e ainda não me conseguiram convencer do contrário, são altamente úteis às grandes empresas, às grandes páginas... são estes que dão dinheiro a ganhar ao Mr. Zuckerberg!

E sim, nós investimos em publicidade nas duas plataformas... o retorno é ZERO!!!! A interacção é ou nula ou indesejada! Leia-se por indesejada pessoas que nunca vão ser nossas clientes!

Ai senhores.... o que é que eu faço à minha vida, catano?

Mãe, pai, fiz uma cirurgia... Agora somos siameses!

Um perfil de facebook conjunto... Tão fofo!! Tão lindos e amorosos que eles são! Devem ser mesmo felizes... é o sonho de qualquer casal, ser feliz assim, e ter um perfil de facebook conjunto... pára!... Stop!... Aborta o pensamento... Não! Não é sonho de qualquer um!

Fofos e fofas da minha vida virtual (também tenho alguns destes casos na vida pessoal), não é amoroso ter um perfil conjunto, tal como não é amoroso partilharem o mesmo pijama para dormirem mais juntinhos, nem irem juntos à casa de banho, nem ele ir com ela ao ginecologista (já estou a ver... Olhe, Sr. Ramos venha cá ver o fungo que aqui a sua "esposa" tem, 'tá a ver, espreite lá aqui. - demasiado gráfico, eu sei! Mas é só para terem uma ideia), nem ela ir com ele fazer a colonoscopia (Não fujam! Não necessitam de ir buscar o balde para o vómito, não vou descrever. Deixo à vossa imaginação... Boa sorte!)... 

Há coisas na vida de um indivíduo (atentem bem nesta palavra: Indivíduo) que são para serem feitas, como poderei dizer sem ser brusca, de forma individual (a redundância é propositada). Os vossos namorados(as), maridos/mulheres não gostam mais de vocês por terem um perfil conjunto, não! Nem vos são ser definitivamente mais fiéis por causa disso, também não! Quem quer ser infiel é-o com ou sem perfil de facebook conjunto... Ou até o é mais rapidamente com um perfil de facebook conjunto. Eu, confesso, que se tivesse tal sugestão fugiria logo a sete pés, é que era remédio santo para a possível infidelidade... Sem relacionamento não há infidelidade, amor! Foste!

Já existem cirurgias, bastante complicadas diga-se, para separar siameses, não queiram vocês complicar a ciência e arranjar uma cirurgia que vos torne siameses.

Para além de ser absolutamente, como direi de forma a não ferir susceptilidades, papéticoridículoparvo, infantil, ainda complica profundamente a vida dos restantes utilizadores do facebook. Eu por exemplo jamais estabeleço conversa com quem tem um perfil conjunto, a principal razão é porque não sei com quem estou a falar e eu gosto bastante de saber com quem estou a falar, não sei, é uma mania minha. Ora atentem na conversa:

Eu: Então viste ontem o filme com o Brad Pitt?
Carlos&Telma: Não!
Eu: Como não?!?!... Mas tu és fã número 1 do Brad Pitt. Nem sabes o que perdeste... O Brad Pitt está cada vez mais bonito...
Carlos&Telma: Daqui é o Carlos e eu nunca gostei do Brad Pitt.
Eu: Sorry!

Esta até é mais ou menos inofensiva, caso a ideia do perfil conjunto tenha sido da Telma, já se foi do Carlos é bem capaz deste ligar à Angelina para lhe dizer que fez ela muito bem em deixar tal traste que anda a tentar a sua Telma.

Agora esta:

Eu: Ontem vi o Joana!
Ricardo&Sandra: Qual Joana?
Eu: A tua ex-namorada! Perguntou por ti. Pediu-me o teu número de telefone, queria tomar um café contigo... Parece que acabou de se divorciar.
Ricardo&Sandra: Obrigada pela informação... E eu a pensar que eras minha amiga e que não falavas com essa porca, que estavas do meu lado, que querias que eu fosse feliz com o Ricardo....

Pois... Já para não falar no flagelo que é quando aparece a notificação: Maria&António faz anos hoje, deseja-lhe um feliz aniversário... A quem, senhores? A quem é que eu vou desejar um feliz aniversário? À Maria ou ao António?

E quando queremos apenas convidar para um café a nossa amiga, ou pior para uma festa só de gajas (sim, eu sei, esta malta dos perfis conjuntos jamais irá a uma festa só de gajas pois fizeram a cirurgia para serem siameses e para onde vai um vai o outro)... pronto, mas podemos querer convidá-la na mesma, certo?

Ou eles, quando querem combinar uma tarde de jolas e tremoços só de gajos (sim, eles também têm direito)... Como é que fazem? É que se é só de gajos não podem correr o risco que lhes apareça lá a Maria, certo?

Para mim, um perfil conjunto é mais perigoso do que um perfil falso. É que o perfil falso topa-se logo e na maioria das vezes só existe para entrar em passatempos e ganhar bilhetes duplos para a estreia do filme ou o novo perfume da Jennifer Lopez (é, diz que ela também tem perfumes), já o perfil conjunto serve para enganar a sério toda a gente, é uma tremenda falta de respeito por todos (pelo par, por si, mas também, e principalmente "pelojamigos". Já o Tóni não pode enviar uma mensagem privada ao Nuno a desabafar que levou com os pés da Sónia, e que está a sofrer muito, sem que a Paula vá a correr contar-lhe... Não dá, meus amigos!)...

Como é que a mãe da Margarida lhe vai dizer que casou com um imprestável, sem que este esteja saiba? E como é que o pai do Manel lhe vai dizer que está tão magro, que de certeza não come nada de jeito, que a Simone não faz nada de jeito, sem que ela "ouça"?

Quebram-se laços familiares importantíssimos e cruciais para a sobrevivência da espécie com esta história dos perfis conjuntos que é como quem diz, da cirurgia siamesiana!

Partilhas no facebook... e outros canais

Eu sei que a ideia é ajudar. A malta gosta mesmo muito de ajudar, principalmente se não tiver de levantar o cu do sofá nem arredar o pé de casa e se não lhe forem à carteira melhor ainda. Vai daí que o facebook é a melhor ferramenta do mundo para quem gosta de ajudar sem ter de se incomodar, que é como quem diz, não ter de fazer nada, depois deitam a cabeça na almofada e dormem descansaditos pois já fizeram uma enormidade pela sociedade.... Não fizeram, amigos... Não fizeram... Alguém tinha de vos dizer isto, e já sabem que aqui a Marquesa está sempre disponível para vos elucidar.

De que falas tu, oh Marquesa?

Falo das partilhas desenfreadas pelo facebook, a saber: "Cãozinho desaparecido"; "Desapareceu! Tem 15 anos é sobrinha da minha colega de trabalho"... Amores da minha vida, há uma cena mesmo muito fixe para fazerem antes de partilharem, e aí sim, estão a ajudar a humanidade: Abrir a publicação. Verdade! Muitas vezes o cãozinho ou desapareceu no Brasil, Angola ou S. Tomé, não adianta grande coisa partilhar em Portugal; Outras vezes não tem informação rigorosamente nenhuma, nem local de desaparecimento, nem contacto telefónico para se ligar em caso de se encontrar o bichinho, nada... esqueçam. Não adianta partilhar!

Quando se trata de pessoas, assim que abrem a publicação, na maioria das vezes a pessoa já apareceu... Então para quê partilhar?... "Raio das pessoas que resolvem aparecer antes de eu partilhar! Bolas! Já não vou poder fazer a minha boa acção do dia... Vou ficar em dívida para com as divindades... Lá terei eu de compensar verdadeiramente a sociedade fazendo tipo... voluntariado?!!! Fónix pá, que trabalheira, logo hoje que há jogo na TV... Talvez seja melhor fazer uma doação... Espera lá que já te digo... ahhh... espera este mês não dá. Tenho de ir fazer as nuances ao cabeleireiro... Bem espero que desapareça mais alguém amanhã e vou estar mega atento (a)... Amanhã não me escapa".

Claro que em ambos os casos (pessoas e animais) podem, e devem, partilhar se, depois de abrirem a publicação perceberem que ainda não apareceu e que esta tem todas as informações úteis e necessárias à partilha.

Depois há aqueles que partilham estes apelos: "É o filho de um ex-colega aqui do departamento (que quem conhece sabe que quem partilha trabalha numa loja ou está desempregado e limitou-se a fazer um copy-past), tem 19 anos e precisa de doador de medula"... Hum, hum... E o pensamento de quem partilha é "Coitado do moço... na flor da idade... (genuína tristeza, atenção) Vou partilhar... Alguém há-de ir lá doar a medula e eu assim não tenho que me abalar daqui, já diz a minha parte: partilhei!". Não, amigos, partilhar não chega para ajudar aquela pessoa, há que lá ir doar a medula, é grátis! Garanto-vos! Sei que nem todos podem fazê-lo, eu sou uma delas. Não é por isso que partilho estes apelos. Mas partilho os apelos das entidades oficiais, de alerta às populações, de pedidos de dádivas....

Ainda bem que terminamos com a frase anterior, vem aí um apelo típico (ainda não percebo como continua a circular, céus!): O pedido de pijamas para o IPO! Eu tenho que escrever em maiúsculas: É UM APELO FALSO! O próprio IPO tem um alerta na sua página a pedir que parem de enviar pijamas e outras cenas para lá, eles não precisam e em termos logísticos é uma trabalheira... É esse e o "A filha de uma colega (os colegas levam sempre por tabela) tem um tipo de sangue raro, por favor se tem o mesmo tipo de sangue, blá... blá, blá...": É mentira!!! O Instituto Português do Sangue quando precisa de sangue faz apelos pelos canais oficiais e nunca é por um tipo de sangue específico, é quando as reservas estão em baixo. Quando veem estes apelos, por favor, façam um favor à humanidade... Pesquisem: Google. Está lá tudo! Todos os apelos falso, inclusive aqueles que ameaçam fechar o facebook se não fizermos um mortal encarpado à rectaguarda enquanto cantamos a Marcarena e partilhamos aquele aviso!

Não vos querendo maçar mais, apenas gostaria de dar mais uma notícia: Nenhum, repito, nenhum site, plataforma, empresa o raio, vai doar dinheiro para aquela criança se salvar do cancro (é incrível a falta de escrúpulos das pessoas que usam tudo para atingir objectivos) se vocês partilharem, clicarem, enviarem email, o que lhe queiram chamar... Não é verdade!! Google informa, mais uma vez.

Obrigada por lerem. Foi o meu serviço público da semana!