Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

Não Vamos Todos Ficar Bem

Quarentena no Palácio #7

Vamos todos ficar bem!...

Tão lindo!!! Tão fofo!!! E tão verdade!!! Vamos todos ficar bem!... excepto aqueles que não vão ficar bem!... raisparta, teimam em finar-se, oh caraças, só para chatear a malta que quer que tudo vá ficar bem!!! Não vai! Lamento, ter de vos dizer isto assim, à bruta, mas vocês já são crescidos e aguentam!

Já teríamos até mais de 130.000 testemunhos se os mortos não fossem uns antipáticos do caraças e se prontificassem a falar! Mas não!... calam-se bem caladinhos!.... também, quem os pode censusar? Malta praí aos magotes, com arco-íris fofinhos aliados à frase (Ashtegue Vamos Todos Ficar bem!) e depois querem que eles falem! Eles que não ficaram nada bem! Eles e a as suas famílias... raio dos mortos que teimam em ter famílias que os amam e sofrem por eles... só para implicarem com a malta que acredita que Vamos Todos Ficar Bem! Onde é que já se viu, um morto deixar saudades, sofrimento e tristeza... já não basta finarem-se para rebentarem com a estatística do Vamos Todos Ficar Bem, ainda levam com eles arrastada a família! Estúpidos masé!!!

Os que ainda assim insistem que Vamos Todos Ficar Bem, façam o obséquio de explicar isso aos mais de 130.000 que já finaram assim como às suas excelentíssimas famílias.... mas filmem, por favor! Pode ser em directo no Instagram ou no Youtube... como vos der jeito! Grata!

Por último, e vai ser ainda mais à bruta do que vocês estão habituados, mas lá está, vocês são fortes e aguentam!, muitos de vós que põem o arco-íris e ashetegue Vamos Todos Ficar Bem vão finar com Covid-19 ou vão ter um familiar que vai finar!... quão irónico pode ser isto?!?...

Vá, deixem-se de merdices, agradeçam por estarem vivos e com saúde (parecendo que não dá bastante jeito!), fiquem em casa, até podem fazer desenhos para pôr à janela, por exemplo do Rato Mickey (que é um personagem conhecido e simpático), com o Ashtague Covid Vai-te Foder! Ou Covide Vai de Retro... Que são frases bonitas para se pôr à janela e, pelo menos, são verdadeiras e dão para expurgar o que vos vai na alma!... também podem pôr, Ashtague Cátia Vanessa Amo-te!... vale tudo! Menos Vamos Todos Ficar Bem porque não é verdade! Bale?

Agora que já reflectiram no tema, escrevam aí frases bonitas para colocarem à janela a acompanhar o Rato Mickey!... Fico à espera! E faço um post só com as vossas frases bonitas! Eu começo:

- Ide pó caralhinho Covide, raisparta! 

Não estamos todos no mesmo barco!

Quarentena no Palácio #6

Ah e tal estamos todos no mesmo barco!...

Oi?!?!... como disse?!? Estamos todos onde???... Ahahahahhahahahhahahahha!!!!! No mesmo barco, foi?!?!

Essa visão romântica da coisa seria linda não fosse dar-se o caso de o barco de uns ser uma jangada a meter água por todos os lados e o de outros ser um navio de cruzeiro, com staff e tudo!...

'Soas lindas da minha vida, não estamos todos no mesmo barco, bale? Com disse o senhor Marquês mais famoso de Marvila, estamos todos no mesmo mar, agora o barco que temos à disposição é absolutamente diferente para todos!

Era bonito, que era, não digo que não, quem sou eu!, estarmos todos cada um no seu paquete, com piscina e tudo!... extrapolando para a vida real e deixando de lado a metáfora mar/barco, que há malta que fica enjoada com o ondular das águas, seria fantástico termos todos uma casa com piscina, jardim, camas fofinhas, dinheiro na conta e emprego certo, vero?... mas não é vero! Nadica de nada!

Eu, por exemplo, não tenho sequer uma varanda!... é incompreensível, eu sei! Uma pessoa do meu estatuto deveria ter, pelo menos um jardim com piscina, não precisava de ser olímpica, que para além de feias comó raio custam muito a atravessar a nado... cansa! E vocês sabem que eu sou pouco dada ao cansaço!... Estão chocados, eu sei! Também eu me choco a cada manhã que me levanto e verifico que não tenho varanda quanto mais jardim!... mas se insistem, podem avançar com a vossa petição para acabar com este flagelo. Tanto palácio prái ao abandono, bem que me podiam dispensar um, raisparta!

Depois, e normalmente os dois andam de mãos dadas, que uma desgraça nunca vem só, já diz o povo (ou lá como é que vocês se chamam...), quem não tem jardim e piscina está muito mais perto de também não ter dinheiro no final do mês, ou até mesmo emprego... 

É adivinharam (vocês são do povo mas são espertos, oh catano! Por isso é que são meus leitores! ), eu não tenho jardim, nem varanda (eu sei que vocês já estão a tratar do tema!) e também estou a ficar sem provisões financeiras... trabalho por conta própria num negócio que não é prioritário... vocês sabem que trabalho maioritariamente no Verão e diz que este foi cancelado... por isso, vejam lá se avançam com essa petição rapidamente para eu ter um palácio em condições o mais breve possível, a ver se o vendo, oh catano!

Para além disto ainda temos aqueles que se queixam, parecem um papagaio janado, de que já não aguentam mais não poder ir respirar o mesmo ar dos outros, que não podem, que têm mesmo de sair de casa, que isto é tudo uma treta, que temos é de ir todos apanhar o vírus e a imunidade e blá-blá-blá... calem-se pá!!!! Ofereçam-se como voluntários para apanhar o Covid e libertem os inocentes que o apanharam e lutam pela vida!... pena não funcionar assim...  E no canto oposto há os desgraçados, com e sem covid , que falecem sozinhos nos hospitais! Sem direito a um abraço, a um beijo, a um amo-te! Sem saberem que cá fora há quem sofra por eles, e os que estão cá fora sem saberem como podem consolar os que amam e estão a morrer... morrer sozinho!... não imagino solidão e dor maior! Ver morrer sozinho!... não imagino dor maior!... não haver direito a um carinho, a um alento, nada! Como se fossemos coisas!... Parem de se queixar, porra!

Depois há a telescola, as vídeo-chamadas, e tudo e mais um par de botas para que as crianças, coitadas!, não percam o ano! (ainda gostava que me explicassem quantos pinguins morreriam no Ártico se a malta tivesse de repetir o ano ou se passassem todos!... não vale a pena virem práqui discutir este tema comigo, 'soas!... Os putos não vão aprender nada nem coisa nenhuma este período! É só para sossegar as almas desassossegadas que acham que os filhinhos entram directamente para a toxicodependência se chumbarem um ano ou tiverem passagem administrativa!... o Governo tem mais do que fazer do que ouvir-vos!) e há os que não têm Internet em casa, computador, que têm pais que nem a 4ª classe concluíram e que jamais os poderão ajudar...

Parem lá masé de dizer que estamos todos no mesmo barco, bale? Não estamos!

E vocês, como têm passado? O vosso barco é fixolas?

Olhá osga, oh raisparta!!!

Quarentena no Palácio #5

Ora então cá estamos, não é verdade?!?!... Ora na sala, ora no quarto!... às vezes na casa de banho, local que tenho evitado pois andou bastante mal frequentado... um raio de uma osga resolveu visitar a casa de banho aqui do palácio. Raisparta! Eu tenho pânico de osgas, cobras a lagartos.... e de algumas pessoas também! Mas isso é outro tema! Há por aí algum especialista em osgas que me possa esclarecer comécuraiodabicha se enfiou na minha casa de banho que não tem janelas e fica no meio da casa?!? Sendo que vivo num quinto andar, no meio da cidade, só prédios e nem uma osga eu consigo visualizar no lado de fora dos prédios?!?... é que já há uns anos se me deparei com uma na sala... raisparta!

Eu até compreendo que, em plena quarentena, a bicha não tivesse onde se recolher, afinal nem todas as casas estão receptivas a aceitar osgas e elas também querem ficar em quarentena. Eu sei que elas sabem (elas, as osgas) que aqui neste palácio não gostamos de magoar os animais, mesmo aqueles que nos causam pânico, comás osgas, raisparta! Vai daí que, quando a Aspirante Mai'Nova se me entra no quarto, eu já estava quase a dormir, e diz: Mãeeeeeee..... (Com cara de terror) está uma osga na casa de banho!, eu começo a hiperventilar, com a voz a sair directamente do estômago, digo: Vai chamar o teu pai!... o senhor Marquês que estava na sala a ver um jogo de futebol prái de 1980 aparece e diz: Mas o que é que querem que eu faça?... ora, isto não se pergunta a uma pessoa que está a hiperventilar, agarrada ao pescoço, e a chorar sem lágrimas (sabem lá vocês a dificuldade que é chorar sem lágrimas, senhores!). A pessoa, eu!, ainda diz: Tu não a mates!, quando ouviu isto a Aspirante Mai' Velha, que como a sua mãezinha é defensora dojanimais, salta da cama, aparece e diz:

AMV (Aspirante Mai'Velha): Deixa-me ver a osga! Tão fofa!...

Eu (a hiperventilar e com substancial dificuldade em articular palavras): Tu cala-te, masé!

AMV: Oh mãe, não é preciso ficares assim!!! Tadinha da Osga!...

Eu: Aaaarrrrrgggghhhhhhh.... (barulho de pessoa a sufocar com falta de ar)

AMN (Aspirante Mai'Nova): Ai, se soubesse que ficavas assim não te tinha dito nada!

Eu, quando me apercebo da possibilidade de ter uma osga em casa sem que ninguém me diga nada: Não te atrevas!!!! Nem sonhes em fazer uma coisa dessas!

Marquês: Como é que que apanho a osga sem a matar?

Eu: Pega numa caixa plástica encosta à Osga e depois fechas!

Marquês: E depois o que é que eu lhe faço?

AMV: Tu não a mates!

Eu: Nem te atrevas a matar a osga!

Marquês: É só uma osga! Ainda se fosse um leão!!!

Eu: Mais valia!!! Mas um leão não cabe no respiradouro da casa de banho, nem nas frestas das janelas... por isso jamais podia ser um leão!

Osga:  Fónix que da próxima mais vale a apanhar o Cóvides, oh catano! Tudo doido!

Marquês põe a caixa na osga, tapa a caixa, põe a osga no parapeito da janela e a osga pirou-se... cá para casa não foi porque, não só é uma osga com juízo como, eu fechei as janelas todas!! 

Entendidos de osgas, please, alguém me diz porque gostam as osgas deste modesto palácio? E já agora, o que fazer para que deixem de gostar?... sugestões que não envolvam sangue nem mortos, bale?

Ps. Eu acho que a bicha entrou pelo respiradouro da casa de banho, raisparta!

Ps1. O Marquês quer repor a veracidade dos factos e diz que não era uma osga mas sim uma micro-osga!... 

Ps2. Micro-osga ainda é pior... escondem-se mais facilmente, catano!

E vocês de que turma são?

Quarentena no Palácio #4

Isto de estar fechado em casa (a salvar a humanidade, onde nós nos incluímos), motiva a malta a fazer ginástica, trabalhar, limpar, arrumar, fazer TPC's com os putos... "ele" é bolos, "ele" é ioga, "ele" é mudar toda a decoração da casa, "ele" é fazer 10 cursos ao mesmo tempo (mandarim, tricot, plantar tomates... sei lá! Quilos de cursos), "ele" é mortais encarpados à rectaguarda... e eu aqui, sentada! A ficar extremamente fatigada só de vos ver, caneco!

A minha vida nos últimos tempo tem sido, descansar... sabem lá vocês o que me custa, até fico a arfar, catano!, ir ao Instagram lá pelas 10  da manhã e ver toda uma frenética actividade de agachamentos, abdominais, saltos, pranchas... depois bolos, pães, putos lindos e imaculados logo pela manhã, malta que acabou de sair do cabeleireiro... o que duvido, já que estão fechados... portanto é malta que acorda de madrugada para fazer toda uma mise, maquilhagem, já tapou os brancos com aquela tinturaria comprada na única mercearia do bairro (Chiça!, pensou a D. Gertrudes, estava a ver que nunca mais despachava aquela tinturaria que práli tinha desde 1910... só espero que não lhe caia a cabeleira!...). Eu abro a pestana, vejo tamanha actividade e só me apetece enfiar na minha caminha a descansar. Digam-me pessoas, vocês que nunca subiram 3 degraus de seguida sem descansarem, onde vão buscar energia para tanto agachamento, pranchas, abdominais e o catano?

Já eu, encarnei definitivamente uma lontra e limito-me a arrastar o real traseiro da cama para o sofá... às vezes até aqui à mesa para vos escrever e fingir que trabalho qualquer coisita... mas tenho cozinhado todos os dias. Também, não posso deixar a maltinha aqui de casa passar fome, não é?!... eu até gosto deles e, parecendo que não, também tenho fomeca, ou apetite, como queiram!

Mas a verdade, verdadeira, é que tenho muito pouca vontade de fazer nadinha! Para além de ver séries, navegar na net, conversar com a maltinha aqui de casa, dar festas à Diaba, jogar às cartas, ao Trivial, ao Cluedo, não me apetece fazer nadinha!

E por aí, quem é da turma que não sossega o traseiro e quem é da turma que não o levanta do sofá?! Contem-me tudo!!!

6 tipos de ensandecidos!

Quarentena no Palácio #3

Ora bem, como prometido ontem aqui vai a minha análise sociológica, o meu estudo aprofundado, quase uma tese de doutoramento sobre o fenómeno que assola o Instagram por estes dias... mas não consegui ficar apenas por este... há mais fenómenos estranhos a assolar o mundo!!! 

Que a malta anda maisómenos ensandecida já todos nós sabemos, verdade? A ansiedade pode levar as pessoas a actos completamente bizarros... digo-vos eu que sofro de ansiedade e até já fui de charola para o hospital 2 vezes com ataques de pânico!... já vos tinha avisado que tenho uma falhinha, amigos, agora não se queixem... já vão tarde!

1. Uns compram papel higiénico como se o salvamento do mundo dependesse de um rabo imaculado... esquecem-se que, ainda, há águinha na torneira e que os senhores quando nos dizem para lavarmos bem as mãos não nos estão a proibir de lavar outras partes do corpo!... o rabo também pode, e deve, ser bem lavado! Já não basta estarem confinados uns meros metros quadrados, fechados com a família, mais o cão e o gato, ninguém merece aroma a cocó, bale?

2. Há outros, lá para as terras do tio Trump (juro que colocar este parágrafo imediatamente a seguir ao anterior não foi intencional!), fazem filas para comprar armas!?!?!?!.... porquê, senhores?! Porquê?!?... já não basta terem um presidente praticamente acéfalo, ainda acham que podem matar o vírus aos tiros... e é aquela a Nação que se diz a mais evoluída do mundo!... há nações que não merecem a malta que a compõe... ou então sim! "Ai anda aí um vírus maluco a matar todas a gente!?!? Ai anda!??!... Tu diz-me onde é que ele está, quantos são, que eu já comprei a arma e trato-lhe já do sebo!!"... a sério!?!?!

3. Depois há os que, lá para as bandas dos Países Baixos, fazem filas intermináveis para comprar erva!... estes, apesar de tudo, parecem-me os mais racionais no que toca a comportamentos estapafúrdios para combater o Covid-19... pelo menos sempre se divertem! Riem comó catano, principalmente se alguém conseguir filmar o povo lá das Américas aos tiros ao vírus... o chato é que podem ter uma paralisia facial e depois não há quem lhes tire o sorriso da cara, mesmo quando quiserem ralhar com os filhos... (isto aconteceu a um amigo da minha mãe... não sei se por causa da ganza, mas ficou para todo o sempre com um sorriso na cara! True story!... ficou maisómenos assim ).

4. Há ainda os que lá para a Rússia, oh caneco, fazem filas para comprar Vodca! Ora, cá está mais uma turma que dá para compreender melhor do que a turma das armas e do papel higiénico!... e parece-me, digo eu que não sou de ciências, que é bem capaz de ser mais eficaz para matar o bicho do que uma arma!... afinal aquilo é quase álcool puro!... por falar nisso, alguém sabe como andam os números na Rússia em relação ao Covid?!?... Ninguém, não é?!?!... agora pensam lá porquê?!?... das duas uma, ou já mataram o bicho com tanto álcool ou estão todos tão bêbados que o bicho não lhes pega... e se pegar também ninguém vai dar por isso... dor de cabeça por dor de cabeça no dia seguinte vai dar igual ser do Covid ou da ressaca!

5. Depois há os directos no Instagram!!! Eh pá, mas que merda é aquela?!? Uma pessoa acede ao Instagram e quando quer ver um storie tem primeiro 1.324.578.983.788... pessoas a fazerem directos!!!... Mas há mais directos do que habitantes em Portugal, catano!... eu não sei como é no resto do mundo, quer-me parecer que a malta lá atrás (os dos parágrafos acima) nem têm condições anímicas para ir ao Instagram quanto mais ver directos... excepto, claro!, a malta do papel higiénico! Esses, pelo tempo que vão passar com o rabo alapado na pia conseguem não só ver todos os directos do Instagram como ainda têm tempo para tricotar todo o enxoval de filhos, netos e bisnetos! 
Mas, voltemos ao fenómeno Directos no Instagram... para já, quem é que considerou que fazer directos é buéda fixe?!?... eu odeio directos e deviam ser abolidos, considerando o Estado de Emergência em que o país se encontra!... aquilo é perigoso porque, normalmente, é tudo tão sem interesse e tão a transpirar desespero: "Olhem para mim, vejam-me!!!!!! Por favor!!!!!", um indivíduo (eu!) fica com vontade de largar a correr e só parar em Marrocos... como para ir a nado está fresquinho, é preciso apanhar o ferry em Espanha e Espanha, todos sabemos, que não está bem frequentado... há para lá Coronavírus e gente doida com fartura (hoje li que há malta contaminada com Covid-19 a fugir dos hospitais!!!! ).

6. Os velhotes!!!!... desses nem sei o que dizer, raisparta os velhotes que se comportam como putos na puberdade!!! Parece que estão com as hormonas aos saltos e que são invencíveis... que morrer é para velhos (?!?!?) e a eles ainda lhes falta mais uns 80 anos pela frente de vida louca!... Há gente completamente chanfrada e nunca imaginei que os mais idosos fossem os mais chanfrados de todos, mas são!... eles só querem andar na rambóia, a cirandar para todos os cantos... é vê-los nos jardins em amena cavaqueira, chega a bófia (sim, eles dizem bófia, de certezinha absoluta!) e é vê-los a esconderem-se, a fugirem, quais putos apanhados a fumar erva atrás (ou à frente) da escola, depois a polícia vai embora e eles regressam de detrás de árvores, ruas escondidas, etc...  Depois há aqueles que sempre foram saudáveis e não é agora que vão ficar doentes!... really?!?! Hoje, li algures que um filho disse aos pais que se o governo os apanha na rua lhes tira a reforma para sempre!... diz que foi a única coisa que resultou!!! 

Claro que há por aí mais doidos varridos, oh se há!, por isso mais posts destes surgirão! Acreditem e vossa Marquesa!!!

Se entretanto conhecerem chanfrados e quiserem partilhar comigo, estejam à vontade! Escreverei sobre o tema e faremos uma tese de doutoramento conjunta!

Besos e fiquem em segurança, pessoas giras!

17 coisas que se fazem na quarentena...

Quarentena no Palácio #2

Então 'soas mai'lindas de sua Marquesa, como estão? Espero que bem e a portarem-se com juízinho, que é como quem diz, manterem-se em casa sempre que puderem e só saírem para o indispensável, bale? Se fosse para andarem a laurear a pevide e a cumbiber uns cósoutros as empresas não vos mandavam para casa, estamos de acordo? Boa!! Ide lá para casa, fazer cenas ou a não fazer nada, como queiram, mas em casa!!! 

Posto isto, aqui pelo Palácio vamos como a maior parte da malta que está obrigada a ficar em casa... a saber:

1. Bebe-se vinho com farturinha... não estou tão preocupada com a ingestão de álcool como estou com a de calorias e com o dinheirão gasto em bubida, raisparta!;

2. Dorme-se até às 10 da manhã, nos dias bons, nos melhores até às 11h... ;

3. Cozinham-se refeições... bem boas, por sinal, vegetarianas, sempre! Há umas melhores do que outras, há sempre alguém que reclama, e não sou eu, ou porque não gosta de milho, ou porque não gosta de cogumelos, mas... temos pena! Comam e calem-se, que aqui somos todos democráticos!;

4. Temos conseguido a proeza, através da vossa Marquesa favorita, de não deitar comida fora! Desenvolvi um skill, caneco!!! Viva eu!!!;

5. Gostamos todos muito uns dos outros mesmo quando desatamos aos berros e ameaçamos matar um de nós!... depois passa, bebemos um copo e cozinhamos uma comidinha boa e não terminamos a refeição sem uma faca em punho e a dizer: Cala-te, catano!, que já não te posso ouvir!... mas, mais uma vez, depois passa!;

6. Andamos a ver séries como se esta acção matasse de uma assentada o Covid-19... se dependesse de nós o bicho estava erradicado, extinto, mesmo!;

7. Entramos em depressão algumas vezes ao dia, mas à vez, que há quem tenha de fazer de paciente e de psicólogo!... apesar de estarmos numa fase em que todos querem ser o paciente...;

8. Eu, que sou a piorzinha desta malta toda, mantenho as sessões de psicoterapia mas online... até conseguir pagar!... raisparta!;

9. Mantemos momentos de pura alegria e êxtase, apesar de trabalharmos por contra própria e de, não só, não estar a entrar dinheiro nenhum, como ainda termos de lidar com energúmenos que nos compraram serviços e agora já não querem e pedem a devolução do valor pago... há malta que não merece o ar que respira, catano!  Felizmente a maioria dos nossos clientes são gente de bem capaz de se colocar no lugar do outro!;

10. Deitamo-nos todos os dias cheios de excelentes intenções para o dia seguinte, acordamos com um bocadinho menos dessas intenções e acabamos por ir ver séries... isso e ataques súbitos de limpeza e toca a esfregar cantos...;

11. O Marquês está prestes a desistir da sua teoria que se baseia na crença de que se disser 100 vezes por hora, a casa está toda desarrumada que ela se arruma sozinha!!... eu rio-me 99% das vezes em que ele diz isso e 1% grito-lhe para que se cale ou faça qualquer coisa!;

12. Já chorei, sem lágrimas, claro está! Mas passo mais tempo a rir!;

13. Já dissemos 3.444.678.989.237.345.231 vezes às miúdas que caguem na escola e nas notas e o catano! Somos péssimos pais, raisparta! Mas preferimos que chumbem (o que não vai acontecer e se acontecer, acontece a todos!) do que pirem do juízo! Todos sabemos que estamos a passar por um drama, por uma situação atípica e nunca prevista ou esperada, e que a sanidade mental é fundamental! Não sejamos por demais exigentes!

14. Dizemos todos os dias às miúdas: Vão ler; Vão fazer um trabalho da escola; Vão estudar!... Não, não pirámos de vez nem somos incongruentes. Concordamos que o saber não ocupa lugar e que esse saber pode, não só ser adquirido no estudo, como na leitura, num filme ou numa série... concordamos também que tarefas da escola são bem-vindas, até porque as põe a conversar sobre temas interessantes com os colegas, mas não aceitamos trabalhos forçados e pressão para que sejam exemplares e façam os melhores trabalhos do mundo!... Dizemos-lhes desde o início que nenhum destes trabalhos ou testes ou o que for que os professores enviem vai contar para as notas... a confirmação chegou ontem através de um email de umas professoras da mai'velha!;

15. Ao final da tarde a vida cá em casa fica em suspenso porque a mai'nova treina por vídeo-conferência com os colegas e treinadores durante 2 horas e meia... então há uma assoalhada cá de casa que fica intransitável e o palácio tem espaço limitado...

16. A Diaba está na boa! Tem companhia todo o dia, já tinha, mas agora tem mais... come, dorme, vai à rua e a vidinha dela em nada se alterou... excepto que deixou de ladrar às terças e sextas quando as senhoras da limpeza limpavam as escadas...

17. Também já fizemos bolos e brownies vegan... isto deixa a Diaba um pouco nervosa dos nervos porque lhes sente o cheiro mas não lhes pode afinfar o dente...

Posto isto, acho que é tudo!!! Agora vou ali para o Instagram continuar o meu aprofundado estudo sobre directos intermináveis para vos poder falar sobre o tema amanhã, bale?... ou se não for amanhã, depois de amanhã... que eu não sei quanto a vocês, mas o pequeno-almoço que tomei hoje aconteceu já na semana passada... ao nível da percepção do tempo estamos assim...

E vóscelências o que têm feito?!?

Stores, tenham juízo!

Quarentena no Palácio #1

Hello pessoas mai'giras do cibermundo! Comé que é, está tudo a andar?!... chiça, caneco, que se isto fosse em vídeo transformava-me numa youtuber de sucesso em 3 tempos, a saber: 1. Aceder ao Youtube; 2. Gravar um vídeo; 3. Dizer: Comé que é, está tudo a andar?... e pronto, nem precisava de dizer mais nada! Sucesso garantido! Bem vistas as coisas conteúdo também é o que menos interessa num canal de youtube de youtubers de sucesso, n'est-ce pas vrait? (Sim, eu sei que há canais de sucesso com conteúdo muito interessante e todos catita... não minervem!... vocês perceberam de que género de youtubers eu estava a falar, certo?!... vocês são espertos, então?!)

Ora mas não era nada disto que eu vinha para aqui debitar... raisparta! Vocês distraem-me, catano!

Pois que o isolamento voluntário começou por aqui há já uma semana... uns mais do que outros, é certo! Mas  começou! As miúdas já não vão à escola desde 5ª feira passada (a aspirante mai'velha há mais tempo porque esteve doente). E pronto, estamos mesmo a entrar no ponto de pirar da cabeça!... não que estejamos por aí a tentar vender a família, ou até a alugá-la ou oferecer, nada disso! Nós gostamos uns dos outros e até nos damos bem. Vêem 'soas da minha vida, a importância de escolherem e educarem bem a família? De viverem com a família e não apenas de passagem... é que depois vem lá um vírus qualquer maluco que nos obriga a ficar em casa por tempo indeterminado e se nós não conhecermos bem e não nos dermos bem com a nossa família pode-se tornar um tormento! Por aqui o tormento é outro! Estamos fartos de estar em casa e gostaríamos mesmo, mesmo, mesmo, mesmo, já disse mesmo?, muito de poder ir laurear a pevide, que é como quem diz, passear! Mas num bai dar!

Escolhemos recolhermo-nos por várias razões, entre elas o facto de eu pertencer a um dos grupos de risco, já que tenho uma doença auto-imune, por outro lado não queremos que nenhum de nós fique doente, assim como não queremos contribuir, seja de que maneira for, para propagar o bicho por aí. Quanto mais depressa ele se for melhor!

Posto isto, concluo que a malta está mais ou menos enlouquecida com o assunto... não vou falar dos açambarcadores (pelo menos por agora! Lá irei a seu tempo) nem dos coleccionadores de papel higiénico (pensava eu que já tinha feito colecções de tudo e mais alguma coisa, mas não!, ainda me falta coleccionar papel higiénico! Raisparta!), hoje falo-vos de estudantes confinados ao lar e cujos professores têm um medo extremo de que eles desaprendam tudo e que no final da quarentena tenham de regressar à pré-primária!... A sério, senhores professores? Não sei como é com os vossos estudantes, mas as minhas filhas têm trabalhos, com prazos apertadíssimos, para entregar como se o dia tivesse 48 horas e elas não tivessem direito a dormir... Stores, meus putos (olhá veia de youtuber aqui a bombar), os vossos estudantes têm mais do que a vossa disciplina, bale? E todos vocês acham que a vossa disciplina é a única e a mais importante!... quarentena não significa férias, mas também não significa trabalhos forçados, bale? As crianças têm direitos! Tenham juizinho, pode ser? Eu tenho duas cá em casa e já não falta tudo para se digladiarem por causa da utilização do computador.... ah, que lindo vídeo-conferência!... Mas nós somos 4 em casa, mais a Diaba, não temos condições para vídeo-chamadas a toda a hora e muito menos para aulas através delas! Por aqui os professores ainda não tiveram essa ideia fantástica (sóquenão) porque a ser obrigatório, não só o ministério tem de nos pagar a net como oferecer computadores para que todos consigamos trabalhar em simultâneo!... para além de que, no nosso caso, as miúdas teriam de ir fazer vídeo-conferência na casa de banho, o que nos vale é que temos 2 (2 miúdas e 2 casas de banho!). Tenham juízo, bale? Boa! 

Aqui pelo palácio ainda temos outra epopeia... se bem se lembram, se não se lembram é porque andam distraídos ou estão a ficar desmemoriados, a aspirante mai'nova é atleta de competição.... e os treinos?!?!... 2.30h, todos os dias por vídeo-conferência com os treinadores e toda a equipa!... 

Posto isto, e serviu toda esta conversa maçadora, para vos comunicar que vou fazer aqui um Diário do Covid-19, o que acham?

Até lá estamos em modo Big Brother, bale?

Então pessoas, como estão vocemecês?!?... Tenho andado por aqui apoquentada com a vossa vidinha, verdade!...

Isto não está fácil, caneco! Ora agora que aí vinha a Primavera, as esplanadas, as jolas e os tremoços, é que surge o raça do bicho?... se não tinha sido muito melhor no Inverno?!... lá pelo início de Dezembro... olhem bem o que se pouparia em presentes de Natal... hum?!?!... dava para uma viagem toda catita no Verão! Mas não!!! E nós em casa, em modo lontra, a comer filhós, castanhas e bolo rainha como se não houvesse amanhã... e a ceia de Natal? Não ter de aturar o tio bêbado e chato, não receber as centésimas peúgas com ratinhos e pinheirinhos que a tia-avó insiste-em-oferecer-porque-acha-que-nós-adoramos-e-nós-nunca-tivemos-coragem-de-lhe-dizer-o-contrário... não ter de levar com as fotos dojámigos e das primas a passarem a Réveillon em New York City (sim, eles escrevem assim!), nem da colega dos recursos humanos nas Maldivas.... mas não! Na Primavera! Quando a malta já estava a sair da depressão de Natal e Inverno e a começar a ver o sol raiar e o calorzinho a afagar a pele (ai, catano, que estou inspirada)... mas não!!!... Primavera fechados em casa!!!

Coméquetáaser a experiência Big Brothiana da vossa família? Já se mataram uns aos outros? Hum?!?!... estou tão ralada convosco, catano!! Cá pelo palácio a vida vai-se fazendo... "ele" há momentos em que temos vontade de matar alguém, mas depois o que fazíamos ao corpo? E sangue por todo o lado... bléachhh; "ele" há momentos em que somos todos amigos; "ele" há momentos em que só temos vontade de largar tudo e fugir, mas depois pensamos melhor e achamos que é mais seguro ficar em casa, masé; "ele" há momentos em que nos apetece emigrar, mas depois, lá está, para onde, senhores, para onde?!... então optámos por ser todos amigos, conversar muito e pensar que quando isto tudo acabar (acabará?!?) a vida não mais voltará a ser igual... assim o espero eu!

Mais do que um momento que jamais sonháramos viver, este é, para mim, um momento de paragem, forçada, é certo, mas de necessária paragem! Tudo vai mudar, sem dúvida! Não fazemos ideia como estará a economia daqui para a frente, se restará pedra sobre pedra após tudo isto, mas e o caminho que estávamos a levar, era bom? Um caminho em que a única coisa que nos movia era o dinheiro, um caminho em que os líderes eleitos eram xenófobos, misóginos, homofóbicos e com todo o tipo de preconceitos, um caminho individualista, um caminho completa e absolutamente centrado no mundo ocidental, como se todos os outros seres humanos fossem de categoria inferior... venha a mudança! A mudança, todos sabem (se não sabem tivessem ido à escola que já saberiam... ou então leiam! Ajuda muito e agora têm tempo!), é sempre feita à força, à bruta!, com guerras, epidemias. Por isso aproveitemos a oportunidade de repensar e viver a vida de outra forma!

Entretanto, aproveitem a vida em casa, com a família... vão ver que até são malta porreira! - Eu cá gosto da minha! - Façam actividades juntos, leiam, descansem, trabalhem, vejam séries, e não se macem muito! Não vale a pena, já vimos todos isso! A vida quando quer pára-nos quer queiramos quer não! Façamos nós o que fizermos! Pensem nisso!... ah! E não obriguem os putos a trabalhar todo o dia como se não houvesse amanhã.... já todos vimos que ninguém conhece o amanhã, estudar sim, mas não os torturem. Este estudo desenfreado pode não servir de nada, só os deixa mais ansiosos e, já sentiram na pele, estar fechado 24 horas 7 dias por semana não é fácil!

Agora, mantenham-se a salvo, se não por vós (há aí malta que não tem medo de morrer e que acha que o bicho não lhes pega - eles lá saberão!!!...) pelo menos pelos outros, bale?