Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

Mostra lá a tua cara, masé!

Já houve quem me perguntasse o porquê de eu não me identificar... porquê que eu não mostro a minha bela face ao mundo? Porquê que eu não quero que o mundo saiba quem eu sou?...

Em primeiro lugar e para esclarecer já aqui isto tudo e não vos deixar na expectativa, eu não sou famosa! Nem na minha rua, caneco! Só mesmo dentro do meu palácio é que gozo de alguma fama, mas mesmo assim pouca e discutível... não sou figura pública, portanto! Sou um marquesa anónima, dentro do que uma marquesa consegue ser anónima, claro está!

Atão mazatão, porquê que não queres que te conheçam?... Porque depois não teria a mesma liberdade para escrever... vero! Eu trabalho com pessoas, tenho clientes e, para eles, eu sou uma pessoa séria... o que seria se os meus clientes lessem as parvoíces que para aqui escrevo?...

Também perderia a liberdade de escrita se a minha maltinha (família, principalmente!) soubesse o que escrevo...

Por isso, para já, é assim! Quando eu for, finalmente, famosa e ganhar milhões graças a este blog, já não importa nada e posso mostrar a minha bela face ao mundo! Mentira! Não é nada disso! Para já é assim, de futuro logo se vê, bale?

Atão mazatão, e quem é que sabe que tu tens um blogue?!... Atão, sabe o Marquês, as Aspirantes e uma amiga de uma das Aspirantes, que é uma-desbocada-e-não-soube-ficar-calada e contou à amiga!... por causa disso ficou a pão e água durante uma semana!

Nem os meus pais sabem, caneco! O meu pai, mesmo que eu lhe contasse não faria diferença, já que, para ele, eu saber escrever seria uma grande novidade!... é, o meu paizinho tem-me em muito boa conta! Acha que eu sou um génio espectacular, sóquenão!... a minha mãe, como sempre, anda ocupadíssima nos seus afazeres eu não a quero maçar com mais uma tarefa hercúlea de ter de ler um blogue!... blogue que ela iria adorar que eu tivesse e escrevesse, e iria partilhar e mostrar ao mundo, já que, para ela, tudo é fantástico e incrível (excepto as partes em que posso falar dela)... e depois todos ficariam a saber quem eu sou... mas, mais importante do que tudo, se os meus pais soubessem que eu tenho este blogue, este parágrafo não poderia ter sido escrito com a mesma liberdade!... ou melhor, não poderia ter sido escrito sob pena de termos de reunir a família, com a máxima urgência, que estaria sob a ameaça de bomba nuclear... não queremos isso! Não queremos bocados de família de Marqueses de Marvila espalhados pelo mundo... bléach!...

A modos que é isto! Quando eu achar que faz sentido, se um dia achar que faz sentido, eu mostro-vos a minha bela carinha laroca, bale? Para isso têm de me conseguir milhares de seguidores, parcerias, patrocinadores e o catano...  Ainda aí estão a fazer o quê?... corram, masé, a partilhar cumundo este belo blogue! 

Ou, pelo menos, mantenham-se aí... já fico contente! 

Branqueamento!... tema do dia!

Desafio Caixa de Lapis de Cor #11 - Branco

Ai, caneco... raisparta, raisparta eu!!!! Corri, corri e mesmo assim não cheguei a tempo.... os meus lacaios andam numa lazeira, não fazem nenhum e nem capazes foram de me dispensar dos meus afazeres, de dizer, Oh Marquesa, vá lá escrever para as 'ssoas que nós fazemos a cama, que nós vamos à reunião por si... nada!!! Uns calões!... assim, e com grande pena vossa (e minha, vá!), ontem não consegui cumprir com o meu compromisso e vir aqui botar letras, palavras e ideias geniais, em geral! Por isso, aqui estou eu, hoje, linda e fofa, como sempre, para botar faladura...

 

 

Ainda aí estão?!?!.... 

 

Boa!! Sois os maiores!!!

 

 

Ora que a cor desta semana é o branco que, como toda a gente sabe, não é uma cor mas sim a ausência da mesma, ou lá o que é!... a Aspirante mai'nova, e a mai'velha também, é que sabe deste assunto, eu não tenho vagar para me debruçar sobre reflexões filosóficas se o branco é cor ou ausência da mesma, se é a junção de todas as cores rodadas a alta velocidade, se é tudo e mais um carapau... n'quero saber, bale?... Boa!

Hoje falo-vos, sim, que eu ainda não comecei a botar faladura, de um tema bastante em voga esta semana, e na passada também, e na anterior... e no mês passado, e no ano passado... enfim... desde que me lembro de mim que é um tema bastante moderno... branqueamento!... pode ser de capitais, já que para a roupa branca temos a lixívia, claro que todos sabemos (os que não sabem, soubessem!) que a lixívia estraga a roupa e tal, mas hoje não há tempo, nem relva suficiente para estender a roupa a corar... que imagem bonita seria os lençóis e as toalhas todas estendidinhas ali pela relva da Alameda, ou no relvado de Alvalade... Lá que ficaria branquinha e catita para durar mais uma vida, ficaria. Mas cá pelo palácio não temos vagar, nem relvado e a criadagem, vocês já sabem, não se pode contar com ela para nada, e como tal temos a lixívia e quando a roupa estraçalha, vai para a caminha da Diaba, que aqui aproveita-se tudo!

Ah! Pois!... o branqueamento, não é?!!... vocês já me conhecem e eu distraio-me com a conversa e quando dou por isso prescreveu o tema... é o que acontece com o branqueamento de capitais aqui pelo nosso burgo!... é isso e corrupção, mas para este tema precisávamos de outra cor e estas já se esgotaram.... com pena minha!

Pois se leram até aqui para saberem como branquear capitais perderam o vosso tempo, não só não tenho capitais para branquear como, vocês sabem, não tenho vagar. Tivesse eu, ambos os dois (como diria o poeta!), e estava nas Maldivas a editar um livro sobre branqueamento dos mesmos para vocês irem lá ter comigo!... alguém tem de abanar a Vossa Marquesa, ir buscar cocktails e tirar as areias dos seus reais pés... odeio areia! Bléaaacchhhh!!! Mesmo a branca... apesar de esta ser menos má!

 

Neste desafio participo eu, Vossa Marquesa favorita, a Fátima, a Concha, A 3ª Face, a Maria Araújo, a Peixe Frito, a Imsilva, a Luísa De Sousa, a Maria, a Ana D., a Célia, a Charneca Em Flor, a Miss Lollipop, a Ana Mestre a Ana de Deus, a Cristina Aveiro, a bii yue,  José da Xã e o João-Afonso Machado.

Todas as quartas feiras e durante 12 semanas publicaremos um texto novo inspirado nas cores dos lápis da caixa que dá nome ao desafio. Acompanha-nos nos blogues de cada um, ou através da tag "Desafio Caixa de lápis de Cor". Ou então, junta-te a nós ;) - roubei este bocadinho à Fátima!!! Espero que não se importe! 

É que nem um gotinha para tirar a remela...

Um individuo acorda de manhã, já lá vai o tempo em que o despertar era à hora do almoço... à tarde... por vezes à noite... bons tempos!... mas dizia eu, um individuo acorda de manhã, prepara o petit déjeuner, come, antes disso já fez xixi e lava as mãos, prepara-se para ir tomar banho e... não há água! Raisparta!!! Diz que estão a arranjar uma cena qualquer cujo nome desconheço que eu não tenho estudos para isto...

O que eu acho é que já se fazia um furo dos grandes, aqui na rua, para encontrar água, ou petróleo, também pode ser, depois selava-se para fazer um poço privado aqui para o palácio! Sim, porque se não se selasse era um "ver se te avias" de povo a acartar baldes, jerricans e alguidares e lá ficava sua Marquesa sem banho de novo. Sim, porque o povo açambarca tudo!... onde já se viu, suas excelências, os Marqueses de Marvila (ou só Sua Excelência, a Marquesa de Marvila que o resto da malta safa-se bem com dodots ou um espanador) sem água?!... 

E aqui estou eu... sentada no meu real leito, sim, pessoas estou na cama a escrever-vos, sim, eu sei que é quase meio-dia... não me aborreçam, caneco! Como dizia eu, aqui estou eu, à espera que a água surja nas minhas reais torneiras para eu ir tomar banho e fazer o almoço... ai, vida a minha!... O que vale é que tenho água numa garrafa para beber... caso contrário já estaria hospitalizada com desidratação severa... não sou nada dramática!... chatos! Sois uns chatos! Lá porque são como os camelos e conseguem estar meia hora sem beber água, eu não!, eu sou uma Marquesa e tenho de andar hidratada... para além do mais tenho uma síndrome que, também, é simpaticamente conhecida como síndrome seca (SS, de Sídrome de Sjogren e petit nom - hoje estou muito francesa, catano! - Síndrome Seca). Bem, com isto tudo já têm mais um conhecimento aleatório sobre doenças raras e auto-imunes (já há que tempos que não falava da minha "amiga")...

E o que me importa no meio disto tudo é que ainda não veio a água.... e eu não tenho capacidade anímica para iniciar o dia sem água e sem banho... chiça! Nem um alguidar, nada... nem chuva... eu tenho de tomar banho! É que nem uma gotinha para tirar a remela!...

Acho que vou pedir uma indemnização à Companhia das Águas!... ai vou, vou!

Era uma vez um pacote que foi passear pelos CTT!... raisparta!

Ora bem, tenho aqui uma data de temas a debitar e tenho de me decidir por um... não vou gastar os cartuchos todos num só dia, depois ficava sem assunto para debitar na próxima semana, vero? E depois vocês choravam muito, muito, muito... e não vos quero de olhos inchados que ficam feios!

Vai daí pensei, vou contar às pessoas o verdadeiro milagre que é termos ao nosso serviço tão ilustre companhia, que zela por nós, que nos ajuda a aproximar, que... o raio que os parta, masé!, que são os CTT!... 

Aquela companhia que, qual putos mimados, chorou por uma privatização!... privatizou-se! Agora, pobres criaturas, quase à míngua, com uma facturação aumentada, com mais trabalho do que o Deusmalivre (sim, o deusmalivre tem trabalho que não acaba! Chatos!) desde que entrámos em confinamento e a única forma que temos de entregas e compras e o catano, é através dos CTT, que nem tiveram de fechar nem nada, que foi sempre a bombar com tanto trabalho... aliás, quando compramos algo que é entregue pelos CTT vem logo o aviso: " 'Soas que estão a comprar esta traquitana, a entrega pode ser mais demorada devido ao aumento exponencial (palavra mais cutchi) do trabalho do serviço de entregas dos CTT." E nós, que sim senhora, que percebemos, que ó menos alguém que ganhe a vida já que a nossa está por um fio....

E esta conversa toda para quê? Porque os CTT, depois da privatização, aquele processo em que uns particulares investem para ficarem mais ricos (benzós Deus! Gosto que a malta faça dinheiro e que sejam honestos no que fazem), sabendo que há sempre o risco de poder correr mal e afinal ficarem mais pobres, acontece a todos... mas, dá-se o caso que, com todo o aumento de trabalho e facturação e o catano, os CTT, essa empresa do demo, quer ajuda do Estado por causa da pandemia!... Oi?!?!... Comé que disse?!?... eu fiquei com espasmos nervosos de tanto rir quando li isto!... nem as gotas me safaram, caneco!...

Pior fiquei onte... sim, onte!!! Recuso-me a usar a palavra toda, pode ser que assim o Estado também me ajude!... "ai, senhores!!! Acudam Vossa Marquesa que, por causa do confinamento, não consegue dizer as palavras completas!!!!", e o Estado vem e ajuda-me! Boa!!! Voto nisto!

Mas dizia eu, onte... colapsei com a (in)competência dos CTT... essa empresa de ilustres espertos que quer ser privada mas com ajuda nossa, que tem malta ao seu serviço que se está a borrifar para o que está a fazer... ou isso ou não sabe ler! Eu conto-vos! Sentem-se e vão buscar as pipocas!

Vossa Marquesa favorita (Não me inervem, caneco!!!! Claro que sou eu! Raisparta!) comprou um presente para as Aspirantes oferecerem ao seu digníssimo (não tão digníssimo como a mãe mas...) pai! Comprou, pagou, deu a morada e tuditudo!... Uns dias depois é contactada pela fornecedora a dizer, olhe o presente veio para trás!... e eu, ai o catano!!!.... A 'soa enviou-me fotografia do embrulho (ia dizer pacote mas depois vocês começavam a cantar e a dançar funk e eu quero-vos mais eruditos, bale?), enviou fotografia do registo, e eu: Mas a morada está certíssima, correctíssima em ambos os dois (como diria o poeta!).... e ela, pois! Então vou enviar de novo. E enviou! Enviou e mandou-me fotografia do novo registo, morada correcta, clara, com letra de imprensa, legível, tudo certo! Enviou-me também o número do tracking. E assim foi!

Passa um dia, passa dois, passa três e eu... ai o catano... tu queres ver... ... não pode ser... os CTT, esse pináculo da competência, não podia cometer o mesmo erro duas vezes!!!... isto comigo a ter mini-avc's... a medo, fui ao site da referida empresa, aquela que quer ajuda do Estado por ter facturado mais agora do que sempre (faz sentido! Nós é que não estamos a ver qual), botei o número do tracking e... e... e... Destinatário desconhecido na morada! Devolvido!!! Isto ontem!!!

Eu faleci! Estou a escrever-vos do outro mundo... é bonito sim, senhora e tem internet que é o que é preciso!

F-o-d-a-s-e (já vos disse que este blog é para maiores de idade)!!! Liguei para a linha de apoio... ah, tem de nos enviar um email a fazer a reclamação e depois nós, eventualmente, um dia, respondemos ao email!!!... F-O-D-A-S-E!!!! 'Tás a reinar, ó senhora do call center dos CTT!... então eu já fiz uma reclamação (outra) há 6 meses e ainda não me responderam e a solução que me dás é esta?!?!... desligou-me o telefone na cara!! CTT, vós mereceis todos os subsídios e mais alguns!!! Tanta competência e boa educação juntas, mais do que uma ajuda do Estado deveríeis ser o próprio Estado, pelo menos uma estátua erguida em cada cidade, catano!

Pego nos meus ténis amarelos, ou melhor, calço-os que o chão da rua está frio e sujo!, e lá vou eu para a estação dos CTT ver o que poderia ser feito!... onde já se viu, uma Marquesa nestas andanças! Raiparta!

Senhora dos CTT, depois de explicada a situação: Pois, o carteiro deve ter lido mal a morada!...

Eu, com tiques nervosos: Duas vezes?

Senhora dos CTT: A letra não devia estar bem legível...

Eu, a piscar do olho direito: Duas vezes?

Senhora dos CTT: Mas foi duas vezes a mesma encomenda?

Eu, a revirar ojólhinhos: Pois...

Senhora dos CTT: Ó MaryCarmen (bem podia ser o nome dela, não quero saber!), esta senhora, blá-blá-blá, e coiso e tal, morada, e tal, carteiro, blá-blá-blá, entrega, devolução...

MaryCarmen: 

Eu: 

Senhora dos CTT: Pois... se tivesse cá vindo ontem...

Eu: Ontem deveria eu ter recebido a encomenda!

Senhora dos CTT: Dê-me o seu número de telefone, o seu nome e morada (fónix, agora depois de escrever isto fiquei com medo, catano!), eu vou reportar ao meu chefe, que já não está, sai às 15h (Merecem mesmo o subsídio do Estado, caneco!!!), ver quem foi o carteiro e amanhã ligo-lhe. A que horas acorda?

Eu: Oi?!?!? (número de telefone, nome, morada e a que horas acordo?!... ou me quer matar ou fazer uma surpresa erótica!... chiça penico!!! Vou trancar as portas e atiçar a Diaba!)

Senhora dos CTT: É que abrimos às 9h, até às nove e meia ligo-lhe para fazer o ponto de situação...

Eu: OK!

São, neste momento 11:24h, o telefone ainda não tocou... 

Conclusão: Os CTT receberam 2 vezes o pagamento deste envio, não o entregaram, fizeram-me sair de casa para lá ir e ainda me vão fazer deslocar para longe para ir buscar o pacote! (agora já podem cantar o funk à vontade que eu vou basar!)

Bom fim-de-semana!... que eu vou organizar um manifesto pelo cumprimento mínimo dos serviços dos CTT que é, saber ler e saber entregar uma encomenda!... aquela alma (leia-se carteiro) foi duas vezes entregar um embrulho numa morada errada e não se deu ao trabalho de olhar e ler a morada certa!... no mínimo pedir ajuda a alguém para ler 3 palavras e 2 números! Fónix!

Pára tudo já!!!!!! Agora, neste momento!!! Há uma alma que se salva nos CTT!!! São 11:38h e o telefone tocou!... era a senhora dos CTT!!! Yeahhhhhhh!!!! Encontrou o embrulho no local para onde teria sido devolvido, mandou vir de volta, sem custos e segunda-feira posso ir ao balcão levantar!!!! Ohh, yeah!!!

Há registos fotográficos de que a MaryCarmen desde ontem mantém esta cara 

Feliz Dia do Pai!!!!!

 

Tocar piano e... campainhas também!

Há coisas que vocês não fazem ideia sobre mim... um delas é que, eu aprendi a tocar piano... ahhhhhhhhhhhhhhhhh!!!!!... e novidades há?.... claro que vocês não sabiam, mas calculavam, pois é?! Afinal sou uma Marquesa, a nobreza faz coisas de nobres como aprender a falar francês e.... a tocar piano!!! Pois! Não tenho a culpa que vós sejais da plebe e apenas saibam tocar pífaro ou lá o que é, aquele instrumento medonho que todas as desgraçadas das crianças (menos eu!) foram obrigadas a aprender (Ahhhh!!!... é flauta?!?... é medonho na mesma! Não me macem!!!) , ou à campainha (esse skill também tenho! Viva eu!)! 

Já eu, Marquesa de berço, tive aulas particulares de piano durante 4 anos e depois fui para um instituto de música continuar os meus estudos... educação de primeira categoria, como podem verificar!... não interessa nada que, hoje em dia, para além da campainha pouco mais saiba tocar... pobre vida, de Marquesa falida, a minha!!... e o francês também já conheceu melhores dias!... sim, também aprendi francês, durante 5 anos, caneco!

Ahh!!! E porquê que nos estás a contar isso, Marquesa favorita das nossas vidas?...

Porque, 'soas, o meu pai está a fazer obras em casa e hoje fizemos uma vídeo-chamada (cenas modernas!) e eu vi.... eu vi... guardei para mim mas vi... o meu pobre piano (sim, 'soas da plebe, eu tenho um piano, na casa do meu pai, é certo!, mas um piano... que o meu rico pai me ofereceu quando fiz 16 anos!) coberto com um lençol... pobrecito... um lençol cor de cocó de passarinho, e lá estava ele... triste pobre e abandonado.... e desafinado mas isso já é outra história...

Ahhhh!!!! (Porra que isto hoje está cheio de Ahhhhhhhhh!!!!!) e porquê que não o levas para tua casa?!?!

Sois tão fofos!!! Vocês fazem lá ideia de quanto custa transportar um piano, catano! E depois ter de o mandar afinar!... Acham que eu sou rica ou quê?!... chega-me bem a campainha para tocar!... e essa nunca se desafina! Para-além-do-mais-acham-que-o-meu-palácio-tem-espaço-para-um-piano (já minervaram, raisparta!!!)?!?... ainda se fosse um piano de cauda... pelo menos servia de mesa de jantar, já não se perdia tudo!

Bem, agora tenho de ir que o almoço não se faz sozinho e há Aspirantes para alimentar neste palácio... Gostei de conversar convosco!... apesar de me tereminervado!!!!... vou tomar as gotas... pode ser que um dia destes faça um avançado no palácio, traga o piano e volte às aulas que, tal como o almoço, aquilo não se toca sozinho!

Até parece o festival da canção, catano!

Porra pá!... já dizia o outro!... fui escolher uma música para o blog da Alexandra (Blog de Algo), que está a publicar uma música todos os Sábados. É irem lá fáxavore, principalmente no próximo Sábado, porque se há lá músicas lindas para ouvirem, no próximo sábado há a mai'linda de todas... escolhida por mim!!!  Eu juro que não vou cantar por isso podem ir à confiança! Sem medos, bale?

Posto isto, lembrei-me de uma data de músicas que gosto, que adoro, e tuditudo!!!!

Como não vos quero maçar muito, já basta o que basta, vou publicar apenas uma música. Eu sei que vocês queriam mais, mas... não tenho vagar para isso. A nobreza trabalha, sabem?... eu também acho mal, mas o que é que querem, a República veio dar cabo disto tudo! Era 'soa para viver bem, sustentada pelos vossos impostos e o vosso trabalho mas... não dá, ? Com muita pena minha!... vá um minuto para chorarmos pela desgraça a que foi votada a nobreza...

Pronto! Já passou um minuto! Já vos disse que não tenho vagar, catano!

Então aqui vai a músiquinha, façam um favor a vosmecês e ouçam-na... se quiserem mais, é irem ao Youtube ou ao Spotify ou ainda (como dizia o filósofo), para os mais cultos, ide botar o gira-discos a trabalhar com os vossos LP's de.... senhoras e senhores, população em geral e em particular.... rufam os tambores:

The Jesus and Mary Chain

com a música: Head On

Chiça penico, até parece que estou a apresentar o festival da canção, caneco!... não fosse o facto de estar a apresentar The Jesus and Mary Chain, que não consta que tenham participado...

 

 

Isto é só para os fortes....

Raisparta!!!... isto hoje começa logo assim, à bruta! Só aqui ficam os fortes, e eu sei que vocês são fortes!... só espero que sejam fortíssimos ao nível na aniquilação de traças!  É que se não são, também não me servem de nada!... 

Hoje estou simpática, eu sei!

Se vocês tivessem uma praga de traças em casa também estariam!

A criadagem, esses inúteis, não sabe aniquilar traças... só por isso despedi todos! Agora e sempre só restou eu, o senhor Marquês, as duas Aspirantes, a Diaba e as traças... raisparta, masé

Já botámos cenas várias que se põem nos armários, o Marquês hoje trouxe mais uma novidade do supermercado ao nível de dizimar traças... a ver, a ver... estou com pouca fé! O raio da bicheza, parece-me, que veio para ficar!... pudera! Quem não gostaria de viver num real palácio junto da mais fina flor da sociedade?

Vocês que não sabem o que é viver num palácio, cheio de carpetes antiquíssimas, de reposteiros do tempo da outra senhora (como assim, quem é a "outra senhora"?!?... não sabem nada!), arcas de madeira trabalhada feitas por artesãos do Paço Real... como haveriam de saber (aqui o verbo haver pode estar no plural porque está como verbo auxiliar!... mas só nesta situação, bale?... se vos apanho a dizer que "haviam muitas pessoas" apanham com um pano encharcado nas fuças!... de nada!!!) o que é conviver com traças?

As traças não são meras borboletinhas esvoaçantes que comem roupas, aliás as traças quando chegam à fase de borboletear não comem nada porque não têm boca... pumbas! Bem feito, é castigo pelo tempo em que foram larvas e se alimentaram dos nossas roupitxas (umas mai'lindas que outras, temos pena! Nem todos têm bom gosto!).

Sim, 'soas mai'lindas, as traças têm uma fase larval... bléachhhh.... em que se passeiam pelas roupas, paredes e demais sítios (arrisco a dizer por todóládo) enroladas num casulo de fios de tecido... bléaaaaacchhhhhh.... canojo!!! E depois temos de ir lá, no nosso caso com um bocado de papel, e esborrachá-las... antes que cheguem a borboletas desvairadas que desatam a pôr ovos, microscópicos, por todóládo!.... já estou a ficar cheia de comichões, oh catano!!!... e vocês, ainda aí estão? Eu avisei que era para os fortes!

Agora surge a questão para 30 biliões de euros, ou dólares, como queiram... como se acaba de vez com esta praga????!!!!!! Raisparta!!!!

Não vale dizer para adoptarmos uma osga, que disso também já cá tivemos... antes as larvas vestidas com restos das nossas roupas, catano!

Fui à Black Friday e perdi a dignidade algures...

Ora bem... comprei cenas na Black Friday!!!! 

Acho que foi a primeira vez que me aventurei na Black Friday!... não vos quero mentir, daí o ACHO... uma Marquesa não mente, catano! Pode omitir, pode esquecer-se das coisas mas não mente, estamos entendidos? Boa!

Pois que "fui" à Black Friday, mas online!, o que seria sôdona Marquesa da Marvila à chapada à plebe por causa de um aspirador.... no conforto do Palácio, de computador em "riste", não fosse um plebeu mais afoito sacar-me o que eu queria, mesmo que online... vocês sabem lá o que sofre a aristocracia!... claro que não sabem! Como poderiam?!... afinal pertencem ao povo!... mas são fofinhos! Eu gosto do povo, mas só do que me segue, bota comentários, partilha e bate palminhas ao meu blog... por isso, gosto praí de 3 pessoas do povo!... mas são vocês!!!  Fófis!!!... pronto! Já tive o meu momento cutchi do dia, já chega!, se não ainda pensam que eu sou um coração mole e começam a abusar... "Ah Marquesa, tira uma foto comigo!", "Marquesa de mi vida, dá-me uma mecha do teu cabelo!" (macumbeiros, é o que é!... cruzescredo!!!), "Marquesa, carinho, faz-me um filho!"... isso é que não! Raisparta!!! Um bastardo?!... e depois, o que seria do Marquesado?!... com bastardos a pulularem por aí?!... nananinanão!!!

Vocês distraem-me e eu depois já não sei o que ia a dizer... 

Ah! Já sei! A Black Friday!!... dizia eu, muni-me do portátil, sentei o rabo no sofá*, e pumbas!, comprei um aspirador, um jarro eléctrico e uma frigideira!... 

Sim, eu sei! Demasiado glamour neste palácio! Sabem lá vocês!... e o pior de tudo, o degredo completo de uma aristocrata falida é estar ansiosa pela chegada da encomenda!...  Vocês mandem-me internar... eu já não tenho salvação, senhores! 

Agora aqui fico eu, em ânsias, com tiques nervosos, pior do que a Diaba de cada vez que tocam à campainha, à espera que chegue a encomenda com, atentem, 1 aspirador; 1 jarro eléctrico e... a apoteose: 1 FRIGIDEIRA!!!... uma frigideira!!! 1, leiam bem, F-R-I-G-I-D-E-I-R-A!!!!... Alguém viu a minha dignidade por aí?!?... mandem-na de volta ao palácio, por favor, ela está a fazer-me falta extrema!!!...

Depois passo pelo Instagram e é vê-los, a todos, raispartam, masé, a comprarem malas chiques, perfumes (ai, espera!!! Vêem... vêem... eu não vos quero mentir, mas a malta esquece-se... também comprei perfumes! Mas acho que não foi da Black Friday!!... sou tão mixuruca que nem sei!! Oh céus!!! Mas sei que as estrelas principais - aspirador, jarro eléctrico e F-R-I-G-I-D-E-I-R-A - foram adquiridas na Black Friday, estava lá escrito e eu sei ler!!), "ele" é sapatos, "ele" é maquilhagens, "ele" é tudo e mais um bagaço, e eu? e eu?... aspirador, jarro eléctrico e F-R-I-G-I-D-E-I-R-A!  Ele é TAP com 50% de desconto em viagens e eu, e eu?!?!.... aspirador, jarro eléctrico e F-R-I-G-I-D-E-I-R-A 

Vou procurar a minha dignidade por aí, masé!!!

.

.

.

E sim, o meu sofá cor-de-laranja (é mesmo cor-de-laranja) já chegou e é.... atentem bem... LINDO!!!

.

E... hoje fui ao dentista, outra vez... isto está-se a tornar um hábito, escrever-vos sempre que vou ao dentista!  

.

Ah! E hoje é sexta-feira!... só para vos informar!... sabem que eu estou sempre a cuidar de vocês!... de nada, 'soas giras!!!

The Crown... se querem uma review vão a outro lado!

P-e-r-o-n-t-os!... já acabei a série The Crown, já ouvi dizer que haverá mais temporadas... aguardemos!...

Posto isto, entrei em depressão... talvez não tenha ajudado o ficar acordada até tarde a ver o raio da série, mas... a bem da verdade, o que me deitou mesmo abaixo foi a minha escolha por ter nascido Marquesa e não Rainha... raisparta!...

Olhem que eu vivia bem aconchegadinha num palácio daquele tamanho, a tocar campainhas para que os lacaios me servissem, a andar de palácio em castelo para brincar com os cães, a Diaba iria adorar ter tamanha propriedade para correr e malta que não acaba mais para ladrar atrás... ia ser um festival!!... mas dizia eu, era 'soa para viver bem a ditar o que queria almoçar (e não ter de me maçar, como agora, a corroer os neurónios a pensar no que raio vou eu fazer para o almoço... triste vida a de aristocrata falida, raisparta masé!), a passar o dia a fazer porra nenhuma, a não ser preocupar-me com a filharada (isso já eu faço, oh caneco!), a cuscar a vida alheia (reclamam, reclamam mas não há maiores alcoviteiros do que a família real), a não ter de me preocupar em pagar a renda (ufa, pagar renda de tudo o que é palácio, castelos e o catano, não é fácil, não senhora!), nem a luz, nem a água... será que aquela malta sonha que estas cenas se pagam?... adiante, e não me cansaria de levantar a minha real e delicada mão para acenar às 'soas!... afinal as 'soas são fofinhas, como vocês!, e dizer-lhes adeus é o mínimo que uma rainha pode fazer!... aliás, estava aqui a pensar e se calhar, apesar de Marquesa, vou começar a fazer o mesmo!... quando puder sair em condições, sempre que apanhar o autocarro, sento-me à janela a acenar às 'soas que passam na rua! O que acham? É uma ideia vencedora, não é?... eu também acho!

Porque raio a coroa se herda?... é que eu era sujeita para iniciar desde já uma campanha eleitoral que me botasse no trono real!... e ganhava, ah pois ganhava!... Nem que fosse por decreto! (O Trump ainda não se lembrou de um decreto para não sair da Casa Branca, pois não?!... burro!)... aliás... já que não há eleições para rainha, e aquilo (leia-se o trono) só se adquire por direito, vou iniciar desde já a minha busca/investigação/processodeinsanidadesemretorno pelo meu direito ao trono!... é que tenho quase a certeza absoluta que os verdadeiros herdeiros do trono inglês são os Marqueses de Marvila!... é que é em linha directa... hummmm!!!...

Vou tomar os sais pós nerves... é melhor!

Ah espera... vocês vieram aqui para ler uma review da série... ide vê-la, masé! Preguiçosos!... eu agora não tenho tempo!... tenho de sair para os registos do Marquesado de Marvila!... que na próxima temporada do The Crown, já entro eu, caneco! Eu e a Diaba! Aí sim, é que vai ser uma série à maneira! Até mete encantadores de cães!...

God Save the Marquesa de Marvila!!! 

Sim, vou tomar mais sais!... 

 

Vou ter um sofá novo... raisparta!

Hello, 'soas mai'lindas de sua Marquesa!!!

Ando... adivinharam, caneco! Vocês são espectaculares... numa azáfama! Aquela azáfama louca que no fim se traduz num dia sem qualquer tipo de produção... mas que me deixa derreada!... É o chamado tanto esforço para porra nenhuma!... posto isto, escrito isto, lido isto, conversado isto com a doutora psicóloga (sim 'soas, ainda lá ando!... vai pra lá de uma vida... tamanha é a minha chanfradice! Raisparta!), não necessariamente por esta ordem, resolvi comprar um sofá!

É! Um sofá! 

E perguntam vocês, já a achar que a minha "falhinha" se transformou num caminho sem retorno, o que tem uma coisa a ver com a outra?!?!...

Tudo! Digo eu! No meio da minha azáfama mental, sim, cansativa que só ela, mas sem qualquer tipo de efeito prático... o que ainda cansa mais uma 'soa!, percebi que "JÁ CHEGA DE PROCRASTINAR!" (Esta sou eu a gritar comigo! A ver se resulta!), e vai daí resolvi que após 30 anos de serviço (eles já eram do meu pai!), após 10 anos de estado, já, lastimável, ao fim de mais 5 anos de a Diaba os ter esfrangalhado, os meus sofás já se pareciam com tudo menos com uns sofás... um indivíduo, eu e restantes 'soas que lá botassem o rabo, tem dificuldade em se levantar de tão encaixado que fica... eles já estão rotos... raisparta, em palácio de Marquesa uns sofás rotos!... Depois de eles já estarem falecidos há alguns anos, paz à sua alma, entendi, finalmente!, que já tinham cumprindo mais do que a função a que estavam obrigados! Já não era justo fazê-los trabalhar depois de falecidos!... 

Então?!!.... Comprei um sofá cor de ferrugem, em veludo! 
.

.

.

.

.

Estão aí?!?... Boa! Vocês são fortes e resistentes! Sois os maiores, caneco!!! Viva vóis!!!!... pronto, já chega, bale?
.
.

É, comprei um sofá de veludo... cor de ferrugem (isto para não dizer, cor-de-laranja! )... o dito ainda não chegou!.. eu nunca o vi ao vivo!! ... tem tudo para correr bem, não acham?!

No dia em que eu começo a minha cura, ao nível da procrastinação, resolvo passar um atestado de insanidade a moi même!!! Euzinha!!!... a minha doutora psicóloga vai ter de me aturar mais uns anitos, quer-me parecer!...

O mais insano disto tudo é que a malta cá de casa não contestou!!!...  Só questionaram se veludo seria boa ideia e a Aspirante Mai'Velha preferia verde... e não era verde escuro! Era assim um petróleo, forte!... devo-me preocupar com eles?... ou será que eles já desistiram de mim e têm medo de me contrariar?!...

Enquanto não chega, eu estou a adorar o meu sofá de veludo cor-de-ferrugem, que está para chegar... depois dele chegar já não garanto pensar o mesmo, mas... até lá deixem-me ser feliz!

A Aspirante Mai'Velha só teme que um dia, daqueles lá mais prá frente, olhemos para o sofá e pensemos: Onde raio estávamos nós com a cabeça?!... mas isso são só projecções!

Entretanto arranquei o meu último dente do siso... não tem nada a ver, mais uma vez (se querem coerência vieram ao sítio errado! Sorry!), mas está-me a doer... acho que o dito queria que eu falasse dele! Pronto! Já falei!

E o sofá?!?...  É lindo?... Não minervem, bale?!?... A propósito, vou tomar um Ibuprofeno para as dores do siso-que-já-não-tenho!... raisparta! #falhinhainthehouse #chanfradahavetochanfradate #fui!

Captura de ecrã 2020-11-17, às 15.25.10.png