Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

A Marquesa de Marvila

Aqui não se aprende nada... Lêem-se coisas escritas por mim, parvoíces na maioria das vezes mas sempre, sempre verdades absolutas (pelo menos para mim).

Tudo o que é maluco vem parar cá ao palácio...

Já dizia o "outro" (esse grande filósofo) que maluco atrai maluco... Não sei quem começou esta epopeia de insanidade aqui pelo palácio, se fui eu ou o marquês, o que é certo é que se espalhou que nem uma praga incontrolável...

Pois que agora a Exma. Sra. Dona Cadela está com uma gravidez psicológica, ó caraças!...

É vê-la a andar sempre com duas bolas de um lado para o outro, diz que são os filhos, a fazer ninhos por tudo quanto é canto, sempre encolhida, sem apetite e com "olhos de carneiro mal morto"...  Se nos aproximamos muito e rapidamente, com movimentos bruscos, dos seus "filhos", rosna.

O que me havia de calhar, senhores... Anda-me a cadela pela casa fora, para onde vai leva uma bola, pousa-a e sai a correr para ir buscar a outra... Se calha a fecharmos uma porta e a bola fica do lado de lá, chora a desgraçada... E ainda é vê-la a tentar pegar nas duas bolas ao mesmo tempo. Ela Lambe-as, ela olha para elas (deve ser para ver se são parecidas com ela ou com o pai imaginário...), ela tapa-as com a manta.

Num dos seus momentos de mãe-psicológica-arquitecta-decoradoradeinteriores, deu cabo de um sofá... "Esfrangalhou" as almofadas do dito e fez um belo ninho de espuma...

O lado bom disto é que os "filhos" não roem, não fazem xi-xi, nem cocó e não comem... Uns santos! 

Eu vou só ali tomar as gotas que está na hora...Aproveito e talvez dê umas à cadela...

12 comentários

Comentar post